Minecraft ou Picasso? Suzuki 250 vira scrambler Cubus

0
78

Essa Suzuki Intruder 250 customizada pode ser a moto perfeita para o mundo dos jogadores de Minecraft. Melhor ainda, pode ser exibida em um museu dedicado ao cubismo. Sim, porque a motocicleta parece ter bebido nas fontes revolucionárias, retas e radicais de Pablo Picasso. Dedique alguns minutos do seu dia para apreciar sua arte.

Suzuki Intruder 250 Cubus

A criação foi obra da Free Spirit Motorcycles, uma pequena customizadora da Eslováquia. Nomeada de Cubus, a moto começou a vida como uma simples Suzuki GN250 – ou Intruder 250 para os brasileiros. Depois de um trato e tanto no visual, o modelo surgiu desprovido de curvas na carroceria! Como resultado, a Cubus renunciou as linhas da custom e emite agora uma estética surreal.

Uma moto de Minecraft ou um modelo digno de homenagem ao cubismo de Picasso?

O desenho nos faz questionar se tudo que vemos existe ou não no metal. Isso porque, de fato, algumas imagens são renderizadas. No entanto, Cubus já é realidade assim como a vemos. Slavo Danko foi o homem por trás da Free Spirit e criou essas formas geométricas malucas.

Suzuki Intruder 250 Cubus agora exibe linhas retas

Veja também:

Moto é montada como quebra-cabeças

Foi preciso utilizar métodos de fresagem 3D para produzir um acabamento consistente. Ao final do resultado, a moto é montada como um quebra-cabeça. As peças se encaixam perfeitamente umas nas outras, dando uma estética extremamente satisfatória. Sem dúvidas, a carroceria de alumínio deu personalidade ímpar a Cubus.

Únicas formas curvas são vistas no motor e claro, nas rodas!

A criação tem rodas de 17 polegadas de uma Suzuki DR-Z400, calçando pneus Dunlop Mutant. A moto tem braço oscilante da Husqvarna SM 125, mas descarta o shocks original da off-road, em favor de um monoamortecedor. De original restou apenas o motor 250 cc da Suzuki.

Modelo ganhou mudanças também nas suspensões e rodas

Danko explica que seu histórico junto às motos remonta à década de 1980, quando ele praticava motocross. Talvez por isso, a pequena cruiser ganhou o estilo scrambler, mesmo que se afaste muito da forma padrão. Por que não imaginá-la como uma Vitpilen levada às últimas consequências de estilo?

Veja mais em Motonline.com.br