HomeTestes e Reviews de MotosProjeto prevê limitador de velocidade em motos

Projeto prevê limitador de velocidade em motos

O parlamento europeu pretende tomar medidas drásticas para reduzir o número de acidentes nas estradas. Como alternativa, é cogitado colocar um limitador de velocidade em motos que pode chegar a 30 km/h e tolerância zero para quem conduz  sob o efeito de álcool.

Dessa forma, para conseguir controlar, o projeto prevê a instalação de  Assistência Inteligente de Velocidade (ISA) nas motos. O sistema levará como base o sistema de mapas que indicará o limite de velocidade da via em que a moto está transitando.

Limitador de velocidade e outras exigências 

O projeto prevê ainda  que o ABS seja obrigatório nas motos

A princípio, as exigências recaiam apenas para os automóveis. Mas o parlamento vem cobrando da comissão europeia para que os veículos da categoria L (o que inclui as motocicletas) sejam acrescentados nas exigências. 

Dessa forma, nos carros o ISA funciona em parceria com a câmera traseira. Assim, a inteligência artificial se conecta ao Adaptive Cruise Control e ao sistema de Reconhecimento de Sinais por meio de software. 

Com a previsão de suporte com trava para o GPS Garmin é só digitar o destino e seguir as orientações

O limitador de velocidade usará dados do GPS

Tudo isso controla a posição na via em relação ao limite de velocidade que rege cada estrada. Com as motocicletas não deve ser diferente e deve utilizar o computador de bordo e o sistema de conectividade para mapear a área e controlar a velocidade de acordo com a via.

Assim, o projeto estabelece a instalação de sistemas inteligentes de limitador de velocidade em todas as motos novas, além de exigir ABS para todas as motos.  

Veja também:

Tecnologia de socorro

Assim é o sistema de socorro usado nas motos da BMW

A tecnologia eCall também é elemento que as autoridades europeias querem em todas as motos. O eCall funciona como uma assistência rápida no local do acidente. A BMW Motorrand foi a primeira fabricante de motos a oferecer o serviço como item de série.

O sistema envia as coordenadas do veículo diretamente para o centro de assistência, onde a equipe da empresa entra em contato com o socorro e envia o endereço de atendimento. Além disso, o sistema pode ser acionado manualmente em caso de falhas, para garantir um atendimento de emergência mais rápido. 

Medidas para diminuir a mortalidade

limitador de velocidade

As medidas são para diminuir o número de acidentes graves e fatais

A deputada Elena Kountoura é a responsável pelo projeto relatório que tem como objetivo diminuir a mortalidade nas estradas e rodovias até 2030. A figura política fez um apelo à Comissão e aos governos para que apliquem as medidas.

Além disso, Elena ainda enfatizou, “apliquem medidas específicas de salvamento para apoiar estes esforços, tais como limites de velocidade mais baixos, especialmente criando um limite padrão de 30 km/h para as cidades, uma transferência modal acelerada para outras formas de transporte e uma nova Agência Europeia para o Transporte Rodoviário.”

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também

close