HomeTestes e Reviews de MotosMotos de trilha Kawasaki: 6 opções para comprar em 2021

Motos de trilha Kawasaki: 6 opções para comprar em 2021

A Kawasaki possui um catálogo de motos interessante aos clientes. Dessa forma, não poderia faltar as motos de trilha da marca. Assim, para quem prefere um lazer no enduro e off-road, mas não quer abrir mão da Kawasaki, a marca disponibiliza duas famílias para os trilheiros de plantão.

Antes de tudo, é importante entender que a Kawasaki dispõe de duas linhas de motos destinadas para fazer trilhas, KLX e KX. Mas essas duas famílias já são divididas na apresentação do catálogo da marca, sendo a KLX indicada para o enduro e off-road moderado, enquanto a KX também consegue encarar com tranquilidade desafios maiores, como pistas de motocross. 

 

Motos de trilha Kawasaki em 2021

Modelo Preço sugerido (sem frete) Uso
KLX110 R$ 13.000 Trilhas / enduro
KLX450R R$ 39.380 Trilhas / enduro
KX250 R$ 50.380 Off road pesado / Motocross
KX250X R$ 53.380 Off road pesado / Motocross
KX450 R$ 54.530 Off road pesado / Motocross
KX450X R$ 56.530 Off road pesado / Motocross

Motos de trilha Kawasaki

A Kawasaki KLX 450R não deixa à desejar nas estradas de terra

Vamos começar com a linha KLX, que tem as seguintes motos:  KLX 450R e KLX 110. A primeira, um modelo robusto e pau para toda trilha, enquanto o outro é uma moto que também não nega a vocação para o off-road. 

Dessa forma, a irmã maior KLX 450R tem um motor monocilíndrico de quatro tempos, DOHC 4 válvulas e 449 cc. O conjunto também possui Carburador Keihin FCR-MX40, ignição elétrica, enquanto a transmissão é de cinco velocidades, com embreagem multidisco, em banho de óleo.

motos de trilha

Além disso, a KLX 110 pode ser uma boa pedida para adolescentes que querem entrar no universo das competições

Na suspensão dianteira, a KLX 450R recebeu um garfo telescópico invertido e a traseira é equipada com Uni-Trak com compressão, rebote e pré-carga ajustáveis.

Já a KLX 110 tem componentes de ‘gente grande’. O modelo é equipado com um motor quatro tempos monocilíndrico de 112 cc. Assim, a KLX 110 pode garantir uma boa diversão com seu compacto combinado aos seus meros 76 quilos.

Veja também:

Linha de motocross

Assim, a diferença entre a 250 e a 250X são os itens extras que a deixa mais ‘premium’ na versão X

Para quem levou o esporte a sério, a  linha KX  é a ideal. Nessa família de motos para competições, você encontra a KX 250, KX 250X, KX 450 e KX 450X. Esses modelos possuem um currículo com bons desempenhos nas pistas. Mas o modelo KX 250 em específico conseguiu com ajuda de seu motor de quatro tempos de 249 cilindradas colecionar vitórias no AMA motocross.

Assim, a KX 450X é muito procurada por pilotos profissionais que querem uma boa entrega de potência.
(Foto: Rally Cuesta Off-Road/Divulgação)

Assim, na sua versão 250X, a Kawasaki resolveu colocar mais itens de série e incrementar o modelo. Dessa forma, a X vem com protetor de motor na parte de baixo, capa protetora na bomba d’água e protetor de disco traseiro. 

Contudo, para os pilotos que procuram por um motor maior e mais potente, a Kawasaki oferece a KX 450 e a KX 450X. Esse motor é o carro-chefe da linha KX na Kawasaki devido ao propulsor quatro tempos de 449 cc, DOHC, 4 válvulas além de um aumento de desempenho. O conjunto também conta com transmissão de cinco velocidades, nova embreagem hidráulica e guidão renthal fatbar.

motos de trilha

A linha KX é diversão garantida

Por fim, a versão X da 449 cilindradas traz itens extras, assim como os disponíveis na 250X, como, por exemplo, o protetor de disco traseiro. 

É importante ressaltar que a Kawasaki investiu em tecnologia nesses modelos de competição e instalou em toda a linha KX o controle de largada KLCM (Kawasaki Launch Control Mode). Dessa forma, esse sistema permite o ajuste através de um acionamento de botão do  mapa de potência dando tração em pisos de baixa aderência.

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também

close