HomeRevista PróRoyal Enfield organiza expedição ao Pólo Sul

Royal Enfield organiza expedição ao Pólo Sul

A Royal Enfield anunciou que irá liderar uma expedição inédita de moto com objetivo de chegar ao pólo sul. A expedição está sendo realizada como uma homenagem aos 120 anos de jornada da Royal Enfield no mundo.

A Royal Enfield é a marca de motocicletas mais antiga do mundo em produção contínua desde 1901. Por 120 anos, a empresa manteve o legado de construir motos clássicas, simples e autênticas que são envolventes e divertidas de se pilotar. Com o passar dos anos a empresa promoveu testes em terrenos difíceis e obteve grandes resultados que testaram a resistência do homem e da máquina, ao mesmo tempo que se manteve relevante no mercado, criando valor e desejo ao produto através dos tempos. Agora, para comemorar os 120 anos construindo a cultura do motociclismo puro, a Royal Enfield marcará 2021 com uma tentativa ambiciosa de expandir os limites das possibilidades do motociclismo.

A empresa realizará uma expedição de moto no Royal Enfield Himalayan, para tentar chegar ao Pólo Sul geográfico, a partir da plataforma de gelo de Ross via Geleira Leverett. 90 graus ao sul – “Quest for the Pole” é conceituado como um tributo ao compromisso da marca com o motociclismo puro e à coragem e resiliência de inúmeros pilotos e exploradores que fizeram história com suas jornadas de motociclismo. O sul de 90 graus será uma tentativa ambiciosa da Royal Enfield ir aonde nenhuma motocicleta jamais esteve antes.

Esta expedição única começará na Cidade do Cabo, África do Sul, em 26 de novembro de 2021, e tentará alcançar o Pólo Sul geográfico, desde a Plataforma de Gelo Ross, via Geleira Leverett, até a estação Pólo Amundsen-Scott. Dois pilotos da Royal Enfield, ou seja, Santhosh Vijay Kumar, Lead – Rides & Community, e Dean Coxson, Engenheiro Sênior – Desenvolvimento de Produto, participarão desta expedição de 39 dias atravessando a Antártica em um passeio de 770 km de Ross  Plataforma de gelo para o Pólo Sul. Será conduzido em estreita parceria com a Arctic Trucks e em duas Royal Enfield Himalayans construídos especialmente para este desafio.  

Para esta expedição, duas Himalayans foram modificadas para conter atualizações funcionais capazes de navegar na neve e no gelo para funcionar habilmente sob condições extremas na Antártica. Para maior torque na roda traseira, o pinhão da Himalaya foi alterado para 13 dentes, em vez de 15 que já vem originalmente na moto. Além disso, a motocicleta recebe uma configuração com pneus cravejados e sem câmaras, permitindo assim funcionarem em pressões muito baixas, proporcionando maior controle durante a neve macia, ao mesmo tempo que uma tração adequada em gelo duro.  

A Himalaya foi testaa para esta jornada árdua e traiçoeira na geleira Langjokull, na Islândia, com a intenção de simular as condições a serem enfrentadas também na Antártica.

Falando sobre o ano marcante para Royal Enfield e a tentativa de expedição, Siddhartha Lal, Diretor Executivo da Eicher Motors Ltd, disse: “120 anos é um longo legado para a marca e estamos muito felizes por tê-lo feito valer. Ao longo desses anos, criamos e cultivamos uma cultura próspera de pilotagem e exploração em todo o mundo. Essa busca pela exploração tem sido uma parte importante de nosso DNA, e o projeto 90° Sul é outro capítulo em nossa série de aventuras épicas e extraordinárias. No passado, passeios como o Himalayan Odyssey abriram caminho para outras aventuras na cordilheira do Himalaya e uma expedição épica como esta ao Pólo Sul, que vai inspirar ainda mais as pessoas a se tornarem aventureiras novamente. Um teste de resistência e perseverança para o homem e a máquina, esta expedição é a primeira tentativa desse tipo a percorrer uma longa rota de 770 km até o Pólo Sul em uma motocicleta.”



Veja mais em Revista Pró

Leia Também

close