HomeTestes e Reviews de MotosQuais são os 11 tipos de motos que existem no mercado

Quais são os 11 tipos de motos que existem no mercado

Quando falamos sobre motos e as suas diversas formas e variedades, surgem dúvidas do tipo: qual moto mais se adequa ao meu estilo? Por isso, vamos apresentar quais tipos de motos existem e o que pode ser melhor para você.

Existe moto para todo terreno, as voltadas ao off-road pesado e também aquelas luxuosas prontas para encarar longas viagens que poderiam ser exaustivas, caso a escolha do estilo fosse outra.

Nem sempre as motos obedecem especificamente a um único tipo ou categoria. A Suzuki GSX-F 650, por exemplo, é uma união entre as sport e as touring. Sem falar na sua versão naked, a Bandit 650

 

1 – Ciclomotor

tipos de motos - cinquentinha

Os ciclomotores são veículos urbanos e limitados, não podem ter mais de 50 cm³ de motor ou ultrapasar os 50 km/h. Daí o nome popular: cinquentinha

Entre 2010 e 2015 o Brasil passou pela febre das famosas cinquentinhas. Na época era possível utilizar esse veículo sem precisar ter habilitação. Contudo, algumas exigências impostas como uso de capacete e registro das cinquentinhas fizeram o uso despencar.

Bem, se você lembra de tudo isso, então sabe o que é um veículo ciclomotor! Entre os tipos de motos apresentados nessa lista, essa categoria possui propulsor com cilindrada máxima de 50 cm³ e sua velocidade máxima de fabricação não exceda a 50 km/h

Então, pode chamar de cinquentinha ou ciclomotor, mas esse tipo de moto não consegue desenvolver uma velocidade interessante,  mas é muito ágil para perímetros urbanos e deslocamentos em condomínios ou bairro.

 

2 – Cub ou Motoneta

tipos de motos - cub

Com mais de 4 milhões de unidades fabricadas no Brasil, a Biz é a cub mais famosa do Brasil. Aliás, a sigla significa ‘Cheap Urban Bike’, ou ‘motocicleta urbana barata’

A motoneta – ou cub, se preferir – é um tipo de veículo em que se pilota sentado (como numa cadeira), mas não confunda com scooter. Para ajudar a diferenciar, essa categoria deixa os pés expostos, diferente da scooter que tem sempre um tipo de apoio para os pés.

Além disso, outra característica desse veículo em relação aos demais tipos de moto é que se agrega modelos de baixa cilindrada, geralmente entre 100 cm3 e 125 cm³. A mais famosa das CUB é a Honda Biz, sucesso de vendas desde 1998.

 

3 – Custom

tipos de motos - custom

A Fat Boy 114 é uma das motos custom mais vendidas do país. Na categoria há uma série de subdivisões, como as chopper, bobber e rat

As motos custom deveriam ser sinônimo de conforto. Essa categoria é estilo e preza pelo bem estar do piloto através do assento baixo e largo, com espuma grossa e confortável. Assim, outro ponto também é a presença do comando avançado que faz com que o piloto fique com as pernas mais esticadas.

 

4 – Tipos de motos: street

tipos de motos - street

As street são uma paixão nacional desde os anos 1970. De lá para cá dominam o mercado através de modelos como as Honda CG e as Yamaha Factor e Fazer

Chegamos ao tipo mais comum das ruas: a street. Sua principal característica é a pilotagem montado (como em um cavalo) e boa parte da experiência é realizada com os pés, já que o piloto precisa frear e trocar marcha realizando comandos com os pés. Aliás, enquanto em outros mercados outras motos pequenas (como CUB e scooter) se popularizavam, no Brasil as street sempre dominaram a baixa cilindrada, numa verdadeira paixão nacional.

 

5 – Naked

tipos de motos - naked

A grosso modo, as naked são versões com motor exposto de motos carenadas. Por isso as CB Twister e Fazer 250 não são naked, enquanto as MT 03 e CB 500F sim. Irmã da Ninja, a Z650 da foto também é

Já na categoria das nakeds, as motos são mais potentes, variando entre média e alta cilindradas. São, basicamente, versões sem carenagem de motos esportivas. Para a Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares), elas têm ‘motor propositalmente exposto e de alto desempenho’.

 

6 – Tipos de motos: off-road 

tipos de motos - off road

Assim como a CRF 250F, as demais motos off road são destinadas exclusivamente ao uso longe de vias públicas

As motos off-road são destinadas ao uso exclusivo em pisos não pavimentados e fora de estrada. Ou seja, não são homologadas para rodar em vias públicas e são comumente encontradas em competições na terra, como Enduro, Motocross e Rali.

 

7- Trail

As trail também são chamadas de ‘motos de uso misto’ ou ‘on/off-road’. Outro nome comum é ‘dual purpose’. Tudo isto para dizer a mesma coisa: são motos que se dão bem no asfalto e longe dele

As motos trail têm rodas de aros grandes, suspensão de curso alongado e DNA aventureiro. Assim, se saem bem tanto em estradas de chão quanto em ruas esburacadas. São motos todo terreno.

De tamanho limitado, essas motos geralmente oferecem um baixo custo ao dono, tanto em manutenção como em combustível. Dois bons exemplos são a Bros da Honda e a Yamaha Crosser, assim como as XRE 300 e Lander 250.

Itu reuniu pilotos de Supermoto, junto de convidados especiais, da motovelocidade e motocross

As motos trail, assim como as off road, também têm suas variações. Entre elas estão as Supermoto (ou fun bike), com rodas menores e pneus de asfalto

 

Tipos de motos: as aventureiras Big Trail

Big ou maxxi trail, chame como quiser. Estas são motos de alta cilindrada e prontas para aventuras sobre ou longe do asfalto

Contudo, a big trail já entrega seu potencial pelo nome: uma grande moto aventureira. Assim, como a trail essa categoria oferece a opção de uso dentro e fora da estrada só que em motos de alta cilindrada. Desta forma os modelos são altos, com suspensão robusta e confortável, para-brisa e, atualmente, belos pacotes eletrônicos.

 

9 – Tipos de motos: scooter

Essa categoria  podemos distinguir de todas as outras facilmente. Pois, para pilotar as scooters piloto vai sentado como nas Cubs ou motonetas, contudo, os dois pés ficam protegidos dentro da carenagem e nas motocicletas o piloto vai montado e não sentado. Outra característica está no câmbio, já que os scooter são invariavelmente automáticos.

tipos de moto - scooter

Os scooter são fáceis de serem identificados, graças a características como posição de pilotagem, apoio aos pés e câmbio automático. Também têm variações, como os maxi ou os touring

 

10 – Esportiva

tipos de motos - sport

Tá no nome: as esportivas são motos pensadas ao uso esportivo, neste caso à prática da motovelocidade. Apesar disso, a grande maioria é homologada para as ruas. Aqui, a bela Kawasaki ZX-6R

Ah, as esportivas! Essa categoria pode ocasionar fortes sintomas de cobiça. Brincadeiras à parte, as motos esportivas possuem como característica a adoção de carenagens que favorecem uma boa aerodinâmica, além do uso de motores de alto desempenho.

tipos de motos

A adoção de grandes carenagens e de motores de alto desempenho facilitam a missão de identificar uma esportiva. A R3 é a única Yamaha da categoria à venda no Brasil

Além disso, a posição de pilotagem dessas motos é adiantada ao guidão fazendo com que o piloto fique mais deitado para conduzir a esportiva – ou seja, nem pense em conforto para o garupa. Quando a esportiva tem média cilindrada (cerca de 600 cm³) é considerada uma supersort, ao passo que as motos de alta cilindrada (1000 cm³) são chamadas de superesportivas – ou superbike.

 

11 – Tipos de motos: touring

tipos de motos

E esta é a Road King Classic, uma moto Harley-Davidson do segmento touring

Se você é amante de motos e quer aliá-la a longas viagens, a categoria touring é a ideal para você. Essas motos são equipadas com motor potente, tecnologia embarcada de ponta e conforto de carros luxuosos. 

A Honda Gold Wing também é uma touring e possui freio de mão e marcha ré

Assim, um bom exemplo dessa categoria é a Honda Gold Wing. Recentemente rodamos mais de 2.200 km para testar todo seu conforto, tecnologia e você pode conferir toda a avaliação da touring e entender a dinâmica da moto ideal para praticar mototurismo.

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também

close