HomeTestes e Reviews de MotosAquila 300S: A Meteor 350 que a Kasinski não trouxe ao Brasil

Aquila 300S: A Meteor 350 que a Kasinski não trouxe ao Brasil

A Kasinski deixou o mercado de motos desde 2014, mas suas antigas parceiras seguem lançando produtos. Um exemplo é a empresa coreana Hyosung, que tem novidades interessantes como a família Aquila, com motos de 125, 250 e 300 cilindradas. Aliás, a 300 S cairia bem por aqui.

 

Hyosung Aquila 300 S, mas poderia ser Kasinski…

Os coreanos da Hyosung foram representados pela Kasinski no Brasil desde o início dos anos 2000. Da união vieram modelos como a Mirage 250, GTR e a sempre lembrada Comet 250. Isso porque, a empresa nacional basicamente importava, montava e gerenciava a operação de produtos desenvolvidos por outras companhias.

Hyosung Aquila 300 S

Hyosung Aquila 300 S, mas poderia ser Kasinski…

No entanto, o grupo criado ainda em 1999 nos deixou a sete anos e não teve tempo de trazer motos como a Aquila 300S. Trata-se da concorrente da Royal Enfield Meteor 350 que a Kasinski não viveu para lançar no Brasil. O modelo faz parte da família de motos clássicas da marca, construída a partir do motor das custom ‘Mirage’, conhecidas dos brasileiros.

Com o propulsor e visual retrabalhado, a 300 S lá fora briga também com rivais como Honda CB 350. O design descende da fonte do melhor estilo Bobber, minimalista e com traseira baixa. Mas a motocicleta também conta com um conjunto de causar inveja e que faz falta no escasso mercado das pequenas clássicas, no país.

Hyosung Aquila 300 S

Aquila 300 S chega com visual minimalista, mas conjunto atual ao mercado

Veja também:

Aquila 300 S 

A Hyosung Aquila 300 S é movida por um motor V-twin a 60° refrigerado a água, SOHC, 4 válvulas de 296 cm³. Essa usina é capaz de gerar potência máxima de 30 cv a 8.500 rpm e torque máximo de 2.61 kgf.m a 6.500 rpm. O câmbio é de 6 velocidades com transmissão final por corrente.

Hyosung Aquila 300 S

Sim, Hyosung Aquila 300 S é mais potente que a Meteor 350!

Embora com uma boa entrega de desempenho, a configuração consiste em baixo torque gerado. Mas mesmo com performance mais acanhada em baixas rotações, em rotas urbanas o modelo pode fazer bonito. Uma proposta para se deslocar com estilo no dia a dia.

Hyosung Aquila 300 S

Painel pequeno e simples lembra o conceito da Honda CB 350

O conjunto tem radiador bem integrado e não muito visível a uma olhada rápida, mas está lá. O modelo tem roda de 16 polegadas na frente e 15 polegadas atrás, calçadas com pneus 120/80 e 150/80, respectivamente. Os freios são a disco nas duas rodas, com sistemas ABS integrados em ambas. O tanque é de 12,5 litros e o peso seco total da moto é de 169 kg.

Aquila 300 S

Aquila 300 S é disponibilizada na Ásia e Europa

Kasinski Aquila 300 S vs Royal Meteor 350

A Kasinski não viveu o suficiente para nos trazer a Aquila 300 S ao nosso mercado. Uma pena, pois seria uma concorrente próxima da Meteor 350. Ambas se equivalem em visual e mesmo em conjunto. No entanto, a coreana Hyosung talvez tenha o gás que a moto indiana deixe a desejar, tendo cerca de 10 cv a mais.

Meteor 350

Meteor 350 atualmente é a novidade do nicho das pequenas clássicas no país

Na faixa de preços, a Hyosung Aquila 300 S parte dos 5 mil euros na Europa (pouco mais de R$ 31 mil em conversão direta). A bobber está disponível apenas na cor preto mate (fosco). Aqui no país, a Royal ainda com os recentes reajustes parte com valores mais amigáveis, na casa dos R$ 18.990. Enfim, seria uma boa ver a 300 S por aqui também?

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também