HomeRevista PróA Ducati vence o seu terceiro título mundial de construtores de MotoGP

A Ducati vence o seu terceiro título mundial de construtores de MotoGP

Graças a mais uma esplêndida vitória de Pecco Bagnaia no Autódromo Internacional do Algarve em Portimão (Portugal), a Ducati está confirmada pelo segundo ano consecutivo como Campeã Mundial de Construtores no MotoGP, uma corrida antes do final da época de 2021. Aliás, a empresa italiana conquistou o terceiro título mundial na categoria principal hoje no Grande Prêmio Brembo no Algarve, na mesma pista onde no ano passado conquistou o segundo título, 13 anos depois da primeira conquista.

Além do piloto italiano, autor de uma corrida impecável na qual esteve na liderança do início ao fim partindo da pole position, outros quatro pilotos Ducati contribuíram para a vitória do Campeonato de Construtores de 2021, entre eles o companheiro de equipe Jack Miller, terceiro na corrida. O australiano, que largou com o segundo tempo mais rápido, subiu ao terceiro degrau do pódio ao ultrapassar Alex Márquez algumas voltas antes da bandeira vermelha encerrar a corrida duas voltas mais cedo.

Bagnaia, que graças à vitória de hoje garantiu a segunda posição final do campeonato, contribuiu com 142 pontos para a conquista do terceiro campeão mundial da Ducati no MotoGP, enquanto Miller, quarto na classificação geral, contribuiu com 63 pontos no total. Os pilotos da Pramac Racing Team (Melhor Equipe Independente 2021) Johann Zarco (Melhor Piloto Independente 2021) e Jorge Martín contribuíram com 86 e 25 pontos respectivamente, enquanto Enea Bastianini (Avintia Esponsorama Racing) contribuiu com 16 pontos para a classificação dos Construtores.

Depois da corrida de hoje, o Grande Prêmio da Comunidade Valenciana ainda precisa ser disputado no Circuito Ricardo Tormo, em Valência, agendado para menos de sete dias, de 12 a 14 de novembro. Na ocasião, a Ducati Lenovo Team tentará garantir o título mundial por equipes, já que atualmente lidera a classificação da equipe com uma vantagem de 28 pontos sobre o segundo colocado.

Francesco Bagnaia (# 63 Ducati Lenovo Team) – 1ª
“Estou muito contente. Obviamente eu gostaria de ter terminado a corrida com a bandeira quadriculada e não com a bandeira vermelha, mas mesmo assim foi uma grande vitória. Foi um fim de semana incrível e gostei muito de cada sessão. Imediatamente me senti incrivelmente à vontade. Tudo estava perfeito e estou muito feliz pelo título de construtores da Ducati. Nós merecemos mais uma vez! Parabéns a Jack pelo terceiro lugar no pódio. Agora iremos para Valência onde vamos tentar terminar esta temporada da melhor forma possível com mais um excelente resultado”.

Jack Miller (# 43 Ducati Lenovo Team) – 3º
“É bom finalmente estar de volta ao pódio, mesmo que tenha sido um pouco estranho terminar a corrida com a bandeira vermelha. Estava pronto para uma grande batalha na última volta com o Alex Márquez, que estava mesmo muito perto. No entanto, estou mesmo muito feliz: trabalhamos bem ao longo do final de semana e mesmo nos últimos GPs conseguimos ser competitivos em todas as sessões, só não conseguindo alcançar o resultado pretendido no domingo. Finalmente conseguimos colher os frutos do nosso trabalho árduo de hoje. Estou feliz pela vitória do título de construtores para a Ducati: temos mesmo uma moto fantástica, talvez a mais forte do grid! Agora vamos a Valência tentar terminar esta temporada da melhor forma”.


Claudio Domenicali (CEO da Ducati Motor Holding)
“A melhor moto do mundo é italiana. Ganhar o título de Construtores pelo segundo ano consecutivo é um grande sucesso e nos enche de orgulho. Mais uma vez o trabalho em equipe de engenheiros e pilotos deu excelentes resultados, o Desmosedici GP confirmou-se como muito competitivo, tirando 5 dos 6 pilotos que disputaram o campeonato com motos Ducati no pódio. Pecco Bagnaia, Jack Miller, Jorge Martin, Johann Zarco, Enea Bastianini e Luca Marini foram todos extraordinários e quero agradecê-los por nos darem uma temporada cheia de emoções com 6 vitórias e o recorde de pódios, apesar de uma corrida ainda a ser disputada, 21. Apostamos nestes jovens talentos e na sua energia sem desiludir. Um grande obrigado também a toda a equipe Ducati Corse, por poder levar para casa este grande resultado novamente, trabalhando com a paixão e determinação que sempre distinguiu cada membro da família Ducati nas pistas. Agora só temos de fechar a temporada da melhor maneira possível com a corrida de Valência e depois olhar para o próximo ano com o desejo de nos melhorarmos cada vez mais”.

Luigi Dall’Igna (Gerente Geral da Ducati Corse)
“É realmente uma grande satisfação poder vencer o Campeonato Mundial de Construtores novamente este ano e agradeço aos nossos pilotos e a todos os homens e mulheres da Ducati Corse que contribuíram para este sucesso incrível. Resta um pouco de pesar pelo título dos pilotos, porque este ano estava realmente ao nosso alcance. Ainda hoje Pecco fez uma corrida perfeita e não cometeu o menor erro durante todo o fim de semana! Foi uma grande temporada e ele é mesmo um grande piloto. Parabéns ao Jack também! Estamos felizes por ele finalmente ter conseguido voltar ao pódio depois de mostrar que pode ser rápido nas últimas corridas”.



Veja mais em Revista Pró

Leia Também

close