HomeTestes e Reviews de MotosHonda ADV 150 ganha concorrente à altura, da Aprilia

Honda ADV 150 ganha concorrente à altura, da Aprilia

A boa aceitação em diferentes mercados comprovam que a Honda acertou ao inovar quando decidiu criar ‘scooter aventureiros’. O pioneiro foi o X-ADV, com motor da NC 750X e fôlego para verdadeiras incursões longe do asfalto, e o segundo foi o ADV 150. Agora tem mais gente querendo entrar na festa.

A Aprilia acaba de apresentar seu novo pequeno scooter aventureiro, o SR GT 125. O modelo será concorrente direto da Honda onde as duas marcas estão presentes e também terá uma versão mais potente, de 200 cilindradas. O anúncio foi feito durante o Salão de Milão, o EICMA, que está acontecendo na Itália.

honda adv 150 - aprilia sr

O Aprilia SR GT é o novo concorrente direto do Honda ADV 150. Pelas qualidades dos dois, esta briga promete muito

 

Honda ADV 150, o pioneiro

A Aprilia não é a primeira marca a surfar na onda criada pela Honda. Há alguns meses apresentamos aqui no Motonline o Dayang ADV 150, um scooter chinês com alguma vocação para aventura e que é praticamente uma cópia descarada do ADV 150, bebendo muito de seu design e construção.

honda adv 150 - vermelho

O ADV 150 é fruto de uma boa ideia, de unir a plataforma do PCX ao propósito do X-ADV. Está dando certo. Scooter vai fechar o ano com mais de 10 mil unidades vendidas

E também é bem equipado, com tela TFT de 7 polegadas, câmeras frontal e traseira e ABS nas duas rodas. De quebra, ainda custa 30% menos que o japonês em alguns países em que os dois estão presentes. Conheça a cópia chinesa do ADV 150 aqui. Isto é só o começo, muitos outros scooter aventureiros pequenos irão surgir.

honda adv 150 - cópia chinesa

Olhe de novo. Este não é o Honda, mas sim uma ‘cópia chinesa’. Eis o Dayang ADV 150

Veja também:

 

Como é quanto custa o ADV 150

O Honda ADV 150 (no Brasil chamado apenas de ADV) foi apresentado ao mundo em 2019 e chegou por aqui no final do ano seguinte. É fruto de uma boa ideia: unir a bem-aceita construção do PCX (líder de vendas em muitos países, inclusive no nosso) à uma proposta de uso misto, com ar de aventura, inovadora no segmento e herdada do pioneiro X-ADV. Deu certo.

honda adv 150 - preço

Atualmente, ADV 150 0km custa pouco mais de R$ 21 mil nas concessionárias. Preço sugerido pela marca é de R$ 18.500

De janeiro para cá o pequeno scooter da Honda já emplacou cerca de 10 mil unidades no Brasil, segundo a Fenabrave. Atualmente, o ADV 150 custa R$ 21.720 nas concessionárias, de acordo com a tabela Fipe. Assim, é 19% mais caro que o irmão PCX, encontrado por R$ 18.245. Os preços sugeridos pela Honda partem dos R$ 18.500 e R$ 13.510, respectivamente.

Além da proposta inédita, é um bom produto. Tem elevado nível de acabamento, painel completo e é adequado ao uso em piso ruim, incluindo um fora de estrada (bem) leve. Para isso, tem pneus de uso misto e suspensões de curso elevado, inclusive com amortecedor Showa na traseira. E é econômico. No nosso teste, o ADV 150 fez mais de 50 km com um litro de gasolina.

 

O que sabemos sobre o novo scooter Aprilia

Dia desses falamos sobre as marcas de motos importadas e relembramos a história da Aprilia. A italiana é famosa por seus modelos esportivos, faz parte da MotoGP e, curiosamente, há tempos cria scooter – com alguns projetos bem interessantes, por sinal.

Novo scooter Aprilia tem pneus de uso misto, suspensões com curso alongado, painel estilo ‘moto de rali’, guidão alto. Mesma receita do Honda ADV

O novo SR GT 125 / 200 tem proposta muito similar a do Honda ADV, de ser ‘um scooter para ir além do asfalto’. Para isto adota pneus de uso misto (Michelin Anakee), guidão ‘de moto’ alto e largo, elevada altura do solo (de 175 mm) e suspensões com curso mais longo. Showa, o sistema tem curso de 122 mm na dianteira e 102 mm atrás.

Mas ainda é um scooter predominantemente urbano. Por isso, tem compartimento de 25 litros sob o assento (suficiente para um capacete integral e mais alguns objetos), iluminação full-LED, painel digital compatível com smartphone, sistema start stop e grande autonomia, de aproximadamente 350 quilômetros. Ela é possível pelo tanque de 9 litros e baixo consumo de combustível, estimado em mais de 40 km/litro.

Já o visual é inspirado nas grandes motos da marca, sobretudo em sua nova bigtrail Tuareg. Destaque ao painel de instrumentos elevado (remetendo às motos de rali) e altíssimo nível de acabamento, com plásticos texturizados, banco em dois tons e dianteira com farol central.

 

Potência e preço do Aprilia SR GT

O SR GT 125 tem motor de um cilindro, arrefecimento a líquido e quatro válvulas, capaz de gerar 15 cv de potência e 1,2 kgf.m de torque máximos. Já a versão maior é equipada com conjunto de 174 cm³, que entrega 17,6 cv e 1,65 kgf.m de torque. Ambos são alimentados por injeção eletrônica.

Novo scooter da Aprilia ainda não teve seu preço revelado e, infelizmente, não deve vir ao Brasil

O novo concorrente do ADV 150 ainda estará disponível numa versão Sport, com cores e grafismos exclusivos. O modelo padrão estará à venda em dourado (Street Gold), cinza (Iridium Grey) e vermelho (Red Raceway). Porém, a marca ainda não revelou quando o scooter chega às lojas ou qual serão os seus preços sugeridos.

 

Concorrente do Honda ADV no Brasil

Atualmente, a Aprilia não possui representação oficial no Brasil. Ou seja, não devemos ver seu novo scooter aventureiro por aqui tão cedo. Assim, a Honda seguirá sozinha no segmento, sem nenhum concorrente direto ao ADV 150.

honda adv 150 - consumo

Enquanto os concorrentes não vêm, o ADV 150 segue reinando sozinho. E gastando pouco. Econômico, fez mais de 50 km com um litro no nosso teste

Alguns modelos têm preços e números similares, especialmente o irmão PCX e o Yamaha NMax, e até brigam pela preferência do consumidor. Entretanto, há apenas dois modelos de scooter com alguma aptidão aventureira. O ADV e o X-ADV.

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também

close