HomeMundo CrossMOCAM recebeu novamente a dose dupla do Brasileiro e Gaúcho de Velocross

MOCAM recebeu novamente a dose dupla do Brasileiro e Gaúcho de Velocross

A cidade de Arroio do Meio município da região Alto Taquari no estado do RS, teve novamente dias de glória no cenário do velocross nacional. Isso porque novamente recebeu nos dias 6,7 e 8 de agosto uma etapa do Brasileiro e do Gaúcho da modalidade. Prova ainda durante a pandemia, contou com público restrito ao box, apenas pilotos e equipes e alguns convidados e pessoal de trabalho. O MOCAM, a FGM e a CBM prepararam todos os protocolos da saúde para combater o COVID 19. Pilotos de todos os rincões do estado e de muitos estados brasileiros fizeram pegas alucinantes durante os dois dias de prova. Acompanhe os principais pegas das corridas.

VX45 e VX50 Importadas

Os Gaúcho Júlio Balzan, Giovane Pick e Fabiano Ribeiro largam bem na etapa de Arroio do Meio e ditam o ritmo da corrida que abriu os trabalhos de pista. Júlio e Pick travam um duelo tradicional do início ao fim com Júlio fechando a porta e por vezes proporcionando o XIS. Mas o alemão Giovane Pick deu um bote certeiro no apagar das luzes para assumir a ponta e vencer. Júlio manteve o 2º lugar com Fabiano em 3º. Reginatto e Rafa Louco vieram em seguida na classe VX 45, Na VX50, o 1º e 2º repetiram, mas o 3º colocado foi Nasri Sarkiss, conhecido como O Turco da cidade de Lapa/PR. Tenedine e Antônio Freitas subiram no pódio da VX50.

MiniMotos e TR100

João Gabriel Wovst, O Bolachinha abriu os caminhos pra vitória na volta inicial, mas nervoso erra na primeira volta, cai e perde a ponta para Guilherme Treicha.  Gabriel Rezner e Anthony Dalberto vinham em seguida. Bolachinha ergue a cabeça, acelera e aos poucos busca o terreno perdido, para em poucas voltas retornar ao primeiro posto da corrida.  O piloto de Montenegro confirma a boa fase vencendo a etapa, seguido de Guilherme e Gabriel. Anthony e Joaquim Souza fecharam o pódio da Minimotos. Na TR100 Pedro Henrique Vargas e Nicolas Bernard foram 1º e 2º consecutivamente.

 

230 Ligth

Nessa categoria quem deu as cartas foi Matheus da Costa que largou no pelotão da frente, e logo aparece de ponteio na corrida. Embora João Marcelo esteve em sua sombra na maior parte da prova, Matheus conseguiu uma vitória expressiva e incontestável. João Marcelo chegou em seguida, um segundo atrás do líder. Jader Martini foi 3º seguido de João Benedusi e Gabriel Schiefelbein.

 

VX 45 e VX50 Nacional

A fera Giovane Pick largou na ponta segudi de um osso duro que foi Rafael Valentini, que empolgado com sua volta às pistas de um Brasileiro, acelerava com o apoio da torcida. Laércio “Pé Queimado” Pacheco vinha colado no pelotão e segurava o eufórico Fernando Frazão formando o pelotão inicial. Mas o destaque mais atrás era de Paulo Kappes que corria em recuperação e também tentava esquecer as dores de uma contusão ainda não curada. Giovane correu com segurança, não errou e ficou com a vitória. Valentini foi 2º com Kappes em 3º. Everton Marchezan veio de trás e chegou em 4º lugar seguido de Laércio “Pé Queimado”. Na VX50 deu Pick em 1º com Antônio Freitas, Evandro da Andrade, Claudiomiro Correa, O Retorno e João Sarapico.

VX4 Importadas

Giovane Pick usou a experiência para largar na ponta e trazia consigo Luciano De Conto, Júlio Balzan e mais atrás Claiton Portela e Fabiano Ribeiro que fariam prova buscando posições melhores. De Conto se manteve no pelotão da frente assim como Giovane e Pick, mas quem veio de tras e chegou na liderança e consequentemente na vitória foi Portela com De Conto em 2º, Pick em 3º. Em seguida veio Júlio e Fabiano.

65cc

Lucas Eduardo Wadas largou na ponta da categoria com Caio Grosbelli, Davi Schiochet,  no encalço. També apareceram no pelotão principal Luiz Gustavo Walter e Pedro Kammer já na segunda volta. Os duelos eram intensos e os dois primeiros se destacavam. Na metade final da corrida, Caio deu o bote fatal para assumir a liderança e vencer a etapa. Davi, Luiz e Pedro completaram o pódio.

VX4 Nacional

Luciano De Conto deu na veia e largou na ponta da VX4 Nacional. O piloto de Passo Fundo teve a companhia de Danny Oliveira, Elizandro Costa, O Costinha e Anilton Ximenez no pelotão principal. Mais atras Ivan Pilz fazia prova de recuperação. Mas quem subiu bem sua produtividade foi Rodrigo Santos, O Chaveiro que saiu da 6ª posição para o segundo lugar. Assim como ele, Pilz chegou em 3º após largar em 5º. De Conto venceu de ponta a ponta e ainda tivemos Danny e Costinha subindo no pódio.

 

MXF Nacional

A piloto Mozara Bittencourt assumiu a liderança ainda na volta inicial em cima da líder Dora Schneider que ao final da corrida teve a desclassificação confirmada pela organização. No duelo as duas travaram bons pegas iniciais com Pryscila Neves, Kamila Rocha, Mariana Daltoé e Tais Knies também se destacando durante toda a corrida. Mozara venceu com tranquilidade e o 2º lugar ficou com Pryscilla que foi seguida de Kamila a 3ª colocada. Tais e Ana De Conto chegaram em 4º e 5º lugares respectivamente.

VX2 Intermediária

José Victor da Silva fez o hole shote seguido de Alex Cecchin, O Garrincha, e Lorenzo Meira Machado. Mais atrás em prova de recuperação chegava Lucas Turatti para duelar com os ponteiros. José Victor se manteve firme, não errou e venceu de ponta a ponta, Turatti buscou posições com duelos e chegou em 2º com Lorenzo em 3º. Já Alex garantiu a 4ª colocação e José Henrique Cadore a 5ª posição na etapa de Arroio do Meio.

VX3 Importadas

Leandro Lemos largou na frente, mas Juliano Mercalli queria a vitória e dificultava a vida do piloto de Lages. Os dois travavam duelos interessantes, mas que aproveitou-se mais da situação foi Marcos Cordeiro que largou em 3º, esperou a oportunidade e fez as ultrapassagens para vencer a etapa. Juliano ultrapassou Leandro e chegou em 2º com Lemos em 3º. Rodrigo Galiotto foi 4º colocado com a presença feminina de Maiara Basso na 5ª colocação da etapa.

Nacional 250

Jader Martini fez o hole shote seguido de Matheus da Costa, Cauã da Silva e João Guilherme Benedusi e Cássio Rossi. Matheus manteve o Foco e logo assumiu a liderança abrindo aos poucos uma boa distância de Jader, A vitória de Matheus da Costa, O Theus foi incontestável e a segunda colocação de Jader também foi tranquila. Gustavo Deufel chegou em 3º após fazer largada em posição intermediária. Pedro Marchezan chegou em 4º e João Marcelo Silveira em 5º nessa prova em que Matheus da Costa foi o nome da corrida.

VX2 Importadas

Nessa categoria os motores começam a roncar mais alto. No pelotão da frente largaram Lucas Basso, Lucas Gadotti e Mauro Brazaca Júnior. Na curva UM, no meio do bolo um toque na moto era acidente certo e foi oque aconteceu com Brazaca, que caiu na largada e teve a prova repensada. Lucas Basso largou na frente e abre enquanto que Lizot duelava com Gadotti para mais tarde buscar o segundo posto. Lizott se aproxima do líder que não erra para vencer a etapa. Lizott foi 2º e Brazaca em prova de muita recuperação foi 3º. Gadotti e Jacson Keil completaram as peças do pódio.

Força Livre Nacional

Anthonny Gervásio fez o hole shote da prova com Jordan Martini, José Victor da Silva, Joe da Costa, Alex Alarcon e Wdenison Batista no pelotão principal da curva um. Uma prova de muitas alternativas em que os pilotos que subiram no pódio não largaram na frente, a exceção foi Gervásio que venceu de ponta a ponta. Jonilson da Costa subiu de produção e chegou em 2º com Jackson Carniel em 3º. João Marcelo e Jacson Keil também subiram no pódio.

Júnior e VXF

Nessa corrida a gaúcha Maiara Basso largou na ponta na geral, avançou a cada metro rumo a vitória da categoria VXF e na geral. Pela Feminina Pryscilla Neves da Silva, Barbara Pancera, Júlia Gazoni e Lilian Santos foram as gurias do pódio.

Já na Júnior, o ponteiro foi Bernardo Zílio que logo na 3ª volta já abria vantagem sobre os opositores. Gabriel Berlatto chegou em 2º seguido de Caio Grosbelli. Eric Paini e Luan Durante também subiram no pódio.

250 PRÓ

Uma das largadas mais acirradas da etapa teve lado a lado Guto Campos, Anthonny Gervásio,Rafael Faria e Mauro Brazaca. Quem se deu melhor foi Rafael Faria que está em uma grande fase e tem acumulado vitórias na pista de Arroio do Meio. Jordan Martini que largou em posição intermediária chegou em 2º, 3 segundo atrás de Faria. Mauro Brazaca se manteve no pelotão chegando em 3º com Gervásio em 4º e Arthur Barcelos em 5º. O Ponteiro Guto foi 6º.

VX3 Nacional

Nessa categoria o soriso se estampou na cara de Edenilson Batista que largou bem no pelotão da frente, teve alguma pressão no meio da prova do piloto de Sananduva, Rodrigo dos Santos, O Chaveiro que chegou em 2º lugar na etapa. Luciano De Conto, com moto emprestada ficou com a 3ª colocação. Júlio Schuck também andou bem e chegou na 4ª posição de pódio com Carlos Lorenzini, O Nanico fechando o pódio.

VX1 e Intermediária VX1 Importada

A bateria final foi espetacular, uma largada com gate cheio que teve Mauro Brazaca Júnior fechando a volta inicial na liderança, isso após dividir a curva um com pilotos de renome gaúcho e também nacional. Jordan Martini vinha em 2º, Cristiano Rasia e Lucas Gadotti e Rafael Faria também andavam no pelotão frontal.  Mauro Brazaca venceu de ponta a ponta a VX1 seguido de Rafael Faria, Lucas Basso. Jordan Martini e Jacson Keil na formação de pódio da VX1.

 Na Intermediária VX1, Guto Campos foi o mais rápido ao vencer a prova seguido de Leonardo Turatti, Cristian Kehl, Juliano Olinger Jínior e Claiton Portela, O Cau.

Leia Também

close