HomeTestes e Reviews de MotosDo PCX ao SH 150: scooter mais vendidos de julho

Do PCX ao SH 150: scooter mais vendidos de julho

Aqui está a lista com os scooter mais vendidos de julho de 2021. Os números são da Fenabrave, apresentando o total de emplacamentos de cada modelo em todo o país nesse mês.

Scooter mais vendidos de julho 2021

Apesar de não impactar na ordem dos modelos mais vendidos no total do ano, os números trazem algumas surpresas. A principal delas é o bom desempenho do Elite 125, que teve seu melhor mês de 2021. Assim, ultrapassou o NMax e fechou julho na segunda colocação no ranking geral, com mais de 2.400 registros.

yamaha nmax scooter mais vendidos julho

O ranking dos scooter mais vendidos em julho é dominado pela dobradinha Honda e Yamaha

O posto de scooter de maior sucesso no país segue do PCX, líder de vendas desde 2013. Em julho ele colocou quase 3.000 novas unidades nas ruas, consolidando sua liderança no acumulado de 2021. Assim, a margem ao segundo colocado NMax aumentou em cerca de 1.500 unidades em comparação aos meses anteriores, mas ele continua seguido de perto pelo Yamaha.

Scooter mais vendidos – Julho 2021

Modelo Nº unidades emplacadas Total 2021
1 Honda PCX 2.988 15.849
2 Honda Elite 125 2.408 10.043
3 Yamaha NMax 1.491 12.184
4 Yamaha Neo 125 1.416 8.142
5 Honda ADV 1.025 7.137
6 Yamaha XMax 349 3.326
7 Honda SH 150i 129 1.956

Os scooter representam o segmento que mais cresce no Brasil atualmente. Em 2015 eram 2,97% do total de motos vendidas no país, fração que subiu para 8,39% em 2019 – um salto de 182,5% – veja quem cresceu e quem caiu no período.

Veja também:

1 – PCX é o scooter mais vendido do Brasil

E não é difícil compreender porque o PCX é um sucesso de vendas. Atualmente, possui iluminação full-LED, painel digital, idling stop, smart key e tomada 12V. Além disso, há compartimento sob o banco e portaobjetos na carenagem frontal.

Ninguém tira o posto de scooter mais vendido do país do PCX. Só em julho foram quase 3 mil emplacamentos

Queridinho pela marca, ele já está em sua terceira geração em apenas oito anos de mercado. Seu motor gera 13,2 cv e 1,38 kgf.m de torque. Ainda está disponível em várias opções, da mais acessível CBS (R$ 13.090, preço sugerido) às topo de linha Sport e DLX (R$ 14.840).

2 – Honda Elite 125

O Elite 125 é o scooter mais barato da Honda. Ele chegou em 2018 com a missão de ser o primeiro degrau na linha de scooter da marca, ocupando o posto que um dia já foi do saudoso Lead 110.

scooter mais vendidos do brasil 2021 elite

Colorido e econômico, o Elite 125 encontrou em julho seu melhor mês de vendas em 2021

Apesar de ser o mais acessível, não é básico. Possui painel totalmente digital, faróis em LED, compartimento sob o assento, gancho porta-objetos atrás da carenagem frontal e o sempre útil cavalete central. Seu preço (médio, FIPE) é de R$ 11.714.

3 – Yamaha NMax

O NMax é o scooter mais vendido da Yamaha em 2021. Além disso, tem aproveitado a briga interna na Honda (entre PCX e ADV, que acaba custando algumas vendas do primeiro) para se aproximar do líder. Se em 2020 o PCX vendeu mais que o dobro de unidades do Yamaha, até agora em 2020 esta diferença mal chega a 30%.

nmax scooter mais vendidos do brasil

NMax segue como o scooter mais vendido da Yamaha e ganhou fôlego no ano passado, quando foi atualizado

O scooter foi renovado no ano passado. Passou a contar com SmartKey (sistema de partida sem chave), tomada 12v, farol e lanterna em LED e sistema StartStop, além de seguir com freios ABS. É encontrado nas lojas por aproximadamente R$ 17 mil.

4 – Yamaha Neo 125

O Neo está entre as motos mais econômicas do país. No nosso teste ele rodou quase 49 km com um litro de gasolina. Desta forma, não é difícil entender como ele é um dos scooter mais vendidos em solo nacional.

neo 125 entre os scooter mais vendidos do país

Competente, NEO 125 é um scooter econômico e fácil de pilotar. Inclusive, é o mais leve da categoria

Segundo a Yamaha, trata-se do scooter mais potente da categoria, movido por um motor de 125 cm³ que gera 9,8 cv e 0,95 kgf.m de torque, alimentado por injeção eletrônica. O bom desempenho também é fruto da dieta do scooter, que pesa 97 kg, considerando fluídos. Nas lojas, custa pouco mais de R$ 11.300.

5 – Honda ADV

O ADV é o mais recente lançamento da Honda no segmento. Compartilha vários componentes com o ‘irmão’ PCX, mas traz uma proposta nova – e aventureira – ao nicho. Com pneus de uso misto e suspensões de longo curso, se inspira na X-ADV para ser um scooter pronto para ir ‘além do asfalto’.

honda adv entre os scooter mais vendidos

Aventureiro, o ADV traz uma nova proposta ao segmento

E é bem equipado. Tem painel digital completo, iluminação full LED, sistema idling stop (aquele que desliga o motor ao ficar mais de três segundos inativo), smart key para partida sem chave, para-brisa regulável, abertura do tanque e banco na ignição e tomada USB, além de vários porta objetos.

Apesar do preço, ADV encontrou uma boa recepção entre os brasileiros. Assim, é um dos scooter mais vendidos do país

E ainda é econômico, com médias que passam os 50 km/litro. Seu porém está no preço. Segundo a FIPE, sai por aproximadamente R$ 21.100 nas concessionárias.

6 – Yamaha XMax 250

A Yamaha lidera isolada o segmento dos scooter médios desde que trouxe o XMax 250 ao Brasil. Para se ter uma ideia, o segundo colocado é o Dafra Citycom, com 74 emplacamentos em julho e 577 no acumulado de 2021 ante os 349 e 3.326 do líder.

xmax entre os scooter mais vendidos 2021

Com preço pouco acima dos R$ 27 mil, XMax é o mais vendido entre os scooter médio

Por traz do sucesso está o design premiado do modelo, bom nível de acabamento e a eficiência de seu motor de um cilindro, arrefecimento a líquido e 22,8 cv de potência. Ainda possui ABS, controle de tração, espaço para dois capacetes sob o assento e luzes em LED. Seu preço: R$ 27.167.

7 – Honda SH 150i

O comedido SH 150i fecha a lista com os scooter mais vendidos de julho. Ele é a opção da Honda para quem prefere o estilo clássico, com assoalho duplo, e design sóbrio.

scooter sh 150 entre os mais vendidos 2021

Injustiçado pelo visual pouco chamativo, SH 150i tem um dos pacotes mais completos da categoria

Mas nem por isso abre mão da tecnologia. Tem iluminação full-LED, freios ABS, sistema smart key, idling stop, tomada 12V e painel analógico com mostrador em LCD e computador digital. É encontrado nas lojas por R$ 16.039.

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também

close