HomeTestes e Reviews de MotosDuas Royal Enfield Himalayan vão rodar pela Antártida

Duas Royal Enfield Himalayan vão rodar pela Antártida

A mais antiga fabricante de motocicletas do mundo em atividade – a Royal Enfield – vai comemorar o seu aniversário em grande estilo. Tudo isso porque em 2021 a marca comemora seus 120 anos.

Por isso, a empresa resolveu fazer algo grande, incomum, uma expedição rumo ao Polo Sul. A máquina escolhida foi a Himalayan. Fazendo jus ao seu nome, a motocicleta vai encarar uma viagem com muito gelo e cenários inóspitos!

 Royal Enfield Himalayan

Royal Enfield Himalayan vai encarar bem o gelo?

Veja também:

90 South: Quest for the Pole

Comemorando o aniversário, a Royal Enfield criou o projeto 90 South: Quest for the Pole. A iniciativa consiste nos pilotos da Enfield, Santhosh Vijay Kumar e Dean Coxson, montando em um par de Himalayans até o Pólo Sul.

A Himalayan nasceu na linha de produtos com a proposta de encarar todos os tipos de sujeira, cascalho e até mesmo água. Mas neve, gelo e extremos climáticos da Antártica será a primeira vez. Será que a trail e os pilotos vão se dar bem?

Essa expedição tem início no dia 26 de novembro de 2021. A largada deve acontecer em Queen Maud Land, Novolazarevskaya Station – região conhecida como Novo. Os primeiros três dias serão destinados à aclimatação ao terreno, ou melhor, gelo. De lá, a equipe irá sair pilotando.

Pólo Sul

Serão 39 dias ao todo no Pólo Sul

Serão 12 dias rumando dentro dos caminhos do pólo sul, até chegar à Estação de Pesquisa Indiana localizada na Plataforma Ross Ice Shelf. É aí que a parte da aventura da Royal Enfield Himalayan começará. Sim, ainda nem começou!

 

Desafio Royal Enfield Himalayan

Em 14 de dezembro de 2021 Kumar e Coxson vão sair da Estação de Pesquisa com suas Himalayan, até a Estação Amundsen-Scott Pole, via South Pole Traverse. Uma jornada de 770 quilômetros.

Royal Enfield Himalayan

Himalayan terá a chance de reforçar sua imagem de trail robusta

Se tudo correr conforme como o planejado, eles devem chegar ao destino no Pólo Sul em 21 de dezembro. Ao todo, será uma expedição prevista para durar um total de 39 dias.

Uma vez alcançado o destino final, eles voltarão em um veículo de quatro rodas – e devidamente aquecido – até Union Glacier, onde poderão voar de volta para casa. Claro, depois de realizada a façanha com as motocicletas.

Royal Enfield

Nem tudo deverá ser fácil, mas vai ser curioso conferir como tudo acontece

Toda a jornada deve ser documentada, para mais tarde fazer parte de um filme. Aliás, já estamos ansiosos para conferir.

 

Além da Himalayan: uma 125 já rodou na Antártida

Sem sombra de dúvida a expedição da Royal Enfield Himalayan será algo digno de ir para a história. Além disso, será importante ver como toda a viagem deve se desenrolar.

XL 125 nacional explorou a Antártida!

XL 125 nacional já explorou a Antártida! Sim fomos lá antes…

Mas ainda na década de 80, brasileiros levaram uma motocicleta até os confins de gelo da Antártida. Não só uma, aliás duas Honda XL 125 S, ainda movidas por carburador. Além disso, as motos não chegaram para brincadeira, foram a trabalho do Programa Antártico Brasileiro. Confira como tudo aconteceu aqui.

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também

close