HomeTestes e Reviews de MotosRS-X 150, o novo scooter Honda esportivo

RS-X 150, o novo scooter Honda esportivo

O mercado asiático é um ótimo termômetro para lançar produtos. E o novo scooter Honda é mais uma aposta: trata-se de um scooter de estilo esportivo. O novo modelo se chama RS-X, tem 150 cc, quase 16 cv e pesa apenas 122 kg. 

A ideia da novidade é unir o visual esportivo de motos tradicionais com o conforto e praticidade de um scooter. Assim, motos que mesclam características de ciclomotores com scooters são muito populares na Ásia. Desta forma, o RS-X chega para dar um upgrade no mercado e tentar conquistar o público mais jovem. 

Dessa forma, o modelo carrega um toque esportivo que pode fazer sucesso na Ásia

Veja também:

Scooter Honda: como é o novo esportivo

Não espere números de superbike neste scooter Honda 150. Afinal, é ‘ápenas’ um modelo urbano com uma leve inspiração nos modelos mais rápidos da marca. Mas, convenhamos, o resultado ficou bem interessante.

Para fazer jus à proposta esportiva, ele é movido por um motor de um cilindro, DOHC (com 4 válvulas), de 149,2 cm³ e arrefecimento a líquido, que entrega 15,8 cv e 1,3 kgf.m de potência e torque máximos. Para comparação, a novidade é 20% mais potente que um scooter urbano tradicional. O PCX 150, por exemplo, gera 13 cv.

scooter honda 150 motor

Motor tem arrefecimento a líquido, quatro válvulas e 149 cm³. Assim, entrega cerca de 20% mais potência que alguns concorrentes, digamos, menos esportivos

 

Visual inspirado na linha CBR

No design, a primeira coisa que chama a atenção são as duas grandes rodas de liga leve. Com aro 17 polegadas e pneus sem câmara, elas garantem uma ciclística ‘de moto’, e mais estável, ao scooter.

scooter honda

Suas rodas são de liga leve, de 17 polegadas e pneus sem câmara de ar

Já os freios são disco nas duas rodas, com ABS de canal único. Partindo para a suspensão, o novo scooter Honda 2021 vem com garfos telescópicos na dianteira e suspensão monoshock com ajuste de pré-carga atrás.

Além disso, o modelo também conta com carenagens mais agressivas, repletas de ângulos e vincos, e um duplo farol em LED. Por fim, o painel de instrumentos é digital.

Todo o conceito visual é inspirado na CBR, família de motos esportivas da Honda, o que fica claro até nos raios das rodas. Por isso, o novo scooter 150 estará disponível nas cores azul, amarelo e vermelho. 

 

Novo scooter Honda não deve vir ao Brasil

Por fim, a Malásia vai receber o modelo disponível em três opções de cores

O primeiro mercado a receber o novo scooter Honda RS-X é a Malásia. O modelo desembarca no país asiático em 2022, custando RM 8.688 – cerca de R$ 11.700 em conversão direta. Caso o modelo caia nas graças do público, a Honda deve oferecê-lo em outros países da Ásia logo na sequência.

Já a disponibilidade em outros continentes é mais delicada graças a uma série de questões locais. Entre elas, o fato de scooter esportivos serem raros. A vinda ao Brasil é ainda mais improvável, pois nenhum modelo vendido aqui compartilha o motor ou plataforma com o RS-X, além da marca já ter uma estratégia consolidada no nicho dos scooter. Mas não custa sonhar.

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também

close