HomeMotorsports.ptMXGP: A incrível estreia de Liam Everts em EMX250

MXGP: A incrível estreia de Liam Everts em EMX250

Liam Everts fez furor no passado fim-de-semana, depois de alcançar a sexta posição na geral da classe EMX250. Depois de ganhar a ronda de abertura do campeonato EMX125 (1-1), o jovem piloto decidiu disputar a ronda de abertura do campeonato EMX250, também em Valkenswaard.

O belga impressionou e superou as expectativas. Na segunda manga Everts teve um péssimo arranque que o empurrou para fora dos vinte primeiros, mas conseguiu recuperar até o sexto lugar.

“Na primeira manga não consegui o melhor arranque. Andei por volta da oitava posição, mas consegui fazer boas ultrapassagens e fui quarto durante algum tempo. Estive na luta com alguns pilotos mas o Gianluca Facchetti passou-me na última volta, por isso terminei em sétimo. Não foi um mau resultado. Na segunda manga tive um péssimo arranque, estava fora do top 20 mas comecei a seguir o Florian Lion permaneci na roda dele. Acho que ele acabou por se cansar um pouco, por isso, passei-o para terminar em sétimo. Com a penalização atribuída ao Kay (de Wolf) acabei por terminar em sexto. Não foi a maneira ideal de subir uma posição mas, terminei em sexto na geral. Estou muito feliz com isso e vou continuar a trabalhar o Grande Prémio de Espanha”, explicou o piloto.

Depois dos rumores que correram no ano passado acerca de uma possível passagem para o EMX250, Liam Everts acabou por ficar na classe EMX125. No entanto, parece que a ideia do piloto nunca foi subir, definitivamente, de categoria.

“Eu estava a ter algumas dificuldades e era ainda mais baixo nessa altura. Se eu tivesse que tomar a decisão agora, acho que teria feito o mesmo que teria escolhido fazer o mesmo que estou a fazer agora. Acho que é bom correr nas 125cc, passar algum tempo à frente e liderar as corridas para ter essa pressão atrás de mim. Ainda posso fazer algumas rondas de EMX250, e acho que correu muito bem tanto em Valkenswaard como em Matterley Basin, por isso vou continuar a trabalhar”, avançou Liam Everts.

Apesar de ainda ser muito jovem e ter muito para melhorar, o piloto belga tem ganho alguma confiança e, além disso, tem um grande modelo a seguir.

“O crescimento não tem sido muito bom para mim, mas o meu lado físico é bom e sinto-me muito bem preparado. Estou a trabalhar muito na parte técnica como o Jorge Prado também fez. Tento olhar para ele e pensar que se ele consegue por que é que eu não posso conseguir também? Para mim, ele é um modelo a seguir e isso é muito bom. Ele também é pequeno, um pouco mais baixo que os outros. No entanto, consegue fazer bem as coisas e ganha. Isso impressiona-me bastante”, disse o piloto.

A ideia para o resto da temporada será fazer algumas corridas em EMX250, principalmente depois de uma prestação tão incrível como aquela que teve em Valkenswaard.

“O Grande Prémio de Trentino foi cancelado e, mais tarde, adiado, por isso não vamos conseguir fazer essa prova. No entanto, em princípio vamos fazer o GP da Alemanha e alguns outros. Estou mesmo muito ansioso por regressar às pistas”.

Foto: Facebook Liam Everts



Veja mais em MOTORSPORTS.PT

Leia Também

close