As 6 melhores motos big trail de 2022; compare preços

0
48

Consideradas por muitos como as melhores motos para se ter na garagem, as big trail são versáteis. Mais do que isso, são poderosas, grandes, repletas de tecnologia e podem ser a companhia perfeita para longas viagens, sejam essas por intermináveis rodovias asfaltadas ou desafiadoras estradas de terra.

Mas quais as melhores motos big trail de 2022? Prepare a sua lista dos sonhos e confira o nosso ranking, organizado por ordem decrescente de preços, com as principais opções do mercado.

melhores motos big trail - r 1250 gs

A R 1250 GS sempre vem à mente quando pensamos nas melhores motos big trail, mas a lista pode ir muito além dela. Veja modelos, equipamentos e preços

 

 

Melhores motos big trail de 2022

Saber qual é a melhor big trail é uma escolha delicada, afinal depende de parâmetros pessoais de cada motociclista. Afinal, estamos falando da com melhor custo e benefício ou da mais potente? Da mais equipada ou da com melhor serviço de pós-venda? Para você, é melhor uma aventureira raiz ou uma moto com porte para fazer inveja a qualquer vizinho?

Melhores motos big trail de 2022

Modelo Preço sugerido Atrativos
1 BMW R 1250 GS Adventure R$ 124.500 (Premium) Tecnologia, itens de série, motor de 136 cv
2 Ducati Multistrada 1260 S R$ 119.990 Pacote eletrônico e o poder de seus 158 cv de potência
3 Honda Africa Twin Adventure Sports DCT R$ 101.610 Única opção com câmbio automatizado de dupla embreagem
4 Kawasaki Versys 1000 Grand Tourer R$ 89.490 Pacote eletrônico e itens de série a deixam pronta para viagens
5 Suzuki V-Strom 1050 XT R$ 85.900 Novos recursos eletrônicos numa plataforma reconhecida
6 Triumph Tiger 900 Rally Pro R$ 77.690 Com real vocação off road, é a Tiger mais vendida da história no Brasil

Cientes de todos os critérios que podem impactar na decisão das melhores opções, trouxemos as versões topo de linha das principais aventureiras à venda no Brasil. Compare preços, fichas técnicas e boa sorte na decisão. Ah, e boa viagem!

 

1 – BMW R 1250 GS Adventure

A GS 1250 é referência quando o assunto são motos big trail, afinal é o modelo mais vendido da categoria no mundo. Só no ano passado foram cerca de 60 mil unidades emplacadas, com mais de 4,5 mil registros no Brasil, um recorde. É, também, a big mais vendida no mercado nacional.

melhores motos big trail - bmw gs 1250

A Adventure é a versão topo de linha da R 1250 GS, com uma série de itens de série exclusivos

E é fácil entender o porquê do sucesso. Além da magia envolvendo o nome GS, poderosa desde os anos 1980, é uma moto moderna e bem equipada. Tem modos de pilotagem Pro, farol adaptativo, bancos aquecidos, suspensão dianteira Telelever, assistente de partida em aclives, tomada USB, controle de tração dinâmico, suspensões com ajuste eletrônico e muito, muito mais.

Sinônimo de status, a 1250 GS está equipada para qualquer viagem, no asfalto ou longe dele, sem nenhuma restrição ao número de km que já pelo caminho

Alguns dos recursos são exclusivos da versão topo de linha Adventure. Entre eles, os protetores de motor, de mãos e do cárter, assim como o suporte para bagageiro. O motor é um boxer de 1.254 cm³, com comando de válvulas variável, que entrega 136 cv e 14,58 kgf.m de potência e torque máximos.

 

2 – Ducati Multistrada 1260 S

Verdadeira obra de arte italiana, a Multistrada é uma das melhores motos big trail pelo seu conforto e desempenho. É movida por um poderoso motor Testatretta de 2 cilindros e 1.262 cm³, que despeja 158 cv e 12,8 kgf.m de potência e torque máximos ao torcer do punho. Mas calma, há muita tecnologia para domar este arsenal.

melhores motos big trail - ducati multistada 1260 s

A Multistrada é tão bela quanto potente. São quase 160 cv para não faltar fôlego em nenhuma viagem

Há 4 modos de pilotagem, freios ABS adaptados para curvas, sistema Ducati Skyhook Suspension Evolution, auxiliar de partida em subida, painel TFT, anti-Wheelie, cruise control, quick shifter, Ducati Multimidia Sistem, iluminação Full Led, luzes adaptativas, modos de potência e muito mais. Porém, é uma devoradora de asfalto, e não o modelo mais indicado para estradas de terra.

 

3 – Africa Twin Adventure Sports DCT

Esta é a versão topo de linha da Africa Twin 1100, modelo com a missão de colocar a Honda exigente briga das melhores motos big trail. E ele parece estar pronto para isto, sem deixar de lado a vocação de ‘aventureira raiz’ que sua linhagem carrega desde os anos 1980.

melhores motos big trail - africa twin 1100

A Africa Twin tem um diferencial, o câmbio DCT. Sistema automatizado garante mais conforto sem comprometer a esportividade

A melhor das Africa é bem equipada. Tem suspensões Showa com ajustes eletrônicos, painel TFT, pneus sem câmara, modos de pilotagem, farol com corning light, manoplas aquecidas, assento ajustável, ABS adaptado para curvas (e comutável) e cruise control. Seu principal diferencial está no câmbio DCT, uma exclusividade no segmento, que dispensa a troca de marchas sem afetar o desempenho. Tem motor de dois cilindros em linha, 1.084 cm³, que produz 99,3 cv e 10,5 kgf.m de torque.

Veja também:

 

4 – Melhores motos para viajar: Kawasaki Versys 1000 Grand Tourer

Se a Africa Twin está pronta para qualquer roteiro, a promessa da grande Kawasaki é bem diferente. Prepara-se para viagens extremamente confortáveis e sem qualquer preocupação com a quilometragem, desde que percorrida no asfalto.

A Versys 1000 Grand Tourer é a única big trail da lista já equipada com top case e alforges rígidos. A menos off delas, também é a única tetracilíndrica

Isto graças a suavidade do conjunto mecânico, movido por um motor de quatro cilindros em linha e 120 cv, e bom nível de equipamentos. Possui suspensões com ajustes eletrônicos, painel TFT, cruise control, controle de tração em 3 níveis, quick shifter, modos de potência, luzes adaptativas, manoplas aquecidas e muito mais. Ainda tem farois auxiliares, protetores de mão, slider para chassi e malas laterais para 28 litros e top case para 47 litros.

melhores motos para viajar - versys 1000

Maior big trail da Kawasaki vem equipada com luzes, protetores, aquecedores. Basta encher o tanque e pegar a estrada

 

5 – Suzuki V-Strom 1050 XT

A nova geração da principal big trail da Suzuki alia um pacote eletrônico inédito a uma já reconhecida plataforma mecânica. Assim, é movida por um motor de 2 cilindros em V, de 107 cv e 10,2 kgf.m de torque. Também aposta na relação custo e benefício, assim como no visual saudosista, remetendo a DR Big dos anos 1980.

Nova geração da V-Strom ainda é recente no Brasil. Modelo mantém a mesma base de motor, mas recebeu um merecido banho de tecnologia

As maiores novidades estão na eletrônica. Conta com Suzuki Intelligent Ride System, pacote com vários auxílios para o piloto, incluindo ABS para curvas, controle de tração em três níveis e três modos de pilotagem. Ainda há controle de velocidade de cruzeiro, iluminação full LED, tomada USB, pneus sem câmara, sistema LowRPM, protetor de mãos, suspensão ajustável, cavalete central, assento ajustável. O painel é completo, mas em LCD.

 

6 – Triumph Tiger 900 Rally Pro

A Rally Pro é a versão topo de linha da Tiger 900, big trail que estabeleceu novas marcas de vendas para a Triumph no Brasil. No ano passado foram mais de 3,5 mil emplacamentos por aqui. Atrás do sucesso, uma receita que alia tecnologia a um conjunto leve e eficiente, pronto para qualquer aventura.

melhores motos big trail - tiger 900 rally pro branca

A Tiger 900 desbancou concorrentes e estabeleceu novas marcas de venda das Triumph Adventure no Brasil. Em breve também terá presença da nova geração da Tiger 1200, ainda sem data para chegar

Voltada ao off road, tem rodas raiadas, pneus sem câmara, seis modos de pilotagem, assentos aquecidos, sistema de monitoramento da pressão dos pneus, protetores de mãos e de motor, suspensões Showa, freios Brembo, ABS otimizados para curvas, luzes auxiliares em LED, painel TFT, concectividade com smartphone e GoPro, cavalete central, Triumph Shift Assist e assentos aquecidos. O motor é o característico tricilíndrico, de 888 cm³, que produz 95 cv e 8,87 kgf.m de torque.

A Rally Pro manda bem no asfalto e deixa claro que não tem medo de piso ruim, garantindo aventura e conforto em qualquer situação

Veja mais em Motonline.com.br