HomeMundo CrossA Pista Arena Eucaliptos recebeu a abertura do ProTork Gaúcho de Velocross

A Pista Arena Eucaliptos recebeu a abertura do ProTork Gaúcho de Velocross

A pista Arena Eucaliptos em São Leopoldo, (Timóteo) recebeu nos dias 16, 17 e 18 de julho a Abertura do Pro Tork Gaúcho de Velocross . Em decorrência da pandemia da COVID 19 a etapa ainda foi sem público e com todos os protocolos da saúde sendo respeitados, como uso de máscara, controle de temperatura e álcool gel 70% nas dependências do evento.

As disputas começaram com a VX4 Especial com motos importadas. Giovane Pick largou bem, foi ponteiro por algumas voltas. Mas foi superado por Claiton Portela que venceu a prova. Luciano De Conto chegou em 2º e Fabiano Ribeiro que largou no primeiro pelotão foi 3º. Sanches que até fazia boa prova, caiu com 1/3 de prova e abandonou, ele que sempre é um candidato a título e Pick o 5º.

Na Minimotos TR100

João Gabriel Wovst larga em alto estilo, abre grande vantagem e vence de ponta a ponta. Em 2º veio Guylherme Sobieski seguido de Guilherme Treicha, Murilo Rezner e Gabriel Rezner.

Nacional 230 Light

Matheus da Costa largou na ponta com João Marcelo em 2º. O duelo foi intenso e João Marcelo assume a liderança para vencer a prova. Em 3º chegou Rafael Toigo que largou em 4º lugar.

VX4 Nacional

Leonardo Weingartner largou na ponta, mas ainda na volta inicial De Conto assume a liderança seguido de José Augusto Arpino. Mais tarde Rodrigo dos Santos se une a eles para formar os 3 primeiros do pódio.

VX45 e VX50 Nacional

Andando juntas as categorias que classificavam separadas tiveram a fera Giovane Pick andando sempre no primeiro pelotão, embora Laércio “Pé” foi ponteiro na geral da bateria, o piloto de Vera Cruz liderou boa parte da prova, no final abriu vantagem sobre os adversários oque lhe deu uma tocada tranquila. Na VX45, Giovane foi seguido de Everton Marchezan e Laércio Pacheco. Com Fernando Frazão e Antônio Freitas completando o pódio da categoria.

Na VX50 Giovane que também levou os 25 pontos, visto que ele venceu na geral, foi seguido de Evandro Dutra, Giovane Coletto, Paulo dos Santos e Marco Farias.

Nacional 230 Ligth

Nessa categoria João Marcelo superou a experiência de Matheus da Costa o segundo na categoria. Rafael Toigo chegou em 3º com Gabriel Schiefelbein e Daniel Minozzo completando o Pódio.

VXF Especial

A piloto Maiara Basso está em boa fase técnica e apesar de travar um duelo inicial com Pryscila Neves, Maiara venceu com folga a categoria e somou 25 pontos rumo a mais um título gaúcho. Pryscila foi a 2ª com Lilian Santos e Ariane Afonso no pódio.

VX45 e VX50 especial

Fernando Sanches largou na frente com Giovane Pick no encalço. Esse duelo tem história. Giovane que tem como característica a raça, parte ao ataque e ultrapassa o líder para vencer na geral das categorias. Giovane foi 1º, mas ainda teve tempo de Júlio Balzan em 2º e Sanches na 3ª posição. Fabiano Ribeiro e Sergio Fernandes fecharam o pódio da VX45. Já na VX50, as 3 primeiras posições foram as mesmas e na 4ª posição chegou o piloto de POA, Amir Tenedini e Rossandro “Mano” Sabbi em 5º.

Intermediária VX2

Gabriel Bilhar deu na veia e largou na ponta fazendo o hole shote seguido de Lucas Turatti que até acompanhou o piloto de Guaporé por algumas voltas, mas ficou mesmo com o 2º lugar. O pódio ainda teve Lorenzo Machado, PEDRO Bortoli e José Cadore em 5º.

VX3 Especial

Luciano De Conto largou na frente com Juliano Mercalli e Rodrigo Galiotto formando o pelotão principal. De Conto perde o foco e é ultrapassado por Juliano Mercalli. Na segunda volta Galiotto pressiona Juliano para assumir a liderança e vencer a etapa. Rafael Escobar em prova de recuperação foi 3º com Augusto Russo e Claiton Portella em seguida.

65cc

Por sua vez a 65cc teve João Vitor Lanzarin largando na ponta seguido de Davi Pilz, na volta inicial Davi andou na sobre de Lanzarin, mas ele foi absoluto e venceu de ponta a ponta. Pyetro da Rosa, Murilo Pereira e Eduardo Vaz Pires chegando logo após.

VX2

Leonardo Lizott largou na frente com Júnior Brazaca em 2º, Lucas Basso em 3º, e Gabriel Bilhar na 4ª posições. Brazaca e Lizott trocam de posição na volta inicial, mas Brazaca erra, e na sexta volta abandona. Lizott reassume a ponta para vencer a abertura com Basso logo em seguida. Bilhar passou em 3º com Pedro Bortoli e Sergio Moraes na última peça do pódio.

VXF Nacional

Pryscilla Neves da Silva fez o hole shote na categoria com Kamila Rocha e Mariana Daltoé na sequência. Pryscila abre boa vantagem em busca da primeira vitória. Kamila se mantém em 2º e Tais Knies chega em 3º. Mariana fecha em 4º com Ana De Conto em 5º no pódio.

Júnior

Bernardo De Césaro leva a melhor na categoria vencendo a abertura. Gabriel Berlatto veio em 2º com Luan Durante e Eduardo Vaz Pires que também subiram no pódio.

VX3 Nacional

Carlos Lorenzini largou bem, foi ponteiro do início ao fim vencendo de ponta a ponta, o piloto ainda foi destaque em filantropia ao doar uma boa quantia em dinheiro a um menino que necessitava de cirurgia, isso após promessa de vitória na categoria VX3, oque aconteceu. O menino de São Leopoldo conseguiu o valor suficiente para a operação. Na prova ainda tivemos Ivan Pilz, Luciano De Conto, Rodrigo dos Santos e José Arpino subindo no pódio.

VX1 e Intermediária VX1

Essas categorias largaram juntas com Lucas Basso largando na frente e segurando bem os ataques de Leonardo Lizott, o segundo na largada. Os dois duelaram mas as posições não se alteraram. Jordam buscou recuperação e chegou em 3º com Antônio Brazaca 3 segundos após. Francisco Rolin fechou o pódio principal.

Já na Intermediária VX1 que levou os 25 pontos foi Guto Campos que puxou o pelotão tendo Claiton Portela, Luis Formigheri, Francisco Rosso e Rafael Escobar ocupando as outras peças do pódio.

250 Pró

Foi um duelo de tirar o fôlego que terminou com a vitória de Arthur Barcelos. Um tombo do líder Mauro Brazaca fez a prova terminar com bandeira vermelha. Brazaca apesar de cair feio ainda herdou a 2º posição seguido de Jordan Martini, Guto Campos e Jonilson Costa.

 

Leia Também

close