in

CN Enduro, Góis, Open: A vez de Rodrigo Luz

A luta pela vitória na classe Open em Góis esteve ao rubro ao longo de toda a prova.

A primeira especial foi vencida pelo regressado Frederico Rocha mas, logo de seguida, Diogo Parente assumiu as despesas da corrida.

A partir daí, o membro da equipa Rivais de Mérito dividiu os triunfos nas especiais com Rodrigo Luz até que o piloto da Yamaha aproveitou um “deslize” de Parente na Cross Test 3 e subiu à liderança.

O n.º 134 foi muito forte na reta final da corrida e garantiu assim a sua primeira vitória da época com 33 segundos de vantagem sobre o piloto da Husqvarna.

O degrau mais baixo do pódio foi ocupado por Gonçalo Sobrosa, o vencedor da ronda de abertura do campeonato em Vila Nova de Santo André.

Luz e Parente venceram em Open 1 e Open 2, seguidos por Sobrosa e Ricardo Damil, respectivamente.

A terceira prova levará a caravana até à Régua, nos dias 12 e 13 de Junho, a primeira jornada “dupla” do ano.

Classificação final da classe Open Absoluto no Enduro de Góis
Classificação final da classe Open 1 no Enduro de Góis
Classificação final da classe Open 2 no Enduro de Góis

:.

(Foto: Rúben Colaço)



Veja mais em MOTORSPORTS.PT

O que você acha?

CN Enduro, Góis, Senhoras: Novo triunfo de Joana Gonçalves

Diogo Ventura, CN Enduro, Góis: “Foi positiva a vinda do Christophe Nambotin”