HomeTestes e Reviews de MotosDafra Apache 200 tem novidades e custa R$ 15.990

Dafra Apache 200 tem novidades e custa R$ 15.990

A Apache 200 mudou. A segunda geração da moto street com pegada esportiva da Dafra acaba de chegar ao Brasil, com início da produção ainda em dezembro de 2021.

Agora a RTR 200 tem farol em LED e novo painel digital em LCD. O design também foi atualizado e divide espaço com o já conhecido conjunto mecânico de 21 cv, embreagem deslizante e tomada USB. O preço sugerido pela Apache 200 2022 é de R$ 15.990.

apache 200 - modelo 2022

A nova Dafra Apache 200 quer entregar potência de 250cc a preço de 150cc. RTR 200 2022 custa R$ 15.990

 

Nova Dafra Apache 200 2022

A Apache é fabricada pela TVS, uma das maiores montadoras da Índia, e montada no Brasil pela Dafra. Assim, o modelo à venda no país sai da fábrica da Dafra em Manaus (AM).

apache 200 - preta

Modelo tem novidades pontuais no visual, novo conjunto óptico e painel digital em LCD. E mantém outros pontos fortes, como o motor de 21 cv, tomada USB e embreagem deslizante

A nova RTR chega às concessionárias nos próximos meses e estará disponível em duas opções de cores, preto brilho e a inédita azul fosco. Assim, a vermelho fosco sai de cena. Já sobre o preço, a Dafra afirma que sua missão é oferecer ‘uma moto com especificação e performance próxima às das motos street de 250 cc do mercado, porém com preço mais próximo das motos street de 150 cc’.

E o objetivo acaba por ser cumprido. Afinal, a Apache 200 tem 21 cavalos de potência e 1,8 kgf.m de torque máximos, números bem próximos aos das CB Twister (22,4 cv e 2,2 kgf.m) e Fazer 250 (21,3 cv e 2,1 kgf.m), que são encontradas nas lojas por R$ 20.570 e R$ 21.303, respectivamente. Já as CG 160 Titan e Fazer 150 custam R$ 16.249 e R$ 14.621, segundo a tabela Fipe.

Veja também:

 

Como é a RTR 200: potência, câmbio, consumo

Em sua terra natal, a segunda geração da RTR 200 chegou no final de 2020. Apesar de adotar os mesmos componentes que agora vemos na moto brasileira, a indiana ainda tem outros recursos interessantes como modos de pilotagem, freios ABS e suspensão Showa e sistema de conectividade SmartXonnec. Conheça-a. Para o Brasil, a Dafra preferiu fazer algumas simplificações por entender que esta é ‘a melhor configuração possível a um preço competitivo’.

apache 200 - cores

Nova Apache 200 2022 está disponível em preto brilhoso e na inédita azul fosco. A vermelha saiu de linha

Por aqui, há algum tempo tivemos a oportunidade de testar a geração anterior, que chegou em 2019. A Apache 200 é uma moto urbana com alguma vocação esportiva, que extrai bom desempenho do motor, freia bem, passa segurança pelo trabalho das suspensões e ainda tem algumas exclusividades no segmento, como embreagem deslizante – que evita o travamento da roda em reduções bruscas.

apache 200 - na cidade

Produzida pela TVS, uma das maiores fabricantes da Índia, aqui a Apache 200 é montada na fábrica da Dafra em Manaus

Se na estrada o vigor do motor de 197,75 cm³ (21,02 cv a 8.500 rpm e 1,85 kgf.m a 6.500 rpm) agradou, assim como o ronco encorpado, ela não decepcionou na hora de abastecer. Assim, a Apache 200 fez 36 km/litro em média, chegando a 38 km/litro na rodovia. Nada surpreendente, dentro do esperado para um motor de 200 cc.

Além disso, a RTR 200 tem câmbio de cinco marchas, longo e de engates precisos. Já seu tanque de combustível tem 12 litros de capacidade. As rodas são de liga, aro 17, e calçam pneus sem câmara. Reveja o teste com a Dafra Apache 200 aqui.

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também