HomeTestes e Reviews de MotosScooter aventureiro: terceiro modelo entra na disputa

Scooter aventureiro: terceiro modelo entra na disputa

Mais uma novidade do Salão de Milão (EICMA), mostrando que a ideia de um scooter aventureiro parece ter caído no gosto do público. Dessa forma, a Sym, marca que tem a Dafra como parceira no Brasil, apresentou a nova Husky ADV 150, rival direto de modelos como Honda ADV, Dayang ADV 150 e o Aprilia SR GT 125.

O modelo recebeu um design moderno e agressivo que vem sendo tendência entre os scooters aventureiros

 

Novo scooter aventureiro, da Sym

Esse  estilo de scooter vem em uma forte crescente por entregar praticidade na hora de pilotar, já que não precisa fazer a troca de marcha, além da vocação aventureira que entrega versatilidade. Por enquanto, ainda não foi revelado o preço do modelo ou em quais países será comercializado.

Veja também:

1 – Visual agressivo

scooter aventureiro

O modelo conta com um moderno painel TFT colorido

Seguindo a tendência da concorrência, a nova ADV 150 tem um visual agressivo e marcante bem similar a Honda ADV. Assim, para fazer companhia às carenagens com suas curvas, a iluminação do modelo é toda em LED com faróis fininhos e expressivos. 

Além disso, a fabricante de Taiwan escolheu equipar o modelo com LED em toda a sua iluminação

Assim, para não perder o tom moderno, o modelo também conta um pára-brisa com altura ajustável e um painel de instrumentos TFT  colorido que possui ajuste automático de brilho. Além disso, o scooter conta com uma tomada USB  para carregamento rápido do smartphone.

 

2 – Motor do scooter aventureiro

Seu motor tem exatos 150 cc e chega para competir com rivais como a Honda ADV 150

A fabricante de Taiwan colocou na Husky ADV 150 um motor de 150 cc, monocilíndrico, 4 tempos, SOHC, 4 válvulas e refrigerado a líquido. Continuando nos números, a potência máxima chega a 14,4 cv a 7.500 rpm e torque pode ir até 1,47 kfgm a 6.000 rpm.

 

3 – Componentes do novo modelo

Por fim, as rodas são de 13 polegadas e o tanque comporta 15 litros de combustível

Ao contrário da Honda que usa a suspensão Twin Subtank Showa na parte de trás, o scooter da Sym conta com monoshock na traseira, garfo telescópico na dianteira e o Sistema de Suspensão do Motor Anti-Lift (ALEH). Assim, esse sistema promete deixar o scooter mais estável nas pistas e, com isso, dar mais segurança. 

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também