HomeTestes e Reviews de MotosMuseu de motos: tem novidade em Socorro (SP)

Museu de motos: tem novidade em Socorro (SP)

O museu de motos e bicicletas ‘Centro Cultural Movimento’ localizado no município de Socorro (SP) abriu as portas para o público. Os apaixonados pelo universo das duas rodas já podem aproveitar o novo espaço dedicado à história de motos e bikes.

Assim, para visitar o espaço é necessário ir entre quarta e domingo, além de comprar o ingresso que custa R$ 20. O museu reúne 120 anos de história do setor de duas rodas no país. Dessa forma, o acervo presente no local tem documentos, fotos, troféus e alguns modelos de motos e bicicletas.

 

Museu de motos: relíquias em Socorro

Carlãozinho Coachman ao lado de Sequeira, Campeão Brasileiro de Motovelocidade em 1980

Logo na entrada do museu o público tem acesso a ‘Sala de Troféus’, que abriga as conquistas dos principais nomes do motociclismo nacional, como o Trofeo Real Consul D’Itália, conquistado por Luiz Bezzi em 1937, o troféu do Recorde de Interlagos para Motonetas, conquistado por Gualtiero Tognocchi em 1960. 

Ainda há também a conquista de Netinho,  ou Antônio Jorge Neto, o piloto que subiu ao pódio em 1983 para receber o troféu das ‘100 Milhas de Daytona’, no comando de uma Yamaha TZ 250.

Usada na Primeira Guerra MundialTriumph Type H, de 1915, também conhecida por Trusty, estará no Centro Cultural Movimento

Além disso, o visitante verá dezenas de motos e bicicletas expostas, de diversos tipos e marcas. Os modelos clássicos marcam presença, alguns fabricados no final século XIX e início do século XX, como o das marcas Zundapp, Matchless, Honda, Yamaha, BMW e Lambretta. 

Um modelo que pode roubar a cena na exposição é a Triumph Type H, de 1915, também conhecida por Trusty. Essa pequena moto foi utilizada na Primeira Guerra Mundial. Na época, as tropas de comunicação britânicas a utilizavam para levar informações aos soldados. 

Assim, a BMW R35, de 1938, também compõe a exposição no museu de Socorro (SP)

Outra moto clássica exposta é a BMW R35, de 1938, também usada na guerra, só que pelo exército alemão na Segunda Grande Guerra. Por fim, há diversos outros modelos para serem apreciados no museu das marcas como Honda, Yamaha, Norton, Vespa, entre tantas outras.

Veja também:

 

Museu de motos na antiga Estação Ferroviária

museu de motos

Assim, foi escolhido preservar a estética da antiga Estação Ferroviária da cidade

O local escolhido para receber o Centro Cultural Movimento foi a antiga Estação Ferroviária da cidade. Assim, o histórico espaço passou por uma reforma para receber o museu de motos e bicicletas. 

O estilo ferroviário inglês caiu bem para receber o museu. A arquitetura foi obra da Companhia Mogiana de Estradas de Ferro e está de pé desde 1909. Dessa forma, os idealizadores do centro preferiram manter as estruturas originais do prédio, incluindo as grossas paredes de alvenaria e o antigo madeiramento do telhado.

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também

close