HomeMotorsports.ptMXGP, Holanda – Herlings: "Mal me conseguia segurar nas últimas voltas"

MXGP, Holanda – Herlings: “Mal me conseguia segurar nas últimas voltas”

O herói local Jeffrey Herlings chegou a Oss com um recorde superlativo em casa e 14 vitórias em Grandes Prémios em ambas as classes desde sua estreia em Valkenswaard em 2010. O jovem de 26 anos foi o centro das atenções para o pequeno grupo de fãs com permissão para entrar no circuito, conquistando a sua terceira pole position da temporada nos treinos cronometrados da manhã.

A primeira corrida de Herlings foi repleta de ação e drama, sobretudo quando Ivo Monticelli caiu com a roda da frente da sua moto nas costas do bravo holandês na saída da segunda curva. Herlings manteve-se em pé, suportou a dor e encontrou um ritmo constante que o puxou do 4.º lugar, através de uma batalha frenética pela liderança, para o 1.º lugar para conquistar a segunda vitória consecutiva. Já não participou na segunda manga depois de ser verificada uma pequena fratura no ombro esquerdo do piloto da KTM. 

Jeffrey Herlings: “O que posso dizer sobre hoje? Eu tinha grandes esperanças e queria um 1-1. Fiz um ótimo arranque na primeira manga mas o dispositivo de holeshot não funcionou.  O resto é história. Senti muita dor, mas pensei em continuar tentando chegar em 4º ou 5º, mas vi que ainda era capaz de chegar aos lugares da frente, então comecei a ultrapassar os meus adversários, embora mal conseguisse me segurar nas últimas três voltas. Estou com uma pequena fratura na omoplata esquerdas e ainda não sei o quanto mal está. Fizemos uma radiografia e não parece ser muito mau. Não sinto dor agora, mas correr com uma moto de motocross é uma história diferente. Farei outro check-up amanhã para saber qual a real situação da lesão.”

Fotos Ray Archer (KTM)



Veja mais em MOTORSPORTS.PT

Leia Também

close