HomeTestes e Reviews de MotosQual a moto mais roubada do Brasil? Veja o índice no país

Qual a moto mais roubada do Brasil? Veja o índice no país

Mais de 17 mil motocicletas foram roubadas somente no estado de São Paulo entre janeiro e julho deste ano. Isto considerando apenas motos que tenham seguro privado.

A estatística da maior metrópole do país assusta a qualquer motociclista. Com isso, resolvemos olhar mais a fundo e saber mais detalhes, além de descobrir qual a moto mais roubada do Brasil.

 

Registros de moto roubada em São Paulo

No estado mais populoso do país, São Paulo, a frota de motos beira as 5 milhões. Destas, 17.957 foram roubadas ou furtadas somente no primeiro semestre de 2021. Pode até parecer pouco frente ao total que circula nas ruas, mas é um número equivalente à população da cidade nascente do rio Tietê, Salesópolis.

Além disto, significa 85 sinistros de furto ou roubo por dia, média de 3,5 a cada hora. Se preferir, podemos dizer que no estado de São Paulo uma moto é roubada a cada 17 minutos.

Moto roubada

Mais de 17 mil motociclistas foram vítimas de sinistro de suas motos em SP. Isto considerando apenas motos seguradas!

Destes registros, a maior parte dos crimes ocorreu na capital. Outro dado que pode ser conferido, é que diferente do que acontece com carros, no caso das motocicletas grande parte dos modelos sinistrados tem até dez anos de uso. Com isso, percebe-se que os ladrões focam em motos mais novas.

Todas estas informações foram apuradas pela Ituran, uma empresa de rastreamento veicular, com base em dados atribuídos à Secretaria da Segurança Pública do governo paulista. Além disso, a companhia listou as dez motocicletas mais roubadas ou furtadas no Estado de São Paulo durante o primeiro semestre do ano.

Moto roubada ou furtada no Estado de SP 2021

1 – Honda CG 160 – 3.460 unidades
2 – Honda CG 150 – 2.252
3 – Honda CG 125 – 1.798
4 – Yamaha Fazer 250 – 927
5 – Honda PCX 150 – 877
6 – Honda CBX 250 Twister – 849
7 – Honda XRE 300 – 738
8 – Honda CB 300R – 409
9 – Yamaha Factor YBR125 – 392
10 – Honda Lead 110 – 207

Moto roubada: Honda CG 160 é atualmente a campeã em números, tanto de vendas quanto de sinistros

A Honda CG 160 é muito roubada?

É claro que a Honda CG 160 é a moto mais roubada do Brasil em números totais, afinal também é (de muito longe) o modelo mais vendido por aqui. Só em 2021 ela já emplacou mais de 280 mil unidades, sendo que pouco mais de 1 milhão de motocicletas já foram comercializadas no calendário.

Por isso é equivocado dizer que ‘a CG é a moto mais visada para roubo’, umas vez o grande número de sinistros se dá pela imensa quantidade circulante do modelos nas ruas. Vale lembrar que ela chegou a registrar a marca de uma unidade vendida a cada 40 segundos!

 

Como é feito o cálculo

Para uma avaliação mais correta, devemos então avaliar a proporção de motos expostas nas ruas e os registros de sinistros. Sempre lembrando que uma amostra pequena pode enganar.

moto roubada

Susep apresenta quais as motos mais roubadas em diferentes regiões do país, mas considera apenas motocicletas com seguro. Além disso, apresenta marca e porte ao invés de citar modelos específicos (como ‘Honda de até 450cc’, por exemplo)

Por isto citamos aqui dados da Superintendência de Seguros Privados (SUSEP). Ela tem em seu sistema estatísticas de roubos/furtos de veículos segurados no mercado brasileiro. O valor do índice de roubo é obtido pela divisão entre o número de sinistros ocorridos e o número de veículos expostos (segurados) na região de ocorrência do sinistro.

Desta forma, os índices apresentados foram apurados a partir das apólices vigentes e dos sinistros ocorridos. Tudo isso informado pelo mercado segurador no último envio semestral dos dados de seguro de automóveis e motos. Um ponto negativo da fórmula é não citar modelos específicos, apenas marcas e porte das motos. Por exemplo, ‘Honda de até 450 cc’.

 

Dados oficiais sobre roubo de motos

O objetivo, segundo o órgão, é manter o consumidor informado, dando transparência à operação de seguros. Além disso, os números servem de baliza para os preços praticados no mercado de veículos segurados. Lembrando que a SUSEP é uma autarquia da Administração Pública Federal Brasileira, responsável pela autorização, controle e fiscalização dos mercados de seguros e resseguros no Brasil.

No âmbito dos seguros, ela fiscaliza tanto os privados como os públicos obrigatórios, tais como o DPVAT. Atualmente a composição dos mercados supervisionados pela SUSEP possui 123 Sociedades Seguradoras e 119 Resseguradoras.

 

Moto roubada: quais os modelos preferidos ‘deles’

Entre as motos com seguro, o maior número de registros no país, segundo dados da SUSEP, apontou as motos da Honda e de até 450 cc como as mais envolvidas em caso de sinistro. Mas, as Yamaha de até 450cc tomam a ponta ao considerarmos a proporção de motos nas ruas e unidades roubadas.

Modelo (*) Índice de Roubos/Furtos (%) Veículos Expostos N° de Sinistros
HONDA MOTOS ATÉ 450CC 2,367 185.301 4.387
YAMAHA MOTOS ATÉ 450CC 2,661 60.917 1.621
BMW – MOTOS TODAS 2,114 15.938 337
HONDA MOTOS ACIMA DE 450CC 1,611 16.572 267
SUZUKI MOTOS ACIMA DE 450CC 1,73 9.017 156

 

Curiosamente as motos da Yamaha até 450 cc tem o maior índice entre as seguradas com roubo/furto no país

 

 

 

O registro de sinistros de motos seguradas pelo país

Em estados como o Amazonas, Bahia e na capital federal Brasília, as motocicletas da Honda até 450 cc são as que apresentam os maiores registros de furto e roubo. O mesmo pode ser observado em estados como o Rio Grande do Sul. No entanto, a marca japonesa não apresenta os maiores índices de sinistros, segundo dados da SUSEP. Isso, claro, devido à grande quantidade de motos da marca nas ruas.

Mais do que um transporte ou laser, moto também é um bem valioso a grande parte dos motociclistas…

 

 

Já em grandes centros urbanos como a região metropolitana de São Paulo, vemos o seguinte registro, levando em consideração a quantidade exposta e com seguro:

Modelo (*) Índice de Roubos/Furtos (%) Veículos Expostos N° de Sinistros
HONDA MOTOS ATÉ 450CC 7,249 21.162 1.534
YAMAHA MOTOS ATÉ 450CC 5,28 17.841 942
DAFRA 3,079 3.703 114
HONDA MOTOS ACIMA DE 450CC 3,284 3.045 100
SUZUKI MOTOS ACIMA DE 450CC 3,18 2.390 76

Moto roubada: mesmo com número considerável em circulação, registro de Harley sinistradas foi relativamente baixo no RJ

 

Já na região metropolitana do estado do Rio de Janeiro vemos um panorama diferente, frente ao número total de motocicletas expostas e cobertas com seguro. Um detalhe interessante de notar é a quantidade relativamente baixa de sinistros dos modelos Harley-Davidson, frente ao seu número elevado encontrado.

Modelo (*) Índice de Roubos/Furtos (%) Veículos Expostos N° de Sinistros
YAMAHA MOTOS ATE 450CC 6,363 5.076 323
HONDA MOTOS ATE 450CC 4,543 3.895 177
HARLEY-DAVIDSON MOTOS – TODAS 0,358 1.398 5
BMW – MOTOS TODAS 4,77 880 42
HONDA MOTOS ACIMA DE 450CC 6,417 607 39

 

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também