HomeShow RadicalPerfil Honda Racing: Com bons resultados no Enduro, Enduro de Regularidade e...

Perfil Honda Racing: Com bons resultados no Enduro, Enduro de Regularidade e Motocross, seria Bruno Crivilin o piloto brasileiro mais completo da atualidade?

Piloto da equipe Honda Racing de Enduro, o capixaba Bruno Crivilin viveu mais uma intensa temporada de grandes disputas no Brasil e na Europa, no Mundial de Enduro.

Por aqui, Bruno alcançou seu 10º título nacional, em mais uma temporada com domínio absoluto da principal categoria. Enquanto isso, na Europa, o piloto conquistou o top 6 na classificação geral da categoria E2 do Mundial de Enduro, após 6 etapas disputadas por toda Europa.

Com os principais objetivos na temporada alcançados, foi a vez de Bruno se aventurar em novas modalidades, como Motocross e Enduro de Regularidade.

A 5ª e 6ª etapa do Brasileiro de Motocross, disputada em Atibaia/SP foi a primeira vez de Bruno disputando com a elite do motocross nacional, lembrando que é lá que se reúnem os principais pilotos e equipes do motocross brasileiro.

Modalidade diferente, porém, mesma moto para Bruno, que foi para as disputas com sua CRF 250RX, mostrando mais uma vez que a moto não é apenas para Cross Country ou trechos de trilha, e com ela é possível obter grandes resultados em outras modalidades.

Com a pista mais pesada, devido a chuva dos dias anteriores, Bruno alcançou o pódio, com a 3ª colocação na MX2, em sua prova de estreia na modalidade. Já na 6ª etapa, Bruno sofreu alguns imprevistos que o impediram de seguir na busca por melhores resultados.

Mas ainda assim Bruno ressalta um saldo positivo, já que o motocross não é uma modalidade para a qual ele se dedique diariamente, e conquistar um pódio diante de adversários difíceis, não é a tarefa das mais fáceis.

“Foi minha primeira experiência no motocross e espero voltar em breve. O ritmo da prova é extremamente intenso, ter ficado entre os 3 primeiros da categoria na 5ª etapa foi incrível. Eu tinha confiança no meu trabalho, mas não esperava tal resultado logo de cara, no mais, revi alguns amigos e fiz novos também, quanto as corridas é algo totalmente diferente do que vemos de fora, somente estando na prova para saber.”  

Do Motocross, Bruno seguiu para o Enduro de Regularidade, em uma das provas mais tradicionais do Brasil, o Ibitipoca Off Road.

Apesar do Enduro de Regularidade ser uma prova disputada em
trilhas, o fato de haver navegação e regularidade nos trechos, exigem ainda
mais atenção e foco.

Dividida em dois dias longos, a prova explorou trechos de muita pedra e alguns bastante travados. Bruno enfrentou uma série de imprevistos no primeiro dia, mas ainda assim concluiu. Já no segundo dia e sem problema algum, Bruno venceu a principal categoria do dia, a Elite e finalizou na 2ª colocação da classificação geral.

“Há 4 anos não competia no Enduro de Regularidade, e fiquei muito feliz com meu resultado. O Ibitipoca Off Road é uma prova fantástica, tanto na parte de percurso, quanto nas belas paisagens. Sobre as disputas, foi minha primeira experiência em fazer a navegação com o celular, mas tive problema com o meu aparelho no início do primeiro dia e então tive que navegar a moda antiga. No segundo dia, com tudo consertado consegui vencer as duas etapas do dia e finalizei como vice campeão na principal categoria, muito feliz pelo resultado em mais essa prova incrível.”

Com grandes resultados em três modalidades distintas do off road, Bruno provou ser um dos pilotos mais completos do Brasil na atualidade. Vale lembrar que Bruno disputou todas essas competições com sua CRF 250RX, apenas com alguns acertos diferentes de uma modalidade para outra, mais uma vez provando que o modelo se encaixa muito bem em qualquer desafio.

A CRF 250RX se mostrou incrível em todos esses desafios que enfrentei, as únicas mudanças que fiz foram em relação a mapas e acertos na suspensão. Para o motocross deixei a suspensão mais firme, devido aos saltos, o mapa mais agressivo, e coloquei uma roda traseira aro 19. Já no Enduro de regularidade deixei o mapa suave para enfrentar mais de 8 horas de prova em cada um dos dias e deixei a suspensão com acerto mais macio, para um desgaste menor da minha parte física. Foi um bom teste para a CRF 250RX, a cada vez me surpreendo mais com essa motocicleta incrível.”

Como principais desafios enfrentados nessa maratona de
diferentes competições, Bruno ressalta também a falta de treinos específicos e
adaptação referente a cada modalidade.

“Minha temporada, meus treinamentos e todo o trabalho que faço na temporada, é voltado ao Enduro. Por ser duas modalidades praticamente novas para mim, cheguei sem estratégias bem definidas e não preparado como gostaria, mas foi uma experiência que esperar repetir em breve.”

Continue arrastando para cima ☝☝☝ para conferir todos os patrocinadores do site   👇⚡! 

– Clicando no anuncio das empresas você é direcionado ao site da marca!



Veja mais em  

Leia Também