HomeTestes e Reviews de MotosTeste CB 500X põe à prova consumo e desempenho

Teste CB 500X põe à prova consumo e desempenho

No Brasil, a linha da CB 500 é composta por uma naked e uma crossover. Assim, a escolhida para ser testada foi a CB 500X, com vocação para o uso misto. Dessa forma, vamos falar os pontos positivos e no que a crossover deixou a desejar.

O modelo da Honda está desde 2013 no mercado e consegue a conquistar o público que precisa de uma moto de média cilindrada versátil. Por isso, pilotar a CB 500X sempre foi minha vontade desde o seu lançamento por ser uma opção meio estrada, meio off-road, um passo acima das 250 a 300 cilindradas.

Testamos o modelo no off-road para ver seu desempenho versátil em ação

Assim, a crossover me chamava atenção pela posição de pilotagem, facilidade em fazer curvas, suspensão mais alta e possibilidade de um off-road leve. Porém, a 500X não oferece todas essas opções, tendo em vista que ela é uma crossover, a parte do off-road leve deixou um pouco a desejar, mas isso não desabona o modelo e vamos explicar o porquê.

 

Teste CB 500X: primeiras impressões

A CB 500X encara bem estradas asfaltadas e grandes rodovias

Ao primeiro olhar, ela transmite ser uma moto ágil, leve e boa de guiar. O modelo possui um assento não muito alto do solo (834 mm) e um banco que parece ser muito bom. Assim, ao subir na moto, observa-se que realmente ela não é tão alta, sendo fácil e leve para retirar do cavalete lateral. 

Ao virar a chave, o painel blackout em LCD se mostra bonito mas com o sol dificulta a sua leitura. Mesmo assim, ele é completo e elegante, apresentando tacômetro, relógio, velocímetro, medidor de temperatura do líquido de arrefecimento, medidor de combustível, hodômetro total e dois parciais. 

O farol em LED ilumina bem, mesmo durante o dia é possível ver sua luz nas placas da estrada

Não para por aí, o painel também tem indicador de posição de marcha, consumo atual de combustível, consumo médio de combustível, velocidade média, tempo percorrido, consumo de combustível reserva e dois botões para controlar e acessar essas informações.

Prosseguindo, quando engatamos a primeira marcha, nota-se um câmbio macio e preciso. A posição das pedaleiras deixam os joelhos muito dobrados, o que pode incomodar em deslocamentos mais longos. 

Mas os comandos estão bem posicionados e de fácil alcance. Assim, sua aceleração bruta pode assustar principiantes ou distraídos pois seu torque está logo ali à mão (literalmente) e seus freios foram redimensionados para segurar essa empolgação toda.  

 

Comportamento na estrada

O modelo é feito para enfrentar off-road leve

Sabemos que hoje o mercado está em falta com motocicletas nessa faixa de cilindrada, deixando a Honda com a família CB 500 nadar praticamente sozinha por águas pouco exploradas pela concorrência. Dessa forma, a 500X  é uma moto voltada para pequenas viagens e aventuras em off-road leve, bem leve.

Assim, colocamos o modelo para pegar a estrada e rodar 825 km entre São Paulo e Igaratá. Para chegar ao destino, pegamos um trânsito travado da Av. dos Bandeirantes (quem é de SP sabe muito bem como é) e a moto se deu bem nos corredores apertados, pois sua altura e largura do guidão são bem favoráveis e entregam agilidade, sendo confortável graças ao banco e a suspensão bem calibrada.

Seus freios são bem dimensionados, o ABS quando necessário atende perfeitamente

Já na estrada, suas três primeiras marchas são bem fortes, seu torque está sempre à disposição e mesmo em sexta marcha é fácil aumentar sua velocidade sem precisar reduzir. Assim, o modelo anda muito bem na estrada, sua posição de pilotagem com as pedaleiras pouco recuadas nos fazem assumir uma postura mais esportiva, porém, não é cansativa.

Veja também:

Conforto e turbulências na viagem 

cb 500x

A bolha original não tira a turbulência provocada pelo vento

Seu banco largo e confortável e a suspensão traseira mais macia permitem que o corpo não se canse tão rápido porque conseguimos manter as costas eretas e em algum momento mudar para uma posição mais agressiva e acelerar como se estivéssemos numa moto esportiva. 

O que incomodou muito foi a turbulência que a bolha manda para o topo do capacete e não nos deixa escutar nada além disso. Mesmo mudando a posição da bolha (que é feita de forma manual e precisa de ferramentas) e usando outro capacete o barulho ainda incomoda.

Teste: consumo da CB 500X 2021

cb 500x

O painel apresenta o consumo da moto ao longo da viagem

Partindo para o consumo, de acordo com o computador de bordo da 500X, o melhor desempenho obtido no trajeto foi de 35 km/litro, enquanto o pior foi de 29 km/litro, sendo os dois dados contabilizados na estrada. Já na cidade, conseguimos uma média de 23,4 km/litro, levando em consideração o trânsito caótico, até que a crossover se saiu bem.

 

Motor e potência da CB 500X 2021

cb 500x

O propulsor possui potência e torque suficientes para oferecer uma viagem confortável

O motor é o já conhecido bicilíndrico, de 471 cm³, DOHC e arrefecimento a líquido. Ele produz 48 cv a 8.600 rpm e torque de 4,5 kgf.m a 6.500 giros. Dessa forma, a crossover tem potência e torque suficientes para fazer uma viagem tranquila e segura. A embreagem leve – e assistida – e o câmbio bem preciso aumentam a diversão na pilotagem.

cb 500x

As suspensões são ajustáveis, dianteira e traseira, mas são necessárias ferramentas

Assim, o conjunto traz um ronco grave e baixo (o que eu gostei muito). Porém, na estrada o que se ouve mais é a turbulência gerada pela bolha. Já a suspensão macia é garantida pelo garfo dianteiro convencional com 150 mm de curso, enqunato na traseira há monoamortecedor com 135 mm de curso. As suspensões possuem regulagem na pré-carga da mola e a traseira tem a regulagem ligada ao sistema Pro-Link. 

 

Preço e impressões finais

A crossover chega como uma opção de médica cilindrada de uso versátil

Atualmente, o preço sugerido pela Honda na CB 500X é de R$ 34.460, enquanto o preço na tabela Fipe é de R$ 39.430. No geral, é uma excelente moto para um upgrade antes de entrar para o mundo das big trail ou das grandes crossover.

A CB 500X vai muito bem na cidade, encara pequenas viagens (de preferência por asfalto), não nega fogo em uma estrada de terra batida e, claro, tem um preço bem menos proibitivo que as 850/900 cilindradas zero quilômetro.

qual é o preço da cb 500x 2021

A Honda CB 500X tem preço médio nas concessionárias, de acordo com a Tabela Fipe, beirando os R$ 40 mil

Para sua proposta de uso, ela atende bem e com todos esses pontos positivos vem ganhando cada vez mais admiradores. No entanto, o que sentimos falta de um cavalete central e uma tomada USB, tendo em vista que há um espaço entre a carenagem e o lado esquerdo do painel de instrumentos. Na ‘nossa’ 500x, instalaríamos estes acessórios.

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também

close