HomeTestes e Reviews de MotosVeja o top10 scooter mais vendidos de setembro

Veja o top10 scooter mais vendidos de setembro

A resposta para a pergunta ‘qual o scooter mais vendido do Brasil‘ fica sempre na ponta da língua, uma vez que o Honda PCX ocupa o posto desde que chegou ao mercado brasileiro, lá em 2013. Mas e atualmente, como está a corrida entre as fabricantes?

Como este é um dos nichos que mais cresce no segmento de motos, diversas marcas trazem novidades e disputam a preferência do consumidor. Veja abaixo quais estão no topo da lista dos scooter mais emplacados de setembro de 2021 e como fica o acumulado do ano. Os números são da Fenabrave.

scooter mais vendido do Brasil é o pcx

O PCX segue firme no posto de scooter mais emplacado do Brasil. Porém, tem novidade no segundo lugar

 

Scooter mais vendidos – setembro de 2021

A lista dos scooter com melhores resultados de vendas em setembro segue puxada pelo líder intocável PCX, mas engana-se quem pensa que ele é seguido de perto pelo maior rival. O segundo lugar é do Elite 125, embalado por um surpreendente desempenho nos últimos 30 dias. Veja outros modelos que bombaram nas concessionárias aqui.

Scooter mais vendidos de setembro

Modelo Nº emplacamentos em Setembro Acumulado 2021
1 Honda PCX 150 2.857 21.365
2 Honda Elite 125 2.640 14.837
3 Yamaha NMax 1.679 15.430
4 Yamaha Neo 125 911 10.184
5 Honda ADV 150 823 8.831
6 Yamaha XMax 250 303 4.012
7 Dafra Citycom 300 122 810
8 Haojue Lindy 125 89 740
9 Honda SH 150 46 2.111
10 Dafra Maxsym 400 29 388

Veja também:

 

Elite 125 cola no Yamaha NMax

O pequeno Elite 125 teve em setembro o seu melhor resultado do ano, emplacando 233 a mais que julho, recordista até então. Com mais de 2,6 mil novas unidades nas ruas, o Honda soma mais de 14.800 scooter vendidos e cola no Yamaha NMax 160 e seus 15.430 registros. O principal rival do Elite é o Neo, que soma 10.184 motos.

O Elite 125 teve em setembro o seu melhor mês de 2021 e se aproxima do NMax 160 no número de unidades vendidas. Neste ritmo, a briga pelo segundo lugar promete

Entretanto, se por um lado a Yamaha preocupa-se com o crescimento de concorrentes entre os modelos pequenos, nada lhe tira a tranquilidade nos médios. Seu XMax 250 segue intocável no posto de líder na categoria, emplacando quase cinco vezes mais unidades que o segundo colocado, Dafra Citycom. Enquanto o 250 já superou os 4 mil emplacamentos em 2021, o 300 sequer chegou aos mil.

Scooter 250 da yamaha xmax

Entre os médios, ninguém chega perto do Yamaha XMax 250. Em setembro foram mais 303 unidades para a conta

Outro destaque entre os scooter mais vendidos do mês é o ADV 150. Mais caro – e melhor equipado – da categoria, o pequeno aventureiro inspirado no X-ADV está perto de celebrar a marca de 9 mil munidades emplacadas. No outro extremo, quem tropeçou foi o SH 150i, que vendeu apenas 46 unidades em setembro.

scooter adv 150 da honda

Mesmo com preço acima dos concorrentes diretos, proposta do ADV mostra que caiu no gosto do público. Modelo está perto de emplacar 9 mil motos

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também

close