HomeTestes e Reviews de MotosBruno Crivilin larga na frente pelo Brasileiro de Enduro FIM

Bruno Crivilin larga na frente pelo Brasileiro de Enduro FIM

Bruno Crivilin foi o destaque na abertura do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2020, em Itapema (SC). O atual bicampeão nacional da Enduro GP e E1, venceu nas duas categorias durante a etapa realizada no último final de semana.

Crivilin saiu com a liderança rumo a segunda fase do Brasileiro de Enduro - Foto: Idário Café/Mundo Press

Crivilin saiu com a liderança rumo a segunda fase do Brasileiro de Enduro – Foto: Idário Café/Mundo Press

A competição em solo catarinense contou com dois dias de disputas, em um circuito que trouxe três especiais a cada volta. Os trechos cronometrados tiveram uma parte de cross teste e duas de enduro. No total foram seis voltas, em um percurso de 45 quilômetros.

“Vim muito preparado e sabia que se fizesse meu trabalho bem feito sairia com a vitória. E foi o que aconteceu. Agradeço a toda a minha equipe Honda pelo fim de semana brilhante e agora é se preparar porque mês que vem tem mais”, disse o piloto capixaba, que agora é líder da classificação nas duas classes principais.

Na disputa feminina da EF empate marcou a etapa - Foto: Idário Café/Mundo Press

Na disputa feminina da EF empate marcou a etapa – Foto: Idário Café/Mundo Press

Empate no feminino

Entre as mulheres, Bárbara Neves venceu a prova do sábado e terminou em segundo no domingo, somando 47 pontos e dividindo a liderança da categoria com Isadora Aparecida. “É mais um ano que promete! Estou feliz em estar junto com a Honda Racing e a CRF 250F, moto que me acompanhou durante a temporada passada. Pretendo ter um excelente resultado em 2020. A equipe está bem preparada e eu também”, descreveu Bárbara, bicampeã Latino-Americana e Brasileira de Enduro.

A próxima etapa da competição acontece em Nova Bréscia, no Rio Grande do Sul, nos dias 4 e 5 de abril.

Campeonato Brasileiro de Enduro FIM

Resultados – 1ª etapa – Itapema (SC)

Enduro GP

1º – Bruno Crivilin (#1) – 50 pontos
2º – Gabriel Soares (#7) – 42 pontos
3º – Rômulo Bottrel (#22) – 42 pontos
4º – Patrik Capila (#33) – 36 pontos
5º – Vitor Garcia (#51) – 30 pontos

E1 

1º – Bruno Crivilin (#1) – 50 pontos
2º – Loandro Anton (#133) – 44 pontos
3º – Victor Miranda (#79) – 40 pontos
4º – Luciano Paiva (#622) – 36 pontos
5º – Gian Taffarel (#262) – 32 pontos

E2

1º – Gabriel Soares (#7) – 50 pontos
2º – Patrik Capila (#33) – 44 pontos
3º – Gustavo Pellin (#44) – 40 pontos
4º – Alexandre Valadares (#211) – 36 pontos
5º – Anderson da Luz (#791) – 32 pontos

E3

1º – Rômulo Bottrel (#22) – 50 pontos
2º – Vinicius Calafati (#32) – 42 pontos
3º – Vitor Garcia (#51) – 42 pontos
4º – Cassio Moreto (#366) – 34 pontos
5º – Roberto Theodoro (#64) – 34 pontos

EJ

1º – Nicolás Rodriguez (#4) – 50 pontos
2º – Murilo Caipirinha (#12) – 42 pontos
3º – Luiz Zanotto (#39) – 40 pontos
4º – Maurício Milan (#169) – 36 pontos
5º – Felipe Cantu (#413) – 34 pontos

E4

1º – Tiago Wernersbach (#41) – 47 pontos
2º – Fernando Pereira (#14) – 45 pontos
3º – Flávio Volpi (#16) – 42 pontos
4º – Gabriel Mattos (#86) – 36 pontos
5º – Marcelo Eleuterio (#739) – 31 pontos

EF

1º – Isadora Aparecida (#113) – 47 pontos
2º – Bárbara Neves (#116) – 47 pontos

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também