HomeTestes e Reviews de MotosYamaha fatura Sertões 2021; veja resultado do rali

Yamaha fatura Sertões 2021; veja resultado do rali

No último final de semana o Sertões 2021 chegou ao fim e apresentou os vencedores do maior rali das Américas. Dessa forma, a 29ª edição consagrou o francês Adrien Metge como campeão entre as motos, com uma Yamaha WR450F, pela equipe oficial da marca.

Sertões 2021

O francês Adrien Metge conquistou o primeiro lugar pela Yamaha

Assim, o francês finalizou o rali com o tempo de 30h06min12. A conquista foi comemorada ainda mais porque o competidor da Yamaha ficou de fora da edição 2020 por testar positivo para Covid-19 na semana do evento.

Sertões 2021

A linha de chegada foi em Tamandaré, litoral Sul de Pernambuco

O campeão destacou que a prova contemplou todos os tipos de piso e foi bem completa. “É uma sensação muito boa, gosto muito de correr no Brasil e queria fazer o Sertões desde que cheguei aqui, em 2014. No ano passado foi difícil acreditar que eu ficaria fora na semana da largada”.

Contudo, o segundo lugar não ficou muito atrás no ranking. Jean Azevedo, com sua Honda CRF450RX, cruzou a linha de chegada com 16 minutos de diferença do vencedor. O segundo lugar cravou 30h22min40 e subiu ao pódio, seguido por Bissinho Zavatti, também da Honda.

Sertões 2021: classificação final na categoria Motos

1) #4 Adrien Metge, (1)MT1, Yamaha WR450F, 30h06min12

2) #3 Jean Azevedo, (2)MT1, Honda CRF450RX, 30h22min40

3) #6 Bissinho Zavatti, (1)MT2, Honda CRF450RX, 30h40min06

4) #5 Túlio Malta, (2)MT2, Yamaha WR450F, 30h55min55

5) #7 Gregório Caselani, (3)MT2, Honda CRF450RX, 28h09min28

 

Total percorrido

Por fim, o Sertões na sua 29ª edição contou, pela primeira vez, com um trajeto 100% nordestino. Em dez dias de desafio, foram percorridos 3.615km pelos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba, Ceará, Piauí, Bahia, Alagoas e com a linha de chegada em Pernambuco. 

Sertões 2021: disputa nos UTVs

O campeão da categoria UTV largou na 35ª posição

A categoria dos  UTVs premiou pelo segundo consecutivo Deninho Casarini e Ivo Mayer. A dupla largou na 35ª posição da primeira etapa e conseguiu construir boas colocações ao longo das etapas. A disputa contou com sete vencedores diferentes em oito etapas.

 

Classificação final nos UTVs

1) #201 Denísio Casarini/Ivo Meyer, (1)UT1, Can-Am Maverick X3, 30h36min29

2) #250 André Hort/Matheus Mazzei, (2)UT1, Can-Am Maverick X3, 30h52min40

3) #202 Rodrigo Luppi/Maykel Justo, (3)UT1, Can-Am Maverick X3, 30h55min15

4) #267 João Monteiro/Victor Melo, (4)UT1, Can-Am Maverick X3, 30h58min51

5) #211 Gabriel Cestari/Jhonatan Ardigo, (1)UT2, Can-Am Maverick X3, 31h11min13

 

4×4 e a equipe X Rally

Os irmãos Baumgart protagonizaram uma bela disputa

Os carros também não ficaram de fora das superações. Os irmãos Baumgart, com as Toyota da equipe X Rally, protagonizaram um duelo acirrado, com uma diferença de oito minutos entre eles, fazendo com que dividissem o mesmo pódio.

Cristian Baumgart, ao lado de Beco Andreotti, conseguiu a oitava especial e já havia descontado boa parte da desvantagem quando Marcos Baumgart e Kleber Cince perderam tempo com problemas na transmissão. Por fim, Cristian e Beco conquistaram o tetra na competição.

Veja também: 

Honda CB 200 X: conheça a nova crossover

Motos esportivas: as top4 mais baratas do Brasil

Classificação dos carros 

1) #302 Cristian Baumgart/Beco Andreotti, (1)T1 FIA, Toyota Hilux IMA 2021, 28h55min21

1) #301 Marcos Baumgart/Kleber Cincea, (2)T1FIA, Toyota Hilux IMA 2021, 29h03min39

3) #315 Sylvio de Barros/Rafael Capoani, (3)T1 FIA, Toyota Hilux IMA 2021, 29h42min46

4) #368 Julio Capua/Emerson Cavassin, (4)T1FIA, Toyota Hilux V8, 30h25min15

5) #373 Marcelo Gastaldi/Cadu Sachs, (5)T1 FIA, Buggy Century CR-6, 30h29min57

Veja mais em Motonline.com.br

Leia Também

close