HomeTestes e Reviews de MotosCarta para moto; 6 dicas para mandar bem na prova teórica

Carta para moto; 6 dicas para mandar bem na prova teórica

Dando sequência à nossa série especial de como conquistar a carta para moto, vamos conferir mais a fundo a fase teórica. Esse é o momento de conhecer regras e vários outros tópicos do trânsito.

E não por menos, essa etapa deixa muitos candidatos pelo caminho, sem nem mesmo pegar no guidão da moto para as práticas. Por isso, se liga nas dicas que nós preparamos e prepare-se para mandar bem na prova:

Veja também:

Carta de moto: dicas para mandar na teórica

Dica Porque fazer
1 Atenção às aulas Parece redundante, mas a falta de atenção ou mesmo de presença pode cobrar pontos mais tarde
2 Antecipe-se Saber o número de questões, formato da prova e tempo de duração lhe darão mais confiança!
3 Estude em casa Não fique limitado apenas às aulas, confira o material de estudos em casa também
4 Conheça seus pontos fracos Perceba os temas ou questões que ainda levantam dúvidas na hora da resposta
5 Pratique a interpretação de texto Um dos seus maiores trunfos deve ser compreender as perguntas e evitar “pegadinhas”
6 Calma, vai dar certo! Fique tranquilo, o tempo de prova é suficiente para marcar o número de questões solicitadas com tranquilidade

.

1 – Atenção nas aulas teóricas – foco nos estudos!

Durante o período teórico do processo para obter a habilitação de moto, você vai realizar o total de 45 horas de aulas. Esta é carga horária mínima para poder marcar a prova. E acreditem, cada hora de estudo em sala é valiosa.

Durante essa fase, o instrutor vai passar os conteúdos dos materiais didáticos utilizados. São apresentados temas de primeiros-socorros, direção defensiva, legislação, mecânica básica e demais informações.

cnh

Atenção durante as aulas e simulados realizados em sala, aproveite seu tempo de estudos!

Fique atento a tudo que acontece, às dicas, e falas do professor. Às vezes um momento de desatenção ou mesmo um dia de falta nas aulas, pode custar dúvidas, por consequência valiosos pontos na prova.

Esse também é um momento onde você pode fazer perguntas ao instrutor. Aproveite as horas que estiver em sala de aula, ainda mais se você possui pouco tempo para repassar conteúdos em casa. São 45 horas/aula, então vá a fundo em cada lição.

 

2 – Antecipe-se sobre o conteúdo da prova

Assim como em outras provas, saber o número de questões, temática das perguntas e tempo para respostas, é uma das fórmulas para pontuar bem. Não caia de surpresa, saiba como é o que você verá pela frente na hora que receber o caderno de questões. Como fazer isso?

Bem, de forma geral a prova teórica tem 30 questões objetivas de múltipla escolha, com apenas uma alternativa correta. Todas são distribuídas conforme a carga horária de estudo das aulas teóricas e tem o mesmo peso para a nota. Desta forma são:

  • 12 questões de Legislação, que incluem infrações e sinalização;
  • 10 de Direção Defensiva;
  • 3 de Primeiros Socorros;
  • 3 de Cidadania e Meio Ambiente;
  • 2 de Mecânica Básica.

Para a aprovação é preciso o mínimo de acerto de 70% na prova. Resumindo, precisa responder corretamente 21 questões, do total de 30. O tempo de prova dura em torno de uma hora. Então capriche, errar uma questão não é o fim do mundo. Mas procure se inteirar de tudo.

cnh

Conheça a fundo os conteúdos que caem na prova

3 – Estude em casa 

Durante as aulas todos os conteúdos são abordados, mas pode não ser tempo suficiente para se inteirar perfeitamente de todos os assuntos. Dispor de um tempo em casa para estudar com calma os materiais é um passo à frente. Uma dúvida sanada em um estudo em casa pode valer aquele ponto que garante a aprovação.

Além disso, são disponibilizados materiais complementares para auxiliar nos seus estudos. Siga as instruções do professor para conferir esta fonte extra, como os simulados. Existem ainda sites on-line para reforçar o que foi aprendido, confira com seu instrutor e CFC. Não fique limitado apenas às horas obrigatórias de estudo.

 

4 – Conheça seus pontos fracos para superar dificuldades

Durante as aulas obrigatórias e estudos em casa, você pode perceber temas que levantam dúvidas. Esse ponto é de essencial importância. Isso porque é comum possuirmos assuntos que não temos total domínio, ou que levam a uma interpretação equivocada.

Carta para moto

Carta para moto: procure reforçar os estudos sempre que possível e sentir a necessidade

Não deixe de lado tópicos que não ficaram claros para você, pode lhe custar valiosos pontos! Por isso é muito importante estudar em casa e fazer simulados. Neles é possível ver o que você errou e focar nesses pontos. Não é uma decisão sábia chutar questões e pode custar no bolso. Um novo exame significa uma nova taxa.

 

5 – Fique em dia com a interpretação de texto

Aqui está uma das maiores, se não a maior dica de todas. De nada vale ter o domínio de todos os conteúdos e não poder interpretar as questões corretamente. Esse fator é um dos principais reprovadores de candidatos.

Isso acontece porque os estudantes leem as questões, mas não entendem a questão de forma correta. A falta de atenção também pesa nessa hora. Vale ressaltar que o Detran não coloca “armadilhas” nas questões. De fato, o que ocorre é a falta de atenção na hora da leitura, causando – assim como no trânsito – acidentes no percurso.

CNH

Interpretação correta das instruções solicitadas na prova garante maior chance de acerto

Fique atento aos enunciados, se solicitam opção CORRETA ou INCORRETA. Leia os conteúdos para se familiarizar com a linguagem da prova. Além disso, muitas vezes o que se vê frequentemente no trânsito não segue à risca as normas de segurança e consequentemente de trânsito. Siga os manuais e o que determina a lei. Evita acidentes e garante a sua passagem para a fase prática.

 

6 – Mantenha a calma, é possível passar no teste

Difícil pedir isso a quem está apreensivo com o exame. Mas manter a calma antes e durante o teste ajuda a realizar uma boa leitura, interpretação e número de acertos. Fique tranquilo, se você realizou estudos em casa, sanou dúvidas e marcou o teste, é porque está se sentindo preparado para isso.

No dia do exame procure não chegar atrasado no local da prova. Colocada o exame na mesa, preste atenção nas orientações do avaliador e concentre-se. Não se preocupe com o pessoal que termina a prova antes, você tem seu tempo e é suficiente para responder a todas as questões. Além disso, o examinador vai assinalar com frequência o tempo decorrido de prova.

Carta para moto

Carta para moto: calma é essencial no momento das respostas e leitura

Depois de entregue de volta ao examinador é hora de aguardar o prazo para a nota, que é divulgado pelo CFC. Decorrido os dias, aos que passaram parabéns! Se ainda não foi desta vez, não é o fim do mundo. No prazo de 15 dias é possível solicitar o teste novamente. Nestas duas semanas evite o desespero, use o tempo para reforçar as dificuldades sentidas.

Siga seus estudos nos materiais, vídeos e simulados, sempre é hora de se atualizar e preparar-se! Ainda vamos ter muitas dicas por aqui, e claro, as demais fases para a conclusão da CNH. Fique ligado!

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também

close