HomeShow RadicalHonda Racing completa Maratona e parte para as etapas finais do Sertões...

Honda Racing completa Maratona e parte para as etapas finais do Sertões 2021

Jean Azevedo ocupa o segundo lugar geral das motos, seguido por Bissinho Zavatti, líder da classe Moto 2; Equipe amplia vantagem na categoria Brasil com Tiago Wernersbach.

Foto: Magnus Torquatro

Após dois dias sem auxílio mecânico externo, os cinco pilotos da equipe Honda Racing e suas motocicletas chegaram inteiros na cidade de Petrolina (PE), nesta quinta-feira (19/8). A segunda perna da Maratona valeu como o sexto dia de disputas no Sertões 2021, que parte para momentos decisivos nas últimas três etapas do roteiro. Jean Azevedo manteve a vice-liderança na classificação geral das motos, seguido por Bissinho Zavatti, que é o primeiro colocado da categoria Moto 2 – ambos aceleram a CRF 450RX. Na classe Brasil, Tiago Wernersbach ampliou vantagem na dianteira com a CRF 250F. A chegada da prova será neste domingo (22/8), em Tamandaré (PE).

O trajeto da sexta etapa teve início em Xique-Xique (BA), com 476 km, 328 deles de especiais (trechos cronometrados). As motocicletas estavam guardadas no Parque Fechado desde o término das disputas desta quarta-feira (18/8), sendo que apenas os pilotos foram autorizados a fazer pequenos ajustes nos equipamentos. As estruturas de apoio seguiram direto para Petrolina e, com o término da Maratona, poderão voltar a prestar suporte aos pilotos até o final do Sertões.

“Foram dois dias muito duros, sem manutenção e auxílio mecânico da equipe de apoio, mas as CRF 450RX da Honda Racing aguentaram muito bem. Nós não precisamos fazer nada no Parque Fechado, foi só guardar as motos e sair pela manhã. Chegamos inteiros, assim como as motos. Tem mais três dias ainda pela frente, vamos seguir lutando”, afirma o paulista Jean Azevedo, o maior vencedor da história das motos com sete títulos na geral do Sertões. Ele está em segundo lugar na disputa da classe Moto 1.   

Jean Azevedo
Foto: Marcelo Maragni

Destaque no Top 3 geral, Bissinho Zavatti defende o título da Moto 2 e ampliou vantagem na liderança da categoria. “Foram duas etapas de Maratona nas quais é preciso ser muito consciente, porque chegar no fim do dia e ter algum problema na moto é algo que prejudica a prova toda. Estou muito feliz por completar esses dois dias, cheguei muito bem em Petrolina, o que foi muito importante. Faltam mais três etapas, vou me concentrar para seguir em frente”, garante o paulista.

Bissinho Zavatti
Foto: Marcelo Maragni

Gregorio Caselani, campeão de 2016, está em quinto lugar na geral e em terceiro na briga pelo título da categoria Moto 1. “A sexta etapa trouxe a especial mais rápida do rally até agora, com velocidade máxima por muito tempo. Foi um bom dia, consegui fazer uma prova redonda do início ao fim e completei bem a Maratona. A moto está zerada, vamos abastecer e deixar pronta para a próxima etapa”, explica.   

Gregorio Caselani
Foto: Magnus Torquatro

O gaúcho manteve a liderança da classe Rally GP nas disputas válidas pelo Campeonato Mundial de Rally Cross Country, Jean Azevedo e Bissinho Zavatti estão na segunda e terceira colocações da categoria Rally 2, respectivamente. Vale lembrar que o Sertões também soma pontos para o Campeonato Brasileiro da modalidade.

Direcionada às motocicletas de fabricação nacional, a categoria Brasil segue liderada pelo capixaba Tiago Wernersbach, que ampliou vantagem após seis dias de prova com a Honda CRF 250F. “Cumpri os dois dias de Maratona sem problema nenhum e a moto continua perfeita. Tenho uma certa vantagem na liderança e vou trabalhar para garantir o primeiro lugar no final. Vou seguir forte”, avisa o estreante no Sertões.

Tiago Wernersbach
Foto: Doni Castilho

O atual campeão Thiago Veloso, que ocupa o quarto lugar na tabela da Brasil, também aprovou o desempenho da CRF 250F nos dias de Maratona. “A moto é incrível. A primeira perna da Maratona exigiu muito, foram mais de 200 km de areia pesada. E na segunda parte tinha muita reta e velocidades altas, a moto completou bem o trajeto e chegou 100% em Petrolina”, finaliza.   

Thiago Veloso
Foto: Marcelo Maragni

Nesta sexta-feira (20/8), os pilotos partem com direção ao Alagoas, na cidade de Delmiro Gouveia. O percurso da sétima etapa do Sertões 2021 prevê 441 km (quase 240 de especiais). O roteiro total da prova soma mais de 3.600 km, cerca de 2.200 deles de especiais. A equipe Honda Racing de Rally é patrocinada por Pro Honda, Alpinestars, ASW, DID, Michelin e Seguros Honda.

Resultados Sertões 2021 (extraoficiais) – Cinco Primeiros

Classificação após seis etapas

Geral Motos
1º Adrien Metge #4 – 24:08:04
2º Jean Azevedo #3 – 24:18:51 – Honda CRF 450RX
3º Bissinho Zavatti #6 – 24:33:30 – Honda CRF 450RX
4º Tulio Malta #5 – 24:43:43
5º Gregorio Caselani #7 – 24:56:52 – Honda CRF 450RX
12º Tiago Wernersbach #41 – 26:37:33 – Honda CRF 250F
40º Thiago Veloso #25 – 34:07:40 – Honda CRF 250F

Moto 1
1º Adrien Metge #4 – 24:08:04
2º Jean Azevedo #3 – 24:18:51 – Honda CRF 450RX
3º Gregorio Caselani #7 – 24:56:52 – Honda CRF 450RX

4º Marco Antônio Pereira #18 – 26:14:43
5º Marcos Colvero #46 – 27:53:09

Moto 2
1º Bissinho Zavatti #6 – 24:33:30 – Honda CRF 450RX
2º Tulio Malta #5 – 24:43:43
3º Vitor Siqueira #22 – 26:19:04
4º Bruno Leles #8 – 27:04:56
5º Maxwell Medeiros #20 – 27:58:50

Brasil
1º Tiago Wernersbach #41 – 26:37:33 – Honda CRF 250F
2º Leonardo Martins #21 – 28:46:19
3º Gabriel Carneiro #71 – 31:30:02
4º Thiago Veloso #25 – 34:07:40 – Honda CRF 250F
5º Bruno Pereira #69 – 34:35:26

Etapa 6

Geral Motos
1º Adrien Metge #4 – 04:14:03
2º Jean Azevedo #3 – 04:14:14 – Honda CRF 450RX
3º Gregorio Caselani #7 – 04:14:41 – Honda CRF 450RX
4º Bissinho Zavatti #6 – 04:17:00 – Honda CRF 450RX
5º Vitor Siqueira #22 – 04:17:27
29º Tiago Wernersbach #41 – 04:50:34 – Honda CRF 250F
33º Thiago Veloso #25 – 04:56:48 – Honda CRF 250F

Moto 1
1º Adrien Metge #4 – 04:14:03
2º Jean Azevedo #3 – 04:14:14 – Honda CRF 450RX
3º Gregorio Caselani #7 – 04:14:41 – Honda CRF 450RX
4º Marco Antônio Pereira #18 – 04:32:59
5º Marcos Colvero #46 – 04:45:07
Moto 2
1º Bissinho Zavatti #6 – 04:17:00 – Honda CRF 450RX
2º Vitor Siqueira #22 – 04:17:27
3º Tulio Malta #5 – 04:20:08
4º Bruno Leles #8 – 04:30:16
5º Maxwell Medeiros #20 – 04:40:08

Brasil
1º Tiago Wernersbach #41 – 04:50:34 – Honda CRF 250F
2º Thiago Veloso #25 – 04:56:48 – Honda CRF 250F
3º Ypiranga Cortez #19 – 04:57:48
4º Leonardo Martins #21 – 04:58:05
5º Bruno Pereira #69 – 05:13:56

Confira o roteiro completo do Sertões 2021*:

20/08/2021 – sexta-feira
7ª etapa – Petrolina (PE) a Delmiro Gouveia (AL)
Deslocamento inicial: 138,84 km
Trecho especial: 239,98 km
Deslocamento final: 62,29 km
Total: 441,12 km

A sétima etapa terá uma especial mais completa, em local inédito para os participantes. Eles vão andar às margens do Rio São Francisco e o dia será dividido em três partes. A primeira, com trecho bem técnico em um terreno duro e apertado em estradas pequenas e passagem por rios que vão estar secos. A segunda parte vai andar em um local mais rápido e estrada de piçarra. Já a terceira parte entra em um trecho de areia que fica mais duro. Será areia pesada até o final.

21/08/2021 – sábado
8ª etapa – Delmiro Gouveia (AL) a Arapiraca (AL)
Deslocamento inicial: 9,14 km
Trecho especial: 152,28 km
Deslocamento final: 87,04 km
Total: 248,47 km

A prova segue acompanhando o Rio São Francisco, com mais uma especial inédita, técnica e dura. Começa com trechos sinuosos, algumas passagens por vilas e zonas de radar. Os competidores vão andar em trechos do estado de Alagoas. O piso muda radicalmente de piçarra para areia, para alguns trechos de trial, com pedras grandes, e termina em estradinhas de fazenda mais rápidas.

22/08/2021 – domingo
9ª etapa – Arapiraca (AL) a Tamandaré (PE)
Deslocamento inicial: 193,47 km
Trecho especial: 132,47 km
Deslocamento final: 18,05 km
Total: 344 km

O último dia do Sertões 2021 foi pensado para todos no rally. Não só para os competidores, mas para toda a equipe que terá tempo de chegar à base final para comemorar o fim da disputa. Apesar de curto, o trecho exigirá navegação e muita atenção. Não terá areia, mas a especial apresenta piçarras, pedras e subidas e descidas de serras, além de um trecho de canavial. O visual promete ser bonito.

TOTAL DO PERCURSO: 3.615,67 km
TOTAL DE ESPECIAIS: 2.202,37 km

* O roteiro é fornecido pela organização do evento e está sujeito a alterações.

Continue arrastando para cima ☝☝☝ para conferir todos os patrocinadores do site   👇⚡!

– Clicando no anuncio das empresas você é direcionado ao site da marca!



Veja mais em  

Leia Também

close