HomeTestes e Reviews de MotosVeja imagens vazadas da nova KTM 390 RC

Veja imagens vazadas da nova KTM 390 RC

Uma nova geração da esportiva RC 390 está para chegar. É o que apontam as imagens que vazaram do novo modelo neste semana, indicando que a nova motocicleta austríaca já está em fase final de desenvolvimento. Ou seja, uma nova KTM 390 vem aí.

Veja também:

KTM 390 RC é uma esportiva ‘raiz’, leve, ágil, arisca e com cara de poucos amigos. Na foto, a atual geração de modelo

As imagens deixam claro que o modelo recebeu uma série de atualizações. O objetivo é recuperar o tempo perdido em um segmento que vem recebendo investimentos significativos recentemente, sobretudo com as novas gerações da Yamaha R3 e Ninja 400, suas principais concorrentes.

Como é a nova KTM 390 RC

O design é completamente novo. Se antes era marcado por uma grande carenagem integral e dois pequenos farois redondos, agora o sistema óptico conta com um único farol, grande, centralizado, que remete aos modelos maiores da marca, como a 1190 Adventure.

Esportiva irá adotar visual menos original e mais inspirado em outros modelos da marca, como as grandes Adventure

A carenagem está menor, deixando uma parte maior do motor à mostra. Outra novidade é o subchassi, indicando que o modelo passou por alterações na ciclística. Como o tanque de combustível parece mais volumoso, o chassi principal também deve ter sido alterado.

Ok, este não é o melhor ângulo dela. Porém, imagem vazada deixa claro que a nova KTM 390 passou por mudanças estruturais, incluindo o chassi

Até aqui ainda não foi divulgada qualquer informação oficial acerca da moto. Tudo o que sabemos é o que constatamos ao observar as fotos vazadas. Entretanto, espera-se que a nova KTM 390 alie a sua filosofia de esportiva ‘puro-sangue’, com conjunto leve e posição de pilotagem agressiva, a um novo pacote eletrônico.

Traseira alta, tanque volumoso, pedaleiras recuadas, carenagem menor. Novidades devem ser reveladas em julho

O modelo deve passar a contar com tela TFT com conexão com smartphone, substituindo o ultrapassado painel em LCD, assim como freios ABS. Controle de tração, iluminação full LED, suspensões ajustáveis e até quicksfhiter cairiam bem à proposta da austríaca e são aguardados pelos fãs.

Além do visual e ciclística, esportiva deve ter pacote eletrônico atualizado. O painel LCD com fundo âmbar deixa claro que está na hora de um upgrade

Motor já conhecido, de 44 cv

Já o motor, ao que tudo indica, permanecerá o mesmo. Estamos falando do conhecido monocilíndrico arrefecido a líquido de 373 cm³. Compacto e eficiente, o conjunto entrega 44 cv (9.000 rpm) e 3,7 kgf.m de torque (7.000 rpm), trabalhando numa taxa de compressão de 12,6:1. É a mesma usina que equipa a linha desde 2013, quando a primeira geração da KTM 390 Duke chegou ao mercado.

 

Modelo não deve vir ao Brasil tão cedo

A nova geração da RC deve ser lançada entre julho e agosto, integrando o lineup da marca em diversos países. Por aqui ela não deve desembarcar tão cedo.

Praticamente uma moto de pista homologada para uso nas ruas, a RC 390 é uma divertida moto que poderia ser opção aos brasileiros

No Brasil a marca é representada pela empresa Factory Powersports e tem suas motos montadas em Manaus, na fábrica da Dafra. A companhia assumiu a operação em 2019, teve seus planos afetados pela pandemia no ano seguinte e, até aqui, tem focado seus esforços no off-road.

Por aqui temos apenas as Duke 390 (foto) e 200, já defasada. Os preços beiram os R$ 30 mil e R$ 22 mil, respectivamente

Assim, há apenas as KTM 390 Duke e 200 Duke à venda no país. Os preços médios, segundo a FIPE, são R$ 29.972 e R$ 21.972, respectivamente. Tomara que, em breve, o consumidor brasileiro seja agraciado com novos produtos da marca laranja. Vamos aguardar.

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também

close