Yamaha R1: porque a versão de rua pode sumir de vez

0
27

A Yamaha R1 é uma das mais famosas – e poderosas – superbikes do mundo. Surgiu em 1998 e logo ganhou notoriedade por seu desempenho e por herdar componentes da M1, protótipo usado pela marca na MotoGP. Mas está ameaçada de extinção.

No Brasil ela foi aposentada ainda em 2016, mas seguiu à venda no exterior. A atual geração das YZF-R1 e YZF-R1M chegou em 2020, já em conformidade às mais recentes normas de emissões europeias (Euro5), com base no modelo 2015. Agora uma nova geração para as pistas pode surgir e, curiosamente, marcar o fim da R1 de rua.

Nova Yamaha R1 a caminho  

A R1 pode ganhar uma nova geração em 2023. Ao menos, estes são os rumores, desde que documentos da FIM – Federação Internacional de Motociclismo – apontaram uma variante da moto, destinada apenas para a pista.

yamaha r1 2022 azul

R1 deve ganhar modelo de pista em 2023

A organização mundial da corrida mantém um arquivo intitulado “Veículos de competição reconhecidos pela FIM”. E essa versão mais recente do documento (publicada em 15 de junho de 2022) inclui um novo modelo YZF1000W. Curioso não é?

Pois bem, a YZF-R6 Race da Yamaha possui uma designação FIM semelhante, e tem seu nome de código YZF600W. Além disso, o documento lista a misteriosa YZF1000W como um tipo de modelo “Road race”. Esse segredo revelado no papel tem motor de quatro cilindros de 998cc, correspondendo às especificações da YZF-R1.

yamaha r1 M modelo 2022 em cinza

Versão YZF-R1M também foi atualizada pela Yamaha, mas geração atual nasceu em 2015

Segundo publicações estrangeiras do universo das duas rodas, a novidade poderia ser produzida no Japão, como uma variante apenas de competição. Com isso, essa provável nova versão poderia indicar o final de um ciclo da R1.

Veja também:

Fim da R1 de rua?

Por mais improvável que seja, uma YZF1000W apenas para às pistas abre a porta para a Yamaha descontinuar o R1 de rua. Afinal de contas, esse foi o caminho que a R6 tomou, ao ser substituída pela R7, derivada do MT-07.

R6 segue viva apenas nas versões Race (foto) e GYTR, ambas exclusivas para às pistas

Embora seja pouco provável que a Yamaha deixe de oferecer sua superbike como modelo de catálogo emplacado, tal destino não seria surpresa no futuro. Até agora, tudo o que sabemos é que a YZF1000W será um modelo aprovado para as pistas de corrida em 2023. O restante ainda teremos que esperar para ver…

Veja mais em Motonline.com.br