HomeRevista PróVolta por cima de Herlings

Volta por cima de Herlings

Na ausência de outros eventos de pré-temporada e com o Campeonato Mundial de Motocross FIM MXGP adiado por duas vezes, o jovem piloto de 26 anos optou por viajar para o Reino Unido para competir na segunda etapa do campeonato nacional. Sua última corrida foi em Setembro de 2020, quando estreou no Grande Prêmio de Citta di Faenza.

O holandês usou sua motocicleta KTM 450 SX-F para liderar a classificação cronometrada por mais de um segundo à frente do segundo colocado. Na primeira bateria ele ficou sem tempo para perseguir a figura do piloto nativo Ben Watson depois de ter que parar brevemente para desalojar uma pedra da extremidade traseira da moto. Ele obteve um sólido segundo lugar. Na segunda bateria, ele perseguiu seu colega de MXGP e fez a ultrapassagem para liderar a prova. Menos de um segundo separou Herlings e Watson na bandeirada final e, graças à sua vitória, ele alcançou o degrau mais alto do pódio, embora empatassem em pontos.

O Grande Prêmio da Rússia abre 2021 MXGP em três semanas.

Jeffrey Herlings: “Foi um bom dia de corrida. Tive alguns problemas na primeira bateria e perdi cerca de dez segundos enquanto retirava a pedra. Voltei para o meio do grupo e não foi fácil para fazer as ultrapassagens e acabei na cola do líder. Na segunda bateria tive que subir ultrapassar uns 6 ou 7 ainda na largada, mas desta vez consegui chegar à 1ª colocação. Tive alguns problemas, mas acho que é normal afinal foram oito meses sem corrida! Continuamos  trabalhando e esperamos melhorar um pouco a cada semana até irmos para a Rússia”.

 

Resultado geral do ACU British Motocross Championship MX1, rodada 2, Lyng

  1. Jeffrey Herlings, KTM, 47pts
  2. Ben Watson, Yamaha, 47pts
  3. Tommy Searle, Honda, 36pts
  4. Adam Sterry, KTM, 33pts
  5. Jake Millward, KTM 33pts

 

Crédito: KTM Press Service



Veja mais em Revista Pró

Leia Também

close