HomeTestes e Reviews de MotosBike elétrica Indian (sem IPVA e CNH) tem preço de ADV 150

Bike elétrica Indian (sem IPVA e CNH) tem preço de ADV 150

A norte-americana Indian é famosa por suas motos custon. Aliás, tanto que já fez até o “Exterminador do Futuro” Arnold Schwarzenegger pular da tradicional rival Harley-Davidson para rodar com a classuda Chief Classic.

No entanto, a Indian tem modelos, digamos, mais em conta… Que tal rodar com a estampa da tradicional marca, livre de IPVA, CNH e pelo preço de uma Honda ADV 150? Sim, estamos falando de uma bike elétrica da Indian!

Bike elétrica da Indian? Que heresia!

Já faz algum tempo que as fabricantes de motos cederam e começaram a mergulhar no mercado das bicicletas elétricas. A Ducati tem a sua e-Scrambler, já a Yamaha possui uma linha completa. E se a Harley-Davidson tem a Serial 1, por que não a Indian também ter a sua?

Foi nesse contexto que a marca firmou uma parceria com os especialistas em bikes elétricas da Super 73. Da união nasceu a eFTR Hooligan 1.2 e-bike, um produto que poderia vir muito bem a calhar aqui no Brasil. Pena que a fabricante se despediu oficialmente do nosso mercado.

Indian eFTR Hooligan 1.2

Enquanto os concorrentes buscam desempenho e praticidade, a bike elétrica da Indian preza também pela diversão. A novidade é baseada na plataforma da S2 da Super 73. Mas claro, adiciona um pouco do estilo e atitude da fabricante fundada em 1901, com o apelido Hooligan.

Assim, a e-bike possui um banco estendido e uma bateria montada no meio do quadro. A ideia é diminuir o centro de gravidade da bicicleta. Tanto o modelo da Indian quanto o da Super73 abandonam os pára-lamas dianteiros e traseiros, exibindo os agressivos pneus de cravo baixo nas rodas de 20 polegadas.

Bike Indian eFTR Hooligan 1.2 será disponibilizada nos EUA

O modelo tem garfo dianteiro invertido, farol de LED e detalhes que evocam as raízes da marca das custom na bike. No entanto, a Hooligan 1.2 também se baseia na linguagem de design do modelo base da Super73.

Movida a eletricidade e pedal

Deixando o estilo à parte, vamos falar sobre como é andar com esta bike elétrica. A Hooligan 1.2 foi feita para adultos, mas por ser uma bicicleta assistida eletricamente não requer licença de moto. Se estivesse em terras nacionais também dispensaria o pagamento de IPVA.

Modelo tem farol em LED e 4 modos de condução

Mas ela daria conta da rotina do dia a dia? Bem, a Hooligan tem uma potência nominal de 1,2 kW e uma potência máxima de 2,0 kW. Tudo isso rende uma velocidade máxima anunciada (com assistência do pedal) de 45 km/h. A capacidade de bateria é de 960Wh e oferece uma autonomia de 120 km.

O modelo permite escolher desde o nível zero de assistência (sem pedaladas) até uma maior ajuda do motor. Para isso, existem 4 modos de condução que podem ser selecionados, nível 1 (Eco), nível 2 (Tour), nível 3 (Sport) e nível 4 (Off-road). O peso anunciado da bike é de 33,1 kg e a carga máxima permitida é de robustos 147,4 kg.

Marca promete autonomia da bike de até 120,7 quilômetros

Veja também:

Indian eFTR Hooligan 1.2 preço

A Indian eFTR Hooligan 1.2 vai estar à venda somente nos EUA, por enquanto. No entanto, o Grupo Polaris, dono da marca, certamente estuda oferecer o produto em larga escala.

No exterior o modelo tem preço de 3.999 dólares, cerca de R$ 20 mil em conversão direta. Por aqui, com este valor é possível comprar motos e scooter como o ADV 150 0km, por exemplo. Se por um lado o Honda (com preço sugerido de R$ 19.530) tem muito mais potência e praticidade, por outro não possui o status de pertencer à tradicional marca americana.

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também