HomeTestes e Reviews de MotosTop7 motos custom mais baratas do Brasil em 2021

Top7 motos custom mais baratas do Brasil em 2021

Entre os 11 tipos de motos que apresentamos recentemente aqui no Motonline, a custom esbanja conforto e personalidade. Por isso, para quem quer agregar estilo ao dia a dia, separamos um top7 motos custom mais baratas do Brasil em 2021.

Motos custom mais baratas de 2021

Assim, o estilo da custom é acompanhado de assento baixo e largo, com espuma grossa e confortável, além da facilidade em personalizar os mais variados componentes. Dessa forma, para compor o nosso top7, levamos em consideração o preço da tabela Fipe para que se aproxime mais do valor cobrado nas concessionárias de todo o Brasil. 

custom

Assim, a HD Fat Bob fecha o nosso top7

Além disso, um ponto a ser observado é a crescente desvalorização de alguns modelos no mercado e também do crescimento bombástico de algumas marcas que fizeram com que de 2020 para cá muita coisa mudasse e o segmento custom tivesse mais opções com bom custo benefício para entrar no segmento.

Top7 motos custom mais baratas do Brasil em 2021

Modelo

Preço sugerido Preço FIPE

Dafra Horizon 150

R$ 12.190 R$ 11.816
Haojue Chopper 150 R$ 12.695

R$ 12.219

Haojue Master Ride R$ 14.497

_____

Royal Enfield Meteor 350

R$ 17.990 R$ 18.390
Kawasaki Vulcan S R$ 44.350

R$ 41.854

Harley-Davidson Low Rider S R$ 90.500

R$ 101.115

Harley-Davidson Fat Bob R$ 97.450

R$ 102.862

 

Top7 motos custom: Dafra Horizon 150 (R$ 11.816)

A Dafra consegue emplacar o primeiro lugar do ranking com a Horizon 150

A Dafra Horizon é a custom porta de entrada para os amantes do segmento, pois ela assume a posição de custom mais barata do Brasil em 2021. Bem, não é a primeira vez que esse modelo da Dafra conquistar esse título de modelo mais acessível do segmento

A marca trouxe a Horizon como uma alternativa para substituir a Kansas 150 sem deixar a desejar no estilo e design. Por falar em estilo, o modelo nos faz lembrar da Harley-Davidson XL 883R.

Suas linhas são marcantes e a custom fica na categoria de baixa cilindrada

Assim, a custom da Dafra é movida por um motor monocilíndrico de 149 cm³, arrefecido a líquido, que atinge a potência máxima de 12,8 cv a 7.000 rpm e torque de até 1,4 kgfm a 5.500 giros. O conjunto é completado pelo câmbio de 5 velocidades. 

 

2 – Haojue Chopper 150 (R$ 12.219)

custom

Haojue Chopper Road 150 foi a Custom mais vendida no primeiro semestre deste ano

A Haojue se põe na cola da Dafra e fica em segundo lugar com a Chopper 150 custando pela Fipe R$ 12.219. A marca possui parceria com a Suzuki e está com o modelo de baixa cilindrada no mercado para ocupar o espaço deixado pela Intruder 125.

Dessa forma, a Chopper lembra vagamente a Intruder, mas consegue agregar um design mais moderno. Assim, a custom de baixa cilindrada e não deixa de lado o conforto característico do segmento. 

Assim, quem optar pela Chopper levará para casa uma moto equipada com câmbio de cinco velocidades e um motor monocilíndrico, refrigerado a ar e óleo, que entrega potência máxima de 11,27 cv a 8.000 rpm e 1,16 kgf.m de torque a 6.000rpm

 

Top7 motos custom: Haojue Master Ride  (R$ 14.497*)

O modelo recebeu itens de série que podem contar como ponto positivo na hora da escolha 

A última moto da Haojue na nossa lista é a recém chegada ao mercado: a Master Ride. A custom aterrissou nos concessionários no dia último dia 8 de setembro, com preço sugerido de R$ 14.497, prometendo aquecer o segmento no país.

Assim, a Master Ride não abre mão do estilo e investiu em itens que a elevam de categoria, com relação a Chopper. Dessa forma, o modelo recebeu itens de série como malas rígidas laterais, protetor de motor e encosto para o garupa

custom

Dessa forma, sua mala rígida chama a atenção como item de série

Seu motor já é um velho conhecido que tem como característica pouca vibração e um bom consumo que já equipa a DK 150 e a Chopper Road. Por fim, como ainda não encerramos o mês de setembro, disponibilizamos apenas o preço sugerido pela marca e o preço da tabela Fipe deve entrar no mês de outubro.

 

4 – Royal Enfield Meteor 350 (R$ 18.390)

custom

A Royal Enfield traz a Meteor 350 como opção de custom

Vamos agora para um modelo que está fazendo um sucesso meteórico, a Royal Enfield Meteor 350. A custom chegou para aquecer as vendas da marca no Brasil e em agosto emplacou 721 unidades, sendo o maior registro da RE dentro de um único mês. Para se ter uma ideia do sucesso, a Himalayan foi a moto mais vendida da empresa em 2020 – com 866 unidades emplacadas em 12 meses.

Assim, o modelo alavancou as vendas da marca no Brasil

O modelo, assim como os três últimos modelos apresentados, está equipado com um propulsor de um cilindro, refrigerado a ar e óleo, de 349 cm³, que gera 20,4 cv a 6.100 rpm e 2,75 kgf.m de torque, a 4.000 rpm. 

Para conhecer mais detalhes sobre desempenho, performance e conforto, você pode conferir o teste completo que realizamos com a Royal Enfield Meteor 350. Assim, como os números não negam, a Meteor também está bem cotada no mercado e tem o valor Fipe superior ao sugerido pela marca.

 

5 – Kawasaki Vulcan S (R$ 41.854)

custom

Kawasaki Vulcan S é uma opção de custom da marca japonesa

No primeiro semestre deste ano, a Kawasaki marcou presença no terceiro lugar em maior número de vendas do segmento custom com a Vulcan S 650. O modelo tem um estilo único que agrega a qualquer motociclista uma presença marcante por onde passa.

Assim, a Vulcan S também existe na versão Café e conta com um para-brisa fumê

No quesito segurança, o modelo possui freios ABS e as rodas de liga leve com cinco raios duplos dão um toque moderno ao conjunto. Além disso, a custom da Kawasaki chega como uma opção de média cilindrada para o segmento. 

Assim, o modelo recebe um motor bicilíndrico paralelo de 649 cc, de refrigeração líquida, que rende 61 cv a 7.500 rpm e tem torque de 6,4 kgf.m a 6.600 rpm, junto do câmbio de 6 velocidades. Esse mesmo motor está presente na naked Z650 e na esportiva Ninja 650.

Veja também:

6 – Harley-Davidson Low Rider S (R$ 101.115)

custom

O modelo recebe o motor Milwaukee e possui uma carenagem marcante no farol

Bem, começamos a chegar nos modelos mais caros da lista, isso mesmo aqueles que ultrapassam os R$ 100 mil pela Fipe. Dessa forma, o modelo de entrada da Harley-Davidson é a Low Rider S que chega como preço sugerido de R$ 90.500, mas nas concessionárias – de acordo com a tabela Fipe – o preço médi é de R$ 101.115.

A Low Rider S é inspirada na extinta família Dyna que mescla o clássico ao moderno através da carenagem marcante do farol e o guidão um pouco mais alto que dá uma pegada mais agressiva ao modelo. Assim, o modelo possui o motor  V-Twin Milwaukee-Eight 114, com 1.868 cm³, arrefecido a ar, que gera potência máxima de 93 cv e 15,8 kgf.m de torque. 

 

Top7 motos custom: Harley-Davidson Fat Bob (R$ 102.862)

Assim, a custom Fat Bob tem design agressivo e chama atenção por onde passa

Por fim, a Harley-Davidson Fat Bob de 2021 teve um salgado ajuste e passou do preço sugerido de R$ 87.277 para R$ 97.450, ou seja, quase 10 mil de aumento no modelo, ficando como modelo mais caro com relação a Low Rider S. Segundo a FIPE, nas lojas ela passa dos R$ 102 mil.

Sendo assim, a custom é alimentada pelo motor V-Twin Milwaukee-Eight 107, com 1.746 cm³ que, arrefecido a ar, produz 14,9 kgf.m de torque e potência estimada na faixa dos 87 cv. 

 

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também

close