HomeMotorsports.ptRali de Marrocos, 2021, Etapa 5 – Ruben Faria: "Agora vamos trabalhar...

Rali de Marrocos, 2021, Etapa 5 – Ruben Faria: “Agora vamos trabalhar e tentar vencer o Dakar”

O Rali de Marrocos termina com um excelente resultado para a
Monster Energy Honda. No último dia do rali, Pablo Quintanilla derrotou os seus
rivais e conquistou a vitória na última etapa e subiu ao degrau mais alto do
pódio.

O principal objetivo da equipa ao participar desta quarta corrida do Campeonato do Mundo de Cross-Country Rallies era fazer a maior quilometragem possível no deserto com os seus quatro pilotos, antes da próxima participação da Honda HRC no Rally Dakar.

A equipa conseguiu confirmar que, tanto o alto nível dos pilotos como o desempenho da moto Honda CRF450 Rally segue na trajectória positiva das últimas temporadas. Ruben Faria, também ele um ex-piloto luso de créditos firmados nos ralis, dá a sua visão sobre a prova da equipa que dirige.

Ruben Faria (Director de equipa):

“O rali terminou com uma etapa final muito fácil. Quando começamos este rali sabíamos que seria muito difícil. Esperávamos que esta última etapa fosse decisiva, mas tudo mudou com o percurso encurtado: sem dunas e muita poeira na pista. Quem começou atrás não teve qualquer hipótese.

O Pablo tinha na cabeça que precisava atacar para ganhar a corrida. No final, tudo correu como planeado e ele terminou em primeiro na classificação. Queríamos o Ricky no pódio, mas com a mudança de etapa vimos que era impossível e no final ele terminou em quarto.

O Nacho Cornejo caiu ontem e terminou em décimo. Não descreve a boa corrida que fez até ontem, mas conseguiu terminar o rali, que era o seu principal objetivo. O Joan Barreda fez um bom rali, acho que ele foi o piloto mais forte mas cometeu um erro de navegação na terceira etapa e, com a penalidade, pagou caro, terminando em décimo primeiro.

Para finalizar, gostaria apenas de enfatizar que esta foi uma corrida que não tínhamos que vencer, mas foi uma forma de aproximar todos: pilotos, motos e equipa. Queríamos terminar o rali com todos os pilotos, não queríamos nenhuma queda, só queríamos trabalhar na navegação. É por isso que saímos daqui muito felizes, com a equipa e com a moto.

Agora vamos nos concentrar em trabalhar, trabalhar e chegar ao Dakar e tentar vencê-lo pelo terceiro ano consecutivo.”

ETAPA 5 (SS 291 KM)

1º Pablo Quintanilla

2º Ricky Brabec + 00’17 ‘

3º Daniel
Sanders + 00’18’

4º Toby
Price + 00’37 ‘

5º Ross Branch + 00’37’

CLASSIFICAÇÃO FINAL

1º Pablo Quintanilla

2º Matthias
Walkner + 01’59 ‘

3º Daniel
Sanders + 05’27’

4º Ricky Brabec + 07’14 ‘

5º Adrien Van Beveren + 18’01’



Veja mais em MOTORSPORTS.PT

Leia Também

close