Fora da caixa: conheça o scooter elétrico feito de bambu!

0
72

Quando você pensa que já viu tudo… aparece mais uma inovação para nos deixar de cabelo em pé. Desta vez a novidade trata-se de um scooter elétrico parcialmente construído em bambu! E ainda tem um bônus: ele é dobrável, para caber em qualquer lugar. Curioso, não? Então bora conferir maiores detalhes deste elétrico prático, sustentável e moderno.

Reinova To-Move: scooter elétrico de bambu

Um produto à italiana. O scooter elétrico Reinova To-Move surge de uma parceria entre três atores: a  montadora do setor de motos elétricas e híbridas Reinova; a startup To-Move; e um grupo de designers da instituição politécnica de Turim.

Um dos grandes baratos deste scooter é sua funcionalidade. Ele pode ser dobrado e transportado facilmente em meios de transporte como trens e aviões.

Não bastava ser apenas elétrico, este scooter é totalmente revestido em bambu, um material ecológico leve e resistente. Para os criadores, a ideia era oferecer ‘sustentabilidade em dose dupla’.

 

Quanto custa o scooter elétrico de bambu

A montadora ainda não divulgou valores, nem mesmo a previsão de lançamento do novo scooter elétrico. Até aqui ele é apenas um protótipo. Apesar disso, seus materiais apontam para uma apresentação oficial do produto em breve, sobretudo no mercado europeu. Infelizmente, não há qualquer previsão do modelo vir ao Brasil.

Já pensou em andar de metrô com um scooter disponível ao seu lado? Legal né!?

Veja também:

Um scooter pensado para a ‘economia verde’

Este lançamento ocorre em um momento de ebulição da economia verde no mundo, principalmente na Europa. Para se ter uma ideia, a União Europeia (UE) anunciou que a partir de 2035 irá proibir o registro de novas motos que funcionem com combustíveis fósseis. Isto fez com que pipocassem inúmeras startups de veículos elétricos, bem como montadoras clássicas se adaptassem as mudanças.

Estas ações do parlamento europeu visam diminuir a poluição e pressionar as montadoras a investirem em tecnologias sustentáveis. E as medidas vêm apresentando resultados. Em 2021, as vendas de veículos eletrificados híbridos e totalmente movidos à bateria atingiram cerca de 6,2 milhões em todo mundo, segundo dados da agência de estatísticas S&P Global Platts Analytics.

Mas e no Brasil? Segundo dados da Associação Brasileira de Veículos Elétricos (ABVE), o país atualmente tem uma frota eletrificada de 77.259 veículos em circulação

A Voltz é uma empresa brasileira que produz veículos elétricos e já possui até sua loja própria em São Paulo.

O país é território fértil para os veículos elétricos, contudo este setor do mercado ainda convive com falta de incentivos governamentais, dólar alto e alto preço de fabricação. Entretanto, os sinais para um futuro próximo são positivos. Apenas em 2021, foram 34.990 vendidos, quase metade da frota atual no país. 

Veja mais em Motonline.com.br