HomeTestes e Reviews de MotosBrasil mais forte na MotoGP; Veja quem representará o país

Brasil mais forte na MotoGP; Veja quem representará o país

O Brasil vai ter mais um representante nas categorias de base da MotoGP na temporada 2022. Diogo Moreira vai estrear no Mundial de Motovelocidade, acelerando na Moto3. Assim, fará dupla com Ryusei Yamanaka, na equipe estreante MT Helmets MSI Race Tech.

Descoberto por Alexandre Barros

Nascido em São Paulo, o piloto Diogo Moreira de 17 anos foi descoberto nas pistas de motocross. Tudo isso aconteceu quando o ícone da motovelocidade, Alexandre Barros, esteve a frente da sua equipe própria, na extinta Moto 1000 GP.

Jovem piloto foi aposta de Alexandre Barros

Moreira, na época, em 2015, ainda aos 10 anos de idade, foi convidado para então andar no asfalto. Naquela altura o jovem piloto já possuía o título de Campeão Brasileiro de Motocross nas 50cc. Um currículo forte a se considerar.

O acordo com Barros rendeu ainda mais oportunidades, como um intercâmbio com a Monlau, a escola-técnica que formou pilotos como os irmãos Álex e Marc Márquez. A partir daí ele, já situado na Europa em 2017, foi disputar a categoria 85GP, no Campeonato Espanhol de Velocidade.

Brasileiro vai estrear na Moto3 em 2022

Veja também:

Brasil na Moto3

Desde então, o piloto vem avançando e disputou neste ano o Mundial Júnior de Moto3 e o Red Bull Rookies Cup. Ainda em maio, já participou de testes do Mundial de Moto3 a convite da Red Bull KTM Ajo, durante as atividades em Barcelona.

Moreira vai fazer parte da MT Capacetes-MSI Race Tech, será uma estreia dupla na categoria

Agora, vem a confirmação de que Moreira integrará o time espanhol estreante na Moto3 em 2022. A equipe oficialmente registrada com o nome de MT Capacetes-MSI Race Tech vai disputar o campeonato com a marca KTM. A academia do grupo foi inaugurada em 2017, e incluirá neste novo projeto toda a sua estrutura.

Moreira vai trilhar o caminho rumo a categoria master, a MotoGP

Fique de olha na Moto3 e MotoE

No mundial de motovelocidade, Diogo Moreira vai dividir a missão de representar o Brasil com Eric Granado, que disputa a categoria elétrica MotoE. Granado entre 2012 e 2014 já esteve nas categorias da Moto2 e Moto3, tendo ao todo 42 corridas e nove pontos nas três temporadas. Agora, ambos os pilotos brasileiros vão seguir nas categorias, que se alinham ao topo do motociclismo, a MotoGP.

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também

close