Diogo Vieira, Mundial SuperEnduro: “Nunca pensei acabar o campeonato em 4.º”

0
51
Diogo Vieira, Mundial SuperEnduro: “Nunca pensei acabar o campeonato em 4.º” thumbnail

Diogo Vieira conseguiu no passado fim-de-semana um resultado histórico para o motociclismo português: o portuense terminou o campeonato do mundo de SuperEnduro na 4.ª posição!

O Motosport falou em exclusivo com o piloto de GasGas sobre esta fantástica conquista.

Sabendo do resultado que podias alcançar, chegaste nervoso a Riesa? Sentias pressão? Como lidaste com essa expectativa?

“Antes da jornada dupla de Riesa, estava em 5º no campeonato e objetivo era manter a posição. Sabia que não ia ser fácil pois lesionei-me em Israel e não consegui treinar até esta prova. Por isso, estava um pouco em baixo e não sabia como ia estar da lesão mas felizmente o cotovelo melhorou bastante nos dias antes da prova e não me deu problemas durante a corrida.”

Em ambas as noites houve uma final em que ficaste em 8.º. Arriscaste mais que o normal ou o traçado de Riesa era mais técnico que os das provas anteriores e levou-te a cometer alguns erros?

”O primeiro 8º aconteceu na primeira Final de Sábado logo no arranque. O piloto que ia à minha frente ficou preso no obstáculo o que me fez bater nele e cair. Aterraram em cima da minha moto que ficou muito torcida e viria a cair mais 3 vezes nessa volta pois não estava a conseguir conduzir assim.
O segundo 8.º foi na segunda final de domingo. Na primeira final de domingo tive uma forte queda que fez alguns danos na moto que não tive tempo de reparar durante o intervalo entre mangas. Isso fez-me cair mais duas vezes durante essa Final. Entre a segunda e a última Final consegui reparar a moto e ter a performance que deveria ter tido nas finais anteriores.”

Qual a prova do campeonato de que mais gostaste e por que motivo?

“A prova que mais gostei foi a de Domingo em Riesa. Apesar da queda e dos problemas na moto, a pista estava espetacular tanto para os pilotos como para o público.”

Antes de começar o campeonato, alguma vez pensaste que seria possível terminar o campeonato do mundo na 4.ª posição? O que sentes depois deste resultado, sobretudo sendo tu um “privado” em luta com os pilotos de fábrica?

“Nunca teria pensado acabar em 4º, principalmente depois da primeira Final da primeira corrida, pois sentia-me bastante enferrujado e sem ritmo mas continuei a trabalhar e senti que evoluí bastante. Sei que tive sorte com as lesões de alguns dos meus adversários mas as corridas são assim mesmo. No geral estou bastante satisfeito mas já estou a pensar no que posso fazer melhor para o ano para estar ainda mais perto dos meus adversários.”

:.

(Foto: FB Diogo Vieira)



Veja mais em MOTORSPORTS.PT