HomeTestes e Reviews de MotosYamaha desbanca Kawasaki no Mundial de Superbike

Yamaha desbanca Kawasaki no Mundial de Superbike

O Mundial Superbike (WorldSBK) tem um novo campeão em 2021! Após seis anos consecutivos de domínio do britânico Jonathan Rea com sua Kawasaki ZX-10RR, o turco Toprak Razgatlioglu sagrou-se o vitorioso da temporada. E a bordo de uma Yamaha.

A decisão ocorreu após 13 rodadas e 35 corridas, quebrando também a hegemonia da Kawasaki. Com Rea, ícone do time, ficou apenas o recorde de vitórias em circuitos diferentes no Mundial, foram 21 ao longo dos anos com a Kawa.

Mundial Superbike 2021 viu campeão inédito, após 6 anos de domínio da Kawasaki

O público então viu uma marca também japonesa, a Yamaha, negar o sétimo título dos verdes. Com o sucesso de Razgatlioglu em 2021, ele tornou-se o segundo piloto da fabricante a ser Campeão do Mundo no WSBK, depois do americano Ben Spies, em 2009.

Yamaha pôs fim ao domínio da Kawasaki no Superbike

O campeonato, baseado nas motos de produção mais rápidas do mundo, terminou então com novidades. O WorldSBK integra modelos como a ZX-10RR, Panigale V4 R, CBR 1000 RR-R, e a vencedora YZF-R1. Entre elas, justamente a campeã é a única indisponível no Brasil.

R1

R1 sob o comando de Razgatlioglu foi a vencedora de 2021

Na disputa das fabricantes, o WorldSBK teve a Yamaha chegando à frente com 607 pontos, conquistando assim o Mundial de Construtores de 2021. A Ducati foi vice-campeã, seguida pela Kawasaki que assegurou o terceiro posto, à frente da BMW e Honda.

No Mundial de Equipes o pódio foi semelhante. A marca dos diapasões venceu com 855 pontos, ficando à frente do grupo italiano da Ducati e da Kawasaki em terceiro. Logo atrás ficaram os times da BMW, HRC, GRT Yamaha, Motocorsa, GoEleven, Puccetti e Barni.

Veja também:

Campeão chegou a ser cotado para a MotoGP

Toprak Razgatlioglu novo nome do WorldSBK 

O turco Toprak Razgatlioglu tem apenas 25 anos de idade e tornou-se o terceiro campeão mais jovem de todos os tempos da classe, logo atrás de James Toseland e Troy Corser. Além disso, o piloto está em seu segundo ano com o time da Yamaha, pasmem, vindo da Kawasaki Puccetti Racing. Que coisa hein, Kawa?!

Mas o mais novo campeão do Mundial Superbike não caiu de paraquedas no paddock. Ele competiu no europeu Superstock 600, reivindicando o título ainda em 2015. Isso antes de passar para o europeu Superstock 1000 por dois anos e entrar no Mundial SBK em 2018.

Razgatlioglu chegou a correr com a equipe satélite da Kawasaki!

Uma vez que ele chegou na principal, ele conquistou três vitórias em sua primeira campanha com a Yamaha em 2020. Foi um início ao que viria em 2021, com 13 vitórias e 28 pódios em 35 corridas. Os números colocam o turco no topo das estatísticas comparado a outros pilotos da fabricante japonesa no WorldSBK.

É um caminho novo para Razgatlioglu, que chegou a ser sondado para a MotoGP em 2022. No entanto, ele optou em seguir no Mundial SBK e já renovou com a Yamaha até 2023.

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também

close