Canceladas: quatro motos que saíram de linha em 2022

0
53

Segundo a Abraciclo, o Brasil produziu 190 mil motos apenas nos dois primeiros meses de 2022, número 70% superior à média do mesmo período do ano passado e não registrado desde 2015. Isto prova que o segmento duas rodas segue em alta. Além disso já tivemos importantes em diferentes nichos, como nos scooter, crossover, trail e bigtrail, por exemplo.

Mas nem todos modelos se tornaram verdadeiros casos de sucesso por aqui. Assim, algumas motos saíram de linha logo nos primeiros meses de 2022, por diferentes motivos. Vamos apresentar quatro nomes que já saíram das lojas e você talvez nem tenha visto.

agility é uma das motos que saíram de linha

O mercado está aquecido e repleto de lançamentos em 2022, mas isso não impede que algumas motos já tenham sido empurradas ao banco de reservas…

 

Motos que saíram de linha: Honda SH

Abrimos a nossa lista de motos que saíram de linha em 2022 com as irmãs SH 300 e SH 150i. A Honda comunicou a aposentadoria dos modelos logo nas primeiras semanas de janeiro, no acender das luzes do ano novo.

Segundo a maior fabricante do país, a aposentadoria do SH 150i foi estratégica, a fim de fortalecer as vendas dos scooter PCX e Elite 125… não que o SH fosse uma grande ameaça, afinal emplacou apenas 2,1 mil unidades no ano passado – contra 28,1 mil do PXC e 21,7 mil do Elite.

Charmoso e bem equipado, o SH 150i nunca foi um sucesso de vendas no Brasil. Saiu de cena para que a Honda focasse seus esforços apenas nos Elite e PCX

O irmão maior também foi retirado das lojas com um propósito. O SH 300 dará espaço ao aguardado Forza 350, esperado por aqui desde o ano passado mas que teve seu lançamento prejudicado pela pandemia. Lançado em 2016, já estava sem fôlego no segmento dos médios. Emplacou 410 unidades em 2021, enquanto o líder XMax vendeu 5,3 mil.

sh 300 entre as motos que saíram de linha em 2022

A Honda domina praticamente todos os segmentos em que atua, mas não conseguiu imprimir seu sucesso entre os scooter médios. Enquanto o Yamaha XMax vende mais de 5 mil unidades, o SH 300 emplaca menos de 500. Ou emplacava, no caso…

 

Agility, outro scooter que saiu de produção

Mais um scooter. No início de fevereiro a Kymco (uma das marcas representadas no Brasil pelo grupo JTZ) anunciou a aposentadoria do Agility 16+ 200i ABS. Se seu nome é enorme, os registros de vendas foram praticamente imperceptíveis. Segundo a Fenabrave, o modelo mais acessível da marca vendeu menos de 260 unidades ao longo dos 3 anos em que esteve por aqui.

Com menos de 300 unidades vendidas, logo o Agility será promovido a item de colecionador…

A Kymco tranquilizou os proprietários do modelo, afirmando que ‘a rede autorizada da marca continuará a atender as demandas do modelo, com fornecimento de peças e manutenções’. Além disso, prometeu novidades em outras categorias, outros segmentos ‘e até mesmo outras marcas’. Assim o anúncio da chinesa Zontes como mais uma marca com selo JTZ é apenas uma questão de tempo.

Veja também:

 

Horizon 150, última moto a sair de linha

Recentemente a Dafra oficializou a despedida de sua única custom que permanecia sendo montada em Manaus. A Horizon 150 foi lançada em 2015 e atualmente mantinha o posto de moto custom mais acessível do Brasil. Mas nos deixou.

dafra horizon 150 branco - motos que saíram de linha

Acessível e cheia de estilo, a Horizon 150 vai deixar saudades. Agora, os fãs das pequenas custom ainda contam com as Haojue Master Ride e Chopper Road

Segundo as informações oficiais, a marca vinha enfrentando algumas dificuldades ‘na cadeia logística’ com fornecedores (o modelo é da chinesa Zongshen) e decidiu focar suas operações apenas  nas parceiras TVS (que oferece a Apache RTR 200) e Sym (dos scooter Maxsym, Cruisym e Citycom, além da NH 190). Assim, a pequena Horizon não deve deixar substituto.

Veja mais em Motonline.com.br