HomeTestes e Reviews de MotosMotoGP vs Fórmula 1; Veja quem é mais rápido

MotoGP vs Fórmula 1; Veja quem é mais rápido

Seguindo a eterna discussão de quem é mais veloz – carro ou motocicleta – vamos trazer desta vez concorrentes de ponta. Que tal dois expoentes máximos das pistas, como um Fórmula 1 ou uma máquina da MotoGP?

Mas afinal, qual deles é mais rápido? Essa pergunta já passou na cabeça dos fãs de esporte a motor. Ou mesmo, aos que apenas ligaram a TV no domingo pela manhã e presenciaram alguns instantes de uma corrida.

Veja também:

MotoGP vs Fórmula 1

A pergunta fascina também pilotos… Que o diga Lewis Hamilton e Valentino Rossi, que trocaram de postos!

MotoGP vs Fórmula 1

Diferentes são as variantes e elementos que podem nos responder quem é o mais rápido, Fórmula 1 ou MotoGP. Entretanto, levando-se em consideração alguns dados, chegamos perto de uma solução

Como exemplo, ainda em 2014 o piloto Dani Pedrosa obteve o melhor tempo na classificação para o GP da Catalunha, com 1min40s985 a bordo da Honda na MotoGP. Mas o recorde de velocidade na pista foi do italiano Andrea Iannone, levando a Ducati a nada menos que 349,6 km/h!

MotoGP vs Fórmula 1

Dani Pedrosa foi rápido, mas não o bastante para bater o tempo da F1

No mesmo ano, o alemão Nico Rosberg marcou o tempo de 1min24s681 com a Mercedes na pista de Barcelona. Foram 16 segundos mais rápido do que as máquinas da MotoGP. Mas a velocidade máxima com os carros foi de “apenas” 325 km/h.

A força da aerodinâmica 

Mas o que explicaria essa diferença no tempo, apesar da alta velocidade das motos? Bem, o regulamento da MotoGP especifica o uso de um motores de 4 tempos, no máximo com 4 cilindros, aspirados e com capacidade cúbica de 1000cc.

Já a Fórmula 1 utiliza motores 1.6 V6 turbo, com um sistema híbrido complexo, que permite a recuperação de energia. A potência na época (2014) era semelhante, se não abaixo, mas hoje passa dos 1000 cavalos.

MotoGP vs Fórmula 1

MotoGP também leva ao máximo o estudo da aerodinâmica, mas F1 ainda vai mais longe…

Mas a verdade mesmo é que, apesar dos carros terem pneus mais largos, a aerodinâmica dos F1 permite curvas mais ousadas. É o uso extremo do popular downforce.

Os carros são maiores e utilizam esta – que parecia ser uma desvantagem – para ir além no desenvolvimento do conjunto de carenagens aerodinâmicas. Com isso ganha mais estabilidade.

Frendo para lá do Deus me livre…

Com tamanho o downforce, em circuitos como o de Valência, um carro de F1 precisava reduzir de 312 km/h para 240 km/h em determinados pontos com curvas. Já as motos reduzem de 327 km/h para 115 km/h.

MotoGP vs Fórmula 1

Pilotos precisam “segurar as motos” nas curvas…

 

 

 

 

 

Lembrando que na MotoGP o piloto precisa usar com respeito o freio há 200 metros, antes das curvas, e trabalhar com todo o corpo. O monoposto de F1 sendo mais estável, graças ao centro de gravidade baixo e aerodinâmica, permite retardar a frenagem, quando não apenas tirar o pé do acelerador.

Motos são 20, 30 segundos mais lentas

Muitos fãs, assim como o ex-piloto de F1 Gerhard Berger, elegem a MotoGP como a mais espetacular atualmente. Entretanto, os carros estão mais rápidos, em especial após o novo pacote adotado pela categoria em 2017, com pneus maiores e novas regras aerodinâmicas.

Mesmo em uma pista com menos curvas, como no Red Bull Ring, a MotoGP ficou atrás. Ainda em 2016, a moto mais rápida anotou 1mim23s142 e a Fórmula 1 registrou 1mim07s922. Mas a diferença aumentou mais atualmente…

MotoGP vs Fórmula 1

Mesmo voando baixo, Quartararo ficou muito acima do tempo dos carros da F1

Em 2020, na pista de Mugello, o piloto Lewis Hamilton anotou 1mim15s144 com sua Mercedes. Enquanto isso, neste ano o francês Fabio Quartararo fez um tempo de classificação com 1mim45s187 na moto da Yamaha. Por fim, pode ser mais lento, mas não menos fascinante.

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também

close