MotoGP na Argentina; Horários e como assistir à corrida

0
42

É hora da MotoGP na Argentina, acelerando pela terceira etapa da temporada 2022. O já tradicional circuito Termas de Río Hondo receberá os pilotos nas datas de 1 a 4 de abril e promete ser palco de muitas emoções.

Aliás, a adrenalina começou muito antes das motos alinharem no grid. A ausência do multicampeão Marc Márquez e o atraso da chegada dos equipamentos – que ameaçou toda a organização da prova – são só alguns dos episódios que já rolaram até aqui – e os treinos começam só amanhã.

MotoGP na Argentina

Após dois anos de hiato devido a pandemia, a MotoGP está de volta a Argentina. A corrida ocorre no circuito Termas de Rio Hondo, na província de Santiago del Estero, a 1.100 km da capital Buenos Aires.

O país do tango tem tradição na motovelocidade. O primeiro Grande Prêmio da Argentina ocorreu em 1961, marcando a primeira vez que um GP foi disputado fora da Europa.

O GP da Argentina é o único da América Latina no calendário de 2022.

Como é a pista de Termas do Rio Hondo

O Circuito está localizado a 6 km da cidade que dá nome ao local. Foi construído em uma área de 150 hectares e inaugurado em  2008, durante a visita do campeonato argentino de corridas de carros de turismo. A estreia do circuito na MotoGP foi em 2014, após 15 anos de hiato de corridas no país.

Complexo do circuito sofreu com incêndio no início de 2021.

Comprimento da pista: 4,8 km;
Curvas: 14 curvas, 5 para a esquerda e 9 para a direita;
Largura da pista: 16 metros;
Reta mais longa: 1076 m;
Recorde de tempo na pista: Valentino Rossi/2015 (1’39.019);
O maior vencedor da pista: Marc Márquez com 3 vitórias;
Na MotoGP serão 25 voltas, com distância total de 120.2 km;

MotoGP sem Marc Márquez

O GP da Argentina não contará com seu último e maior vencedor, Marc Márquez. O espanhol da Honda está afastado novamente para se recuperar de um quadro de diplopia (visão dupla) após um acidente violento na sessão de aquecimento para a etapa da Indonésia (vídeo abaixo). Vale destacar que os sintomas de diplopia acompanham a carreira do espanhol.

O substituto de Márquez na Honda será o piloto de testes Stefan Bradl. O  alemão disputou 11 GPs em 2020 e outros cinco no ano passado. A última aparição de Stefan na MotoGP foi no GP do Algarve de 2021, quando completou a corrida em Portimão na 15ª colocação.

Será que o alemão substituíra a altura Marc Márquez?

MotoGP ameaçada por navios

Problemão para várias marcas, incluindo Ducati, Gresini e VR46! O cargueiro que realizava o frete dos equipamentos destas equipes estragou em alto mar, próximo ao Quênia. Ou seja, lá vem atraso. A previsão de chegada do avião é apenas na quinta, quase 5 dias depois do resto dos fretes e menos de 24 horas antes do primeiro treino livre.

Veja também

Quem são os favoritos da GP na Argentina?

Na última etapa, tivemos a estreia do circuito Mandalika International, na Indonésia. Marcada por muita chuva, o vencedor foi o português Miguel Oliveira da KTM.  Em segundo lugar chegou Fabio Quartararo (20, Yamaha) e completando o pódio, Johann Zarco (5, Ducati).

E então quem desponta como favorito para o próximo GP? Esta previsão torna-se difícil ao lembrar que o grande vencedor desta pista, Marc Márquez, estará ausente. Mas não vamos fugir da raia.

O atual líder do campeonato, Enea Bastianini (Ducati), foi impecável na estreia da temporada. Depois sofreu na Indonésia, e agora quer voltar com as boas atuações na Argentina.

Será que Pol Espergaró vai invocar o histórico do ausente Marc Márquez na Argentina?

O piloto da Yamaha Fabio Quartararo está motivado após boa corrida na Indonésia. Abre aspas para o francês: “É bom estar de volta à pista de Termas. Nenhum de nós conduziu aqui desde 2019, o que significa que estamos todos praticamente em pé de igualdade”.

Por fim, Pol Espergaró pode fazer jus ao ótimo início de campeonato da Honda e uma homenagem a Márquez se destacando neste final de semana.

Classificação da MotoGP após 2 etapas

1 – Enea Bastianini (30 pontos)
2 – Brad Binder (28)
3 – Fabio Quartararo (27)
4 – Miguel Oliveira (25)
5 – Johann Zarco (24)
6 – Pol Espargaró (20)
7 – Aleix Espargaró (20)
8 – Alex Rins (20)
9 – Joan Mir (20)
10 – Franco Morbidelli (14)
11 – Jack Miller (13)
12 – Marc Márquez (11)
13 – Darryn Binder (6)
14 – Takaai Nakagami (6)
15 – Luca Marini (5)

MotoGP na Argentina: horários e onde assistir a prova

Os direitos de transmissão do Mundial de Motovelocidade no Brasil pertencem ao Grupo Disney. Neste ano, com a reformulação dos canais ESPN e Fox Sports, a MotoGP e suas demais categorias serão transmitidas no canal ESPN 4. Além disso, as transmissões estarão disponíveis em streaming, no Star+.

Sessão Dia Horário (Brasília) Transmissão
Treino Livre 1  Sexta-feira 10h50 Star+
Treino Livre 2 Sexta-feira 15h05 ESPN 4 e Star+
Treino Livre 3 Sábado 10h50 Star+
Treino Livre 4 Sábado 14h25 ESPN 4 e Star+
Classificação Sábado 15h05 ESPN 4 e Star+
Corrida Domingo 15h ESPN 4 e Star+

Horários da Moto2 e Moto3

Fica nossa torcida para o brasileiro Diogo Moreira na Moto3! Em sua prova de estreia, no Qatar, ele defendeu bravamente uma sexta colocação. Já na corrida seguinte voou e obteve o segundo melhor tempo, que lhe garantiria largar da primeira fila no domingo. Porém, teve problemas com a equipe e acabou largando dos boxes, no fim da fila.

Moto2 Sessão Dia Horário (Brasília) Transmissão
  Treino Livre 1 Quinta-feira 09h55 Star+
  Treino Livre 2 Sexta-feira 14h10 ESPN 4 e Star+
  Treino Livre 3 Sexta-feira 09h55 Star+
  Classificação Sábado 13h30 ESPN 4 e Star+
  Corrida Domingo 13h20 ESPN 4 e Star+
         
Moto3 Sessão Dia Horário (Brasília) Transmissão
  Treino Livre 1 Quinta-feira 09h Star+
  Treino Livre 2 Sexta-feira 13h15 ESPN 4 e Star+
  Treino Livre 3 Sexta-feira 09h Star+
  Classificação Sábado 12h35 ESPN 4 e Star+
  Corrida Domingo 12h ESPN 4 e Star+

Veja mais em Motonline.com.br