Ducati fatura na etapa da Holanda na motoGP

0
21

Francesco Bagnaia venceu a etapa Holandesa da MotoGP de 2022 em Assen, com o estreante Marco Bezzecchi comemorando o primeiro pódio da equipe VR46 na categoria principal de motovelocidade e Maverick Vinales com seu primeiro pódio de estreia com a Aprillia.

Enquanto isso, uma corrida dramática para o campeão mundial Fabio Quartararo viu o francês cair duas vezes, um confronto inicial com o rival do título, o Espanhol Aleix Espargaró sendo seguido após uma queda inesperada.

Logo após a largada, o piloto Francês da Yamaha, Fábio Quartararo, não conseguiu ultrapassar o piloto da Ducati Bagnaia nas primeiras curvas caindo para quarto lugar nas primeiras voltas.

Quartararo rapidamente ultrapassou Jorge Martin e Aleix Espargaró, mas o piloto da Aprilia devolveu a ultrapassem e permaneceu em segundo, logo atrás de Pecco.

Ansioso, Quartararo então fez uma tentativa de ultrapassem dentro da curva de Espargaró, mas logo perdeu a frente de sua M1 e colidiu com Espargaró, caindo na pista e enviando o espanhol para a brita.

Espargaró voltou em 15º, com Quartararo em 24º, antes de um pit stop. O incidente ainda será revisto pela organização da prova após a corrida.

Mas o drama não acabou para Quartararo que então caiu novamente após a sua moto ter “shimado“ pela moto ter sida avariada ainda no primeiro acidente.

O confronto de Quartararo com Espargaró deu a Bagnaia uma vantagem de mais de segundo sobre o novo rival mais próximo Marco Bezzecchi, com Martin de volta ao terceiro lugar, seguido por Maverick Vinales, Brad Binder e Jack Miller.

Essa ordem permaneceu quando as bandeiras de chuva foram subitamente levantadas a dez voltas do final!

Foi exatamente o tipo de condições complicadas em que Miller sempre se destacou e, enquanto Martin descia da luta pelo pódio, o australiano – que havia caído para décimo depois de cumprir uma penalidade de Long Lap no início – ficou em quarto lugar de Binder com poucas voltas do final de prova.

O próximo alvo de Miller foi Vinales, mas uma tentativa de passar para a chicane no final da penúltima volta viu o #43 sair e permitir que Vinales, vice-campeão de Quartararo pela Yamaha em Assen na temporada passada e vencedor em 2019, escapar ileso.

O companheiro de equipe Espargaró deu uma volta brilhante após o incidente de Quartararo, culminando em uma ultrapassagem de Brad Binder e Miller na chicane final para conquistar o quarto lugar na última volta!

A escolha dos pneus duros favoreceu Jack Miller (sexto no grid), Johann Zarco (sétimo) e Alex Rins (nono) entre oito pilotos que escolheram o macio.

A maioria escolheu os pneus macios com apenas pilotos da Ducati Bagnaia, Miller, Enea Bastianini, Fabio di Giannantonio e Luca Marini.

Darryn Binder se livrou de uma forte queda, enquanto o estreante Raul Fernandez retornou aos boxes devido algum tipo de problema físico durante a prova.

As etapas da motoGP que acontecem na Europa devido as férias de verão, terminam com o Grande Prêmio da Grã-Bretanha em Silverstone, de 5 a 7 de agosto.

Confira como ficou o resultado final da etapa da Holanda da motoGP em Assen:



Veja mais em Revista Pró