Pilotos russos estão proibidos de competir com motos

0
39

É oficial! As consequência do conflito entre Rússia e Ucrânia chegaram ao motociclismo. Seguindo os movimentos de países, organizações e empresas, a FIM (Federação Internacional de Motociclismo) anunciou medidas contra pilotos russos e bielorrussos. O piloto de motocross, Vsevolod Brylyako, foi o primeiro atleta de renome a sofrer as retaliações.

Pilotos russos proibidos pela FIM

O Comitê Olímpico Internacional (COI), em 28 de fevereiro deste ano, comunicou uma recomendação para a proibição de atletas russos e bielorrussos de competir em diversas modalidades. A FIM seguiu os apontamentos do comitê e suspendeu os pilotos nascidos na Rússia ou Bielorrússia de correrem nas competições internacionais de duas rodas.

Sede da FIM em Paris. A Federação seguiu as recomendações do COI.

E não para por ai. A FIM está cancelando todas etapas de Campeonatos Mundiais que seriam realizadas na Rússia, Belarus e território ucraniano. Também será removido do calendário de 2022 quaisquer seminários, reuniões de comitês e sessões de treinamento realizadas nos três países.

O órgão organizador continuará implementando essas restrições enquanto a invasão continuar. Como a guerra é um evento repleto de imprevisibilidades, novidades podem surgir com um desfecho positivo do conflito.

Veja também:

Piloto russo fora do MXGP!

O piloto russo de motocross Vsevolod Brylyako, recebeu a notícia do seu afastamento enquanto atuava. O fato ocorreu durante a realização da abertura da temporada 2022 da MXGP, em Lombardia, na Itália.

Você imaginava que, em pleno ano de 2022, um piloto seria afastado por conta de uma guerra?

Após estar presente na corrida de qualificação para o GP de Mântua, os profissionais da FIM notificaram o piloto da Honda JWR de que ele estava proibido de pilotar. Vale destacar que as suspensões de licenças se estendem à Federação Russa de Motociclismo (RMF), bem como à Federação Bielorrussa de Esportes de Motociclismo (BFMS). Além disso, todos os funcionários, especialistas, membros e agentes da RMF e BFMS atualmente trabalhando nas Comissões da FIM também estão suspensos momentaneamente.

Veja mais em Motonline.com.br