in

Honda Racing disputa rodada dupla no BRMX

Lucas Dunka é o líder da categoria MX2 e Anthony Rodriguez está de olho nos títulos da MX1 e Elite MX

A equipe Honda Racing encara rodada dupla na decisão do Campeonato Brasileiro de Motocross 2020, na cidade de Apiaí (SP). Anthony Rodriguez, Jetro Salazar e Hector Assunção, na categoria MX1, e Lucas Dunka e Leonardo Souza, na MX2, disputam duas corridas nesta sexta-feira (27/11) e outras duas no domingo (29/11).

Líder da MX2, com 130 pontos, Lucas Dunka está focado na busca do título. “A única pressão que eu tenho é a minha mesma. Estou me sentindo bem com a moto, a CRF 250R, e agora eu já conheço a pista. É só fazer alguns ajustes e manter a cabeça fria para as etapas finais”, conta o catarinense. Ele venceu as duas corridas válidas pela categoria no fim de semana passado, em etapa realizada na mesma pista de 1450 metros.

Para o conterrâneo Leonardo Souza, segundo colocado na etapa anterior e quarto na classificação do campeonato na MX2, com 97 pontos, os resultados foram positivos. “Quero repetir o desempenho das últimas corridas. Nossa semana foi bastante intensa pelo curto intervalo entre as provas. Conseguimos treinar e nos preparar para mais esse desafio”, ressalta Souza.

Depois de uma etapa difícil, Anthony Rodriguez quer recuperar os pontos na disputa pelos títulos. O venezuelano é o vice-líder da Elite MX (classe que reúne os principais pilotos do campeonato), com 67 pontos, e está em terceiro lugar na MX1, com 114. “Voltamos para treinar, mas considerando que tenho que preservar o corpo para a rodada dupla desta semana. Como sempre, a expectativa é dar 100% de mim. Estamos buscando todas as melhorias e também controlando a ansiedade, porque a vontade de ganhar é grande”, evidencia Rodriguez, que acelera a motocicleta Honda CRF 450R.

Com o mesmo modelo, Jetro Salazar, sexto colocado na Elite MX e MX1, e Hector Assunção, que retornou às competições na semana passada, estão prontos para defender o esquadrão vermelho. “Acertamos as motos e fizemos mais um treino antes dessa rodada dupla. Estou empolgado por ter conseguido andar bem, após todos esses meses sem competir. Não estou longe do meu ritmo ideal, o que aumentou a minha autoestima para essas etapas, nas quais quero buscar a vitória”, planeja o paulista Assunção.

Circuit Honda – Além do time oficial, a Honda conta com a equipe satélite, a Circuit Honda, que tem Roosevelt Assunção na liderança da MX3; Humberto Martin, o “Machito”, quinto colocado na MX1 e Elite MX; e Reginaldo Ribeiro, o “Juninho”, sétimo na MX2. Na mesma categoria, Leonardo Cassarotti ocupa a 10ª posição.

 

Campeonato Brasileiro de Motocross 2020 – 4ª e 5ª etapas
Local: Motódromo da Fepasa – Apiaí (SP)

Programação*

Sexta – 27/11

Treinos Livres / Classificatórios
8h20 às 8h45 – MX2
8h50 às 9h20 – MX1
9h25 às 9h45 – MX4
9h50 às 10h10 – MX3
10h15 às 10h35 – MX5

Provas Oficiais
11h40 – MX2 – 30 min + 2 voltas 
12h40 – MX1 – 30 min + 2 voltas
13h40 – MX4 – 15 min + 2 voltas
14h20 – MX3 – 30 min + 2 voltas
15h10 – MX5 – 15 min + 2 voltas
16h10 – Elite MX (MX1 e MX2) – 30 min + 2 voltas
17h – Pódios – todas as classes

 

Sábado – 28/11

Treinos Livres / Classificatórios
8h às 8h20 – MX2JR
8h25 às 8h45 – Nacional Pró
8h50 às 9h10 – 50cc
9h15 às 9h35 – MXJR
9h40 às 10h – MX3
10h05 às 10h25 – MXF
10h30 às 10h50 – 65cc

Provas Oficiais
11h50 – MX2JR – 20 min + 2 voltas
12h40 – Nacional Pró – 15 min + 2 voltas
13h20 – 50cc – 15 min + 2 voltas
14h – MXJR – 20 min + 2 voltas
14h30 – Pódio classes: MX2JR, Nacional Pró e MXJR
15h05 – MX3 – 20 min + 2 voltas
15h50 – 50cc – 15 min + 2 voltas
16h30 – MXF – 15 min + 2 voltas
17h10 – 65cc – 15 min + 2 voltas
17h40 – Pódio classes: MX3, 50cc, MXF e 65cc

Domingo – 29/11

Treinos Livres / Classificatórios

7h30 às 7h55 – MX2
8h às 8h30 – MX1
8h35 às 8h55 – 65cc
9h às 9h20 – MXF
9h25 às 9h45 – Nacional Pró
9h50 às 10h10 – MXJR

Provas Oficiais
10h30 – 65cc – 15 min + 2 voltas 
11h – Pódio da classe 65cc
11h50 – MX2 – 30 min + 2 voltas
12h50 – MX1 – 30 min + 2 voltas 
13h50 – MXF – 15 min + 2 voltas
14h30 – MXJR – 20 min + 2 voltas
15h20 – Nacional Pró – 15 min  + 2 voltas
15h50 – Pódio das classes MXF, MXJR e Nacional Pró
16h15 – Elite MX (MX1 e MX2) – 30 min + 2 voltas
17h – Pódio das classes Elite MX, MX1 e MX2

*A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.

 

Crédito: Ângela Monteiro / Mundo Press



Veja mais em Revista Pró

O que você acha?

Equipe Honda Racing disputa rodada dupla na decisão do Brasileiro de Motocross 2020 em Apiaí (SP)

Crazy Day, 4ª Etapa Brasileiro de Motocross | Apiaí -SP