HomeTestes e Reviews de MotosNova Hornet 2022 será diferente de tudo que você já viu

Nova Hornet 2022 será diferente de tudo que você já viu

A história da Honda Hornet é repleta de conquistas, especialmente aqui no Brasil, onde bateu recordes de vendas e é procurada até hoje no mercado de usadas. E agora ‘a Vespa’ está prestes a ganhar uma nova geração, totalmente reformulada e com a missão de faz jus ao seu passado glorioso.

A Honda aproveitou o EICMA, maior salão de motos do mundo e que está ocorrendo em Milão, para apresentar seu novo conceito. Já batizado de Hornet, o produto ainda está em fase inicial de desenvolvimento e teve pouquíssimas informações reveladas. Mas já sabemos que ela será diferente de todas as Hornet vistas até aqui.

 

Honda apresenta nova Hornet 2022

Por enquanto a Honda não afirmou quando a Hornet irá voltar, tampouco quando será seu lançamento. Talvez ela venha já em 2022, ou acabe chegando apenas no ano seguinte.

  • Assista ao vídeo da nova Hornet. Repare no som ao final!

 

Também não apresentou detalhes técnicos da moto, como tipo de motor, potência ou pacote eletrônico. Tudo o que temos é uma moto conceito e um vídeo curto, publicado aqui acima.

Com base no material podemos acreditar que a nova Hornet terá motor à combustão e, pelo som, deve receber uma usina de dois cilindros em linha. Provavelmente terá entre 600 e 900 cilindradas, tamanhos que tornaram sua marca registrada no tempo que esteve em produção (no exterior houve uma Hornet 900, com motor da CBR 900 RR Fireblade).

 

Visual inédito

Além do som do motor, o visual também despertou a curiosidade do mundo inteiro. O design do conceito é agressivo, o suficiente para remeter a nakeds como as grandes Duke. Tanque volumoso, carenagens pontiagudas, farol que lembra a face de um inseto – de uma vespa, especialmente.

nova hornet 2022 - conceito

A nova Hornet chegará às lojas futuramente, mas por enquanto foi apresentada apenas como conceito. Motor deve ter de 600 a 900 cilindradas e dois cilindros em linha

Já a traseira é curta, afilada e ascendente. Lembra muito a da nova CBR 1000 RR-R Fireblade, porém a nova Hornet deve ser muito mais de que ‘uma CBR sem carenagem’. Mas estamos apenas diante de um conceito e muitas características ainda podem mudar.

 

Nova Hornet: quando será lançada e preço

Calma. A Honda acabou de revelar as primeiras imagens da nova Hornet ainda como um conceito. Ainda não sabemos como será o seu visual definitivo ou qual motor equipará a moto que estará nas lojas. Também é cedo demais para especular quanto a Hornet 2022 irá custar e se ela estará disponível no Brasil. Assim, teremos de aguardar as próximas ações da marca.

nova hornet 2022 - jogo de luz

Apresentação do conceito aconteceu hoje, na Itália. Visual agressivo remete às grandes Duke, assim como à traseira da nova CBR Fireblade. Ainda não sabemos qual será o preço da nova Hornet

Veja também:

 

Hornet foi um sucesso no Brasil

A Hornet surgiu no Japão em 1996, equipada com o motor (de quatro cilindros em linha e 40 cv) da pequena CBR 250. Logo se destacou pelo design, agressivo e minimalista ao mesmo tempo, com destaque ao belo motor exposto. Tinha traseira elevada e frente pequena, tal qual uma vespa – inseto de quem herdou o nome.

As concorrentes: briga de "cachorro grande"

Hornet surgiu no final dos anos 1990, com motor de 250. Estas eram suas principais concorrentes, Suzuki, Yamaha e Kawasaki

Em 1998 ela recebeu motor da CBR 600RR e escreveu uma história ao modelo, se tornando um sucesso em diversos mercados em poucos meses. A CB 600F Hornet chegou ao Brasil em 2005, já em sua nova geração, substituindo outro sucesso da marca por aqui, a CB 500.

Logo se tornou líder isolada do segmento. E olha que ela tinha rivais à altura, viu? Yamaha XJ6, Yamaha FZ6, Suzuki Bandit e Kawasaki Z foram algumas das rivais, em diferentes épocas.

Hornet chegou ao Brasil em 2005 e logo se tornou um sucesso de vendas. Aliás, houve uma época em que nosso mercado foi o maior consumidor do modelo em todo o mundo!

Mas ninguém era páreo para a Hornet. O modelo atacava com o eficiente motor herdado da CBR 600RR, com 4 cilindros em linha, DOHC, 600 cm³ e arrefecimento a líquido. Entregava 95 cv e 6,4 kgf.m de torque máximos, a 12 mil e 9.500 rpm. O visual remetia às Hornet dos anos 1990, com farol redondo, tanque de linhas suaves e um grande escapamento à direita do banco. Os freios, eficientes mesmo sem ter ABS, também vinham da CBR.

 

A Hornet mais potente do Brasil

Em 2009 surgia uma nova Hornet. O visual era inédito, com linhas mais modernas e inspirado na naked topo de linha da marca, CB 1000R. O motor mantinha a mesma estrutura, mas com ajustes e trocando o carburador pela injeção eletrônica ele rendia 102 cv e 6,53 kgf.m de torque, a 12.000 e 10.500 rpm. Os freios recebiam opção com ABS.

Segunda geração da Hornet era mais potente, com 102 cv, e surgiu em 2009. Também foi neste ano que o modelo bateu o recorde de vendas, com 6.136 emplacamentos. Ao todo, foram mais de 47 mil Hornet vendidas aqui

A terceira e última geração (no mercado brasileiro) surgiu em 2011, já como linha 2012. O visual recebeu diversas pequenas atualizações, ficando ainda mais próxima da CB 1000R. O painel foi integrado ao farol, a traseira ficou mais fina, as alças do garupa desapareceram. O motor foi mantido praticamente sem alterações, garantindo os mesmos números de potência.

A Hornet saiu de linha dez anos depois de chegar ao Brasil, mas entrou para história. Ainda hoje o modelo é sinônimo de esportividade e muito procurada para compra

Então a Hornet saiu de linha. Foi em 2014, seguindo um movimento global. Sua substituta foi a CB 650F, com proposta totalmente diferente. Ao invés de uma supersport nua, uma naked média progressiva, quase confortável, sem qualquer brutalidade. Também era mais barata. Em 2014 uma Hornet 0km custava R$ 34.387, enquanto uma CB 650F nova saia por apenas R$ 29.790 no ano anterior.

 

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também

close