HomeTestes e Reviews de MotosMoto da Porsche? Conheça a Harley-Davidson V-Rod

Moto da Porsche? Conheça a Harley-Davidson V-Rod

A Harley-Davidson tem uma longa tradição com seu design clássico custom e, claro, os motores V-twin. Mas em 2002 a tradicional marca norte-americana tentou algo diferente.

Mais inesperado ainda foi que a Harley recorreu ao time de engenheiros alemães da Porsche para ajudar a fazer tudo isso acontecer. Curioso não é? Então confira como foi o nascimento da V-Rod.

Veja também:

Harley-Davidson e Porsche – parceria inusitada 

A história da Harley-Davidson e os motores V-twin tem registro de longa data e começou ainda em 1914. Isso lá quando a fabricante lançou o seu primeiro motor, o F-head. Até os dias atuais, os propulsores em V de dois cilindros continuam sendo um ícone para a marca. Padrão seguido nos Revolution X, de gama média de modelos, ou os grandes Milwaukee-Eight.

Harley-Davidson V-Rod

Moto da Porsche? Harley-Davidson V-Rod deixou a mídia e os clientes de boca aberta, era um produto diferente na época

Mas nem tudo sempre foi assim. Se agora a marca norte-americana tem motores que também “bebem água” – com refrigeração líquida e demais tecnologias – o passo inicial foi dado no passado. O pontapé disso aconteceu em uma parceria que cruzou o Oceano Atlântico.

No início dos anos 2000 foi que aconteceu a união de forças da musculosa e bruta Harley-Davidson com todo o refinamento e engenharia alemã da Porsche. Por mais estranho que pareça hoje em dia, o encontro nasceu para quebrar paradigmas dentro da Harley e rumar frente ao futuro da indústria.

Harley-Davidson V-Rod

Harley-Davidson foi na Europa buscar a Porsche para construir o motor da motocicleta

Moto da Porsche?

A Harley-Davidson tem um longo histórico de batalha de mercado com as motos japonesas. E no final da década de 90 não era diferente. Mas desta vez a marca competia contra muscle bikes da terra do sol nascente e mesmo oponentes de dentro dos Estados Unidos.

Com a missão de desbancar essas ameaças e seguir no topo das grandes custom, a fabricante recorreu à engenharia alemã. Da união surgiu a power cruiser V-Rod, uma revolução em termos visuais e técnicos. Isso até os mais tradicionalistas olharem abaixo do banco…

Motor da Porsche

Moto da Porsche? Não exatamente, mas V-Rod não era considerada uma verdadeira Harley aos fãs mais extremos

Sim, lá estava o primeiro motor da Harley-Davidson com auxílio da refrigeração a água. E pior – na verdade melhor – desenvolvido pela Porsche! Era o V2 de 60 graus DOHC 1.131 cc. Para a época, o resultado avaliado da obra de engenharia alemã era de 122 cv a 7.750 rpm e torque máximo de 11,9 kgf.m a 6.750 rpm.

Design rompia com a tradição!

Tamanho esforço da união da Harley com a Porsche não poderia vir embalado em um conjunto qualquer. Ou mesmo simplesmente colocado em um modelo já existente no mercado. Com isso foi criado o conceito de design da V-Rod.

Se agora, 20 anos depois do lançamento da moto, é fácil identificá-la como uma Harley, saiba que não foi assim na sua chegada. O modelo abriu uma porta totalmente nova para a fabricante. Em vez de manter uma imagem do legado H-D, ela trouxe novas ideias contemporâneas.

 Harley-Davidson V-Rod

Moto da Porsche? V-Rod rompia com tradição da Harley-Davidson em seu design

A V-Rod foi construída em um quadro tubular, usou vários componentes de alumínio, incluindo no braço oscilante e em painéis externos. O metal estava também presente nas rodas de alumínio, calçadas com pneus radiais esportivos sem câmara. Diga-se de passagem, eram verdadeiros pneus de dragster.

Na traseira o pneu era de 240 mm de largura, perfil 40 e aro de 18 polegadas de diâmetro. Outro destaque era o reluzente tanque de gasolina falso, colocado no topo do chassi, usado para guardar a caixa de ar. O reservatório real ficava localizado sob o assento. Ah, não vamos esquecer das ponteiras de escape duplas, estilizadas com linhas – desta vez – tradicionais da Harley.

Harley-Davidson V-Rod

Harley-Davidson V-Rod Screamin Eagle – Edição comemorativa aos 100 anos da marca

Harley-Davidson V-Rod

Mesmo com a resistência dos fãs e consumidores mais tradicionais da Harley, a V-Rod viveu 15 anos no catálogo da marca. Na verdade, a mídia e os clientes ficaram perplexos, mas fascinados com a inovação da fabricante americana com o motor da Porsche. Tanto que o primeiro lote da moto a sair da produção se esgotou rapidamente.

Também não era para menos. Uma motocicleta de 290 kg de peso capaz de ir de 0 a 200 km/h em 8 segundos tem lá seu charme. E essa preciosidade chegou a desembarcar no Brasil. Custava na época 100 mil reais (em 2002!!). Anos mais tarde, nos últimos meses de 2012, chegou a ser o modelo mais vendido da marca no país – com uma média de 80 unidades por mês.

V-Rod Screamin Eagle

V-Rod Screamin Eagle era edição limitada e tinha pacote especial de performance

Mas em 2018 chegou o fim da linha para a V-Rod em todo o mundo, sem grande alarme. Rumores nos meios especializados citam os padrões de emissões Euro 4 como responsáveis. Outro fator indicado era a diminuição das vendas. Enfim, foi o limite de um modelo que quebrou paradigmas na Harley-Davidson.

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também

close