HomeMotorsports.ptMXGP, Alemanha, Corrida 1: Prado vence após colisão com Herlings

MXGP, Alemanha, Corrida 1: Prado vence após colisão com Herlings

Foi um final dramático na 1ª manga de MXGP, com Jorge Prado a fechar constantemente a passagem a Jeffrey Herlings nas duas últimas voltas, colidindo os dois pilotos da KTM… mesmo em cima da linha de chegada!

O piloto
espanhol que é um verdadeiro especialista em partidas, fez o seu 11º holeshot
no arranque e de imediato se deu início à longa batalha com o seu colega de
equipa holandês. O terceiro era então Romain Febvre, logo seguido por outros
dois pretendentes ao título, Tony Cairoli e Tim Gajser, vindo mais atrás
Jonass, Bagger e o primeiro piloto da Yamaha Glenn Coldenhoff.

Herlings
conseguiu desalojar Prado de líder, ficando o espanhol em segundo e sob o ataque
de Febvre (Kawasaki); o nove vezes campeão Cairoli vinha em quarto, a resistir
bem à pressão de Tim Gajser.

Líder
esporádico ao contrário de outras ocasiões, o holandês voador Herlings desta
vez não descolava e isolava-se na frente, como o fizera de modo espetacular nas
areias de Riola Sardo. Em vez disso, o #84 tinha de olhar por diversas vezes
para trás, com Prado a colocar cada vez mais pressão para subir a primeiro na 3ª
volta.

Mais atrás,
Cairolli continuava pressionado pela Honda de Tim de Gajser, isto enquanto
Herlings passava a ter cada vez mais perto Febvre.

Jorge Prado
parecia um líder consistente, com uma margem de dois segundos sobre Herlings,
vindo mais recuados Febvre e Gajser numa luta intensa pelo pódio; Cairoli já
tinha 10 segundos de atraso para o líder, o espanhol de 20 anos que tem feito
uma carreira brilhante desde 2016, coletando até ao presente 35 vitórias em
Grandes Prémios.

O bom
desempenho de Prado manteve-se até à entrada nos últimos 10 minutos mais 2
voltas. O foco da corrida estava agora na luta pelo segundo lugar entre
Herlings e Gajser, mas depressa o holandês se lançou na perseguição do
companheiro de equipa. Um erro de Prado seria determinante para passar a sentir
nas costas a pressão de Herlings, determinadíssimo a defender o seu primeiro
lugar no Mundial de MXGP.

Nas duas últimas voltas, Gajser e Febvre lutam pelo último lugar do pódio que viria a pertencer ao esloveno, fechando Cairoli a classificação dos cinco primeiros.

Mas é na frente que a batalha faz vibrar o público na rápida pista alemã, com Jorge Prado a fechar a passagem a Jeffrey Herlings em todos os locais, até um choque perigoso entre os dois em linha de meta… milagrosamente sem consequências para os dois companheiros da KTM. 



Veja mais em MOTORSPORTS.PT

Leia Também

close