Billy Bolt vai competir no Mundial de Enduro

0
24

O atual campeão mundial de Hard Enduro da FIM, Billy Bolt, competirá na terceira rodada do Campeonato Mundial de EnduroGP da FIM na Itália neste fim de semana – 24 a 26 de junho.

Billy Bolt competirá ao lado do concorrente regular da série da Husqvarna Factory Racing, Mikael Persson, e também pilotará a máquina Husqvarna Motorcycles TE 300 de 2 tempos na categoria Enduro3.

Poucos dias depois de completar o árduo Red Bull Erzbergrodeo enduro extremo na Áustria, Billy decidiu mudar temporariamente de disciplina para o enduro clássico neste fim de semana e desafiar os melhores do mundo. À semelhança do seu wildcard no Campeonato do Mundo de EnduroGP de 2021, onde também correu no GP de Itália, o jovem de 24 anos vai enfrentar um Super Teste à noite de sexta-feira, seguido de dois longos dias de corridas de teste especiais nas colinas perto do cidade de Carpineti no sábado e domingo. 

Esperando liderar a disputada categoria da E3, Mikael Persson ocupa atualmente o terceiro lugar geral da classe. Recém-saído de seu duplo pódio na segunda rodada da série, a estrela sueca tentará conquistar sua primeira vitória da temporada na Itália e diminuir o déficit para o atual líder da série. Com temperaturas no local previstas para chegar perto de 40 graus durante o fim de semana, o evento será um desafio difícil para todos os competidores, tanto tecnicamente quanto fisicamente.

Billy Bolt: “Estou ansioso para correr mais um fim de semana de EnduroGP. Sim, definitivamente será um pouco diferente de Erzberg, mas eu me diverti no ano passado e espero mais do mesmo novamente. Nós só decidimos tentar na quarta-feira, então eu vou aparecer, andar na 300 e apenas me divertir. Eu estarei dando tudo de mim, é claro, mas este é tudo sobre o prazer. A atmosfera no paddock de EnduroGP no ano passado foi ótima e, embora eu tenha me saído bem no sábado e no domingo, o Super Teste de sexta à noite foi incrível, então estou ansioso para ter uma boa chance novamente. É ótimo participar de diferentes tipos de eventos e locais diferentes, então estou muito feliz por ter a chance de pilotar mais um enduro clássico aqui na Itália.”



Veja mais em Revista Pró