HomeTestes e Reviews de MotosNova big trail: Ducati revela aventureira V2

Nova big trail: Ducati revela aventureira V2

A Ducati revelou a Multistrada V2, uma big trail que ficará no lugar da aventureira Multistrada 950 e promete trazer mais tecnologia e desempenho.

O modelo possui dois tipos de configuração de opcionais sendo o Essential que pode ser escolhido na versão padrão e  S (versão mais premium), enquanto o pacote Travel – com malas laterais e outros itens opcionais – pode ser encomendados apenas na versão S.

big trail

A nova big trail recebeu ajustes e novas tecnologias que prometem impulsionar o desempenho

Dessa forma, a Ducati trouxe mudanças não apenas no nome, mas uma estética que nos faz lembrar sua irmã maior, a Multistrada V4. Vamos vamos apresentar a seguir os detalhes da aventureira e o que mudou entre ela e o modelo que saiu de linha.

 

Big trail com motor e componentes atualizado

O motor é o mesmo usado na Multistrada 950, mas os ajustes potencializam os resultados

A Multistrada V2 foi equipada com o já conhecido motor bicilíndrico em “L” Testastretta 11º de 937 cc e 113 cv. Até aí, está igual a Multistrada 950. Contudo, como prometido pela Ducati, a marca mexeu no conjunto e realizou importantes refinamentos para impulsionar o desempenho do motor.

big trail

A caixa de câmbio também recebeu modificações

Dessa forma, foram colocadas novas bielas, nova embreagem hidráulica de oito discos e uma caixa de câmbio totalmente renovada. Essas modificações prometem entregar mais fluidez e precisão nas mudanças de marcha, facilitando também o engate do ponto-morto. 

Além disso, a Multistrada V2 também recebeu novo quick-shifter que tem o objetivo de entregar ao piloto trocas de marchas mais precisas e suaves ao longo da experiência de condução da aventureira.

Veja também:

Ducati aplicou dieta em novo modelo

O modelo está mais leve e esse fator deve interferir no desempenho

Isso mesmo, a Ducati fez uma ‘dieta’ no novo modelo e o apresentou com uma redução no peso, com relação a Multistrada 950. Assim, a V2 chegará ao mercado com sete quilos a menos da aventureira anterior, ou seja, um peso seco de 199 kg.

A italiana conseguiu a redução porque as atualizações dos componentes da moto ajudaram a reduzir 2kg da massa total, com 1,5kg cortado apenas da antiga embreagem presente na Multistrada 950.

O modelo também recebeu mudanças na altura, que agora está em 830 mm – mais baixa 10 mm do que o modelo que saiu de linha. E, para os baixinhos que curtem um big trail, a Ducati possibilita que a altura chegue a 790 mm através de ajustes e uso de opcionais.

 

O que não mudou

O painel de instrumentos continua o mesmo do modelo 950

A fabricante italiana optou por continuar com algumas especificações já usadas no modelo anterior. Dessa forma, o novo modelo carrega o ABS de curvas, sistema óptico que acende LEDs do farol conforme a inclinação da moto durante curvas. O painel também não recebeu mudanças, ficando o TFT de 5 polegadas colorido, sistema Hands Free e Cruise Control.

 

Preços e chegada no Brasil

A expectativa é que a Ducati no Brasil anuncie o modelo em breve

Até o momento, a Ducati não realizou pronunciamento oficial da chegada da Multistrada V2 no Brasil. Contudo, como a nova big trail ficará no lugar da Multistrada 950 – modelo presente no mercado brasileiro, a expectativa é de que em breve já estaremos com os preços e data de lançamento em solo brasileiro.

As bolsas laterais estão disponíveis na opção Travel

Por enquanto, a aventureira está sendo oferecida no exterior em sua versão padrão custando (em conversão direta) R$ 91 mil , S premium R$ 105 mil e a ‘Travel’ por R$ 113 mil. Nessa última versão o modelo vem com bolsas laterais, punhos aquecidos e suporte central que está disponível apenas para o S.

No Brasil, a Multistrada 950 teve seu preço sugerido pela marca de R$102.990 e o preço na tabela Fipe está por R$ 103.388.

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também

close