Vendas: como está o mercado de motos ao redor do mundo

0
43

O mercado de motos brasileiro nós conhecemos bem. Sabemos de cor que a Honda é a maior fabricante do país, com quase 80% de market share, e que no ano passado produzimos pouco mais de um milhão de motocicletas. Mas como são as coisas além das nossas fronteiras?

Os dados do exterior podem surpreender de muitas formas. Uma delas no volume total de unidades produzidas. Você sabia que das 10 maiores fabricantes de 2021 nenhuma é da Europa? E que 2 trabalham exclusivamente com produtos elétricos? Confira.

mercado de motos

O ano de 2021 foi de retomada no mercado de motos, tanto no Brasil como em muitos países do exterior. Veja e compare números

 

O mercado de motos pelo mundo

Tanto aqui quanto em praticamente todos os mercados o ano de 2021 foi de retomada, registrando números melhores em relação ao calendário anterior. Além disso, há segmentos que estão ‘bombando’ em praticamente todo o mundo, como os de scooter e o de motos elétricas.

Grandes lançamentos (como da Triumph Tiger 1200) foram essenciais para movimentar o mercado no exterior

Por isso trazemos o panorama geral do mercado de motos em diferentes países, basicamente do primeiro mundo. Os dados foram publicados no exterior e deixam claro, por exemplo, a grandiosidade do mercado nacional mesmo diante dos números de países tradicionais no nicho.

Mercado de motos no exterior

País Motos produzidas em 2021 Variação em relação a 2020
Alemanha 197.387 9,72%
Austrália 123.530 13,40%
Brasil 1.195.149 24,20%
Espanha 193.324 5%
França 194.552 9,20%
Itália 290.255 14%
Reino Unido 114.371 9,30%
Suíça 56.375 13%
Estados Unidos* 780.000 66%

Os americanos tem um lugar especial nesta lista, pois os seus números se referem ao total comercializado em 2020 (780 mil motos) e a variação em relação ao fraco ano de 2019. Por lá, os dados oficiais de 2021 ainda não foram divulgados. O melhor ano da história do mercado local foi 2008, quando 879.910 novas motos foram vendidas no país.

Veja também:

 

Números do Brasil

Por aqui 2021 também foi um ano de retomada. Apesar de todas as dificuldades impostas pela pandemia, ao longo do calendário foram produzidas 1.195.149 motocicletas no país, segundo dados da Abraciclo. Ou seja, 24% de crescimento em relação a 2020.

cg no mercado de motos brasileiro

Com cerca de 315 mil emplacamentos em 2021, a CG sozinha vende mais motos que todos os modelos comercializados na Alemanha, Itália, Austrália ou França. Ao todo, produzimos quase 1,2 milhão de motos no ano passado

A expectativa para 2022 é de crescimento, com montadoras otimistas. A Honda, maior delas em volume de vendas, planeja romper a barreira de 1 milhão de unidades produzidas, num crescimento de aproximadamente 10% em relação a 2021. Considerando todas as fabricantes, o objetivo é chegar perto de 1,3 milhão de motos. Que assim seja.

Veja mais em Motonline.com.br